quarta-feira, 21 de junho de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1937

pesquisa de Claudio Falcão

Temos adiante duas imagens de formações do Botafogo no ano de 1937, sendo que não consegui identificar em que partidas estiveram em ação.

(Imagem: A Noite)

(Imagem: Diário Carioca)

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1936

pesquisa de Claudio Falcão

De início temos duas imagens do elenco do Botafogo que excursionou no primeiro semestre de 1936 pela América do Norte.

(Reprodução fotográfica)

(Imagem: Gazeta de Notícias)

E a seguir, uma formação do Glorioso que competiu em partida do campeonato carioca daquele ano.

(Imagem: Correio da Manhã)

domingo, 11 de junho de 2017

Goleiros Estrangeiros no Botafogo

pesquisa de Claudio Falcão

Temos aqui a relação dos sete goleiros estrangeiros, todos sul-americanos, que já defenderam a meta da equipe principal de futebol do Botafogo.

'Gatito' Fernández na partida contra o Olimpia (PAR) - 22/02/2017
(Foto: Lance!)

‘Gatito’ Fernández (Roberto Júnior Fernández Torres) – paraguaio (2017) – veio do Figueirense F.C. (SC).

Castillo (Juan Guillermo Castillo Iriart) – uruguaio (2008-2009) – veio do C.A. Peñarol (URU). Campeão da Taça Rio (2008).

Niño (Eduardo Niño García) – colombiano (1993) – veio do America de Cali (COL).

Álvez (Fernando Harry Álvez Mosquera) – uruguaio (1987-1988) – veio do Independiente Santa Fe (COL).

Pereyra Natero (Flabio Pereyra Natero) – uruguaio (1956-1957) – veio do C. Cerro Porteño (PAR).

Lugano (Hector Juan Carlos Lugano) – argentino (1955) – veio do Guarany F.C., de Bagé (RS).

Noceda (Rubén Noceda) – paraguaio (1954) – veio do C. Presidente Hayes (PAR). Atuou somente por vinte minutos em uma partida amistosa.

Nota: Com relação ao goleiro Coggin (Ernest Harold Coggin), que foi campeão carioca pelo Botafogo em 1910, sem dúvida de origem britânica, fica-se na incerteza se seria de fato inglês de nascimento, visto que a 13/05/1908 atuou na meta de um “team brasileiro” que derrotou por 6 a 0, em jogo beneficente, um combinado de jogadores ingleses que atuavam na LMSA (Liga Metropolitana de Sports Athleticos), fazendo crer, portanto, que era brasileiro.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1935

pesquisa de Claudio Falcão

Chegamos ao ano de 1935, e aqui o leitor tem uma formação do Botafogo que não nos foi possível identificar em que partida interveio.

Na imagem identificamos, da esquerda para a direita, em pé:
Leônidas da Silva (o 2º), Russinho (o 4º) e Nariz (o 7º);
agachados: Canalli, Alberto, Carvalho Leite e Patesko
(foto: acervo do Botafogo F.R.)

E adiante temos a equipe do Glorioso na ocasião em que se sagrou tetracampeã carioca, ao derrotar por 5 a 4 a representação do Andarahy A.C., em São Januário, em 26/01/1936 (campeonato carioca de 1935), marcando Álvaro (2), Patesko, Carvalho Leite e Russinho para o Botafogo: Alberto, Octacílio e Nariz; Affonso (Luciano), Martim e Canalli; Álvaro, Leônidas da Silva (Viveiros), Carvalho Leite, Russinho e Patesko.

(Imagem: O Jornal)

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1934

pesquisa de Claudio Falcão

Segue a equipe do Botafogo, que a 01/04/1934 conquistou o Torneio Início da AMEA, atuando no campo do Andarahy A.C.: Germano, Vicente e Orlando Serpa; Affonso, Waldyr e Long; Átila, Beijinho (Eloy), Carvalho Leite, Jayme e Pirica.

(Imagem: O Jornal)

Já tricampeão carioca pela AMEA, eis a formação do Glorioso que em São Januário, a 09/12/1934, adotando oficialmente os calções negros, empatou em 1 a 1, em partida amistosa, com o C.R. Vasco da Gama, campeão pela Liga Carioca, marcando Carvalho Leite para o Botafogo: Victor, Sylvio e Nariz; Ariel, Martim (Fernando Giudicelli) e Canalli; Álvaro, Waldemar, Carvalho Leite, Nilo e Patesko.

(Imagem: O Globo)