domingo, 28 de fevereiro de 2010

Títulos conquistados pelo Botafogo no Futebol Juvenil (Sub-17)

COPA JUVENIL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (SUB-17) – 1989
(EQUIVALENTE AO CERTAME BRASILEIRO DA CATEGORIA)
Campanha do campeão, o Botafogo
Botafogo 3 x 0 Seleção de Nova Iguaçu (RJ)
Gols: Rocha (2) e Sandro.
Botafogo 1 x 0 Bangu A.C. (RJ)
Gol: Antônio Carlos.
Botafogo 1 x 0 Cruzeiro E.C. (MG)
Gol: Alexandre.
Botafogo 0 x 0 A.A. Ponte Preta (SP)
Botafogo 2 x 0 C.R. Vasco da Gama (RJ)
Gols: Rocha e Antônio Carlos.
24 / 01 – Botafogo 2 x 0 S.C. Internacional (RS)
Gols: Índio e Flávio.
Local: Três Rios, Rio de Janeiro.

Jogos: 6
Vitórias: 5
Empate: 1
Gols Pró: 9
Contra: 0

Os campeões:
Charles, Ivan, Murilo, Eliomar, Márcio, Cláudio, Alexandre, Alan, Aloísio, Lima, Müller, Rocha, Vladimir, Antônio Carlos, Cosme, Flávio, Índio, Sandro. Técnico: Ercy.

Fonte: Jornal dos Sports

COPA JUVENIL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (SUB-17) – 1990
(EQUIVALENTE AO CERTAME BRASILEIRO DA CATEGORIA)

Campanha do Botafogo F.R. desconhecida até o momento, sendo do nosso conhecimento que foi uma conquista invicta, com a decisão sido disputada em 01/02 contra o C.R. Vasco da Gama. No tempo normal a contagem foi 1x1 e na decisão por pênaltis a vitória foi do Botafogo por 5x4.

Fonte: O Globo

COPA JUVENIL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (SUB-17) – 1992
(EQUIVALENTE AO CERTAME BRASILEIRO DA CATEGORIA)
Campanha do tricampeão, o Botafogo
Botafogo 7 x 0 Entrerriense F.C. (RJ), em Sapucaia.
Botafogo 4 x 0 Blumenau E.C. (SC), em Sapucaia.
Botafogo 2 x 1 Mangueira F.C., de Sapucaia (RJ), em Sapucaia.
Botafogo 2 x 0 Saquarema F.C. (RJ), em Saquarema.
Botafogo 5 x 1 C. Atlético Paranaense, em Saquarema.
Botafogo 2 x 0 Joinville E.C. (SC), em Saquarema.
Botafogo 2 x 0 C.A. Juventus (SP), em Saquarema.
30 / 01 – Botafogo 2 x 0 Nacional A.C. (SP), em Paraíba do Sul.
02 / 02 – Botafogo 2 x 1 C.R. Vasco da Gama (RJ), em Santo Antônio de Pádua (RJ)
Gols do Botafogo: Dedé e Regílson.
Técnico: Renato Trindade.
Jogos: 9
Vitórias: 9
Gols Pró: 28
Contra: 3

Fontes: Jornal dos Sports, de 04-02-1992 e Revista Botafogo n° 254, de 1999

I COPA MACAÉ JUVENIL (SUB-17) – 1997
O Botafogo F.R. foi campeão e teve como concorrentes os seguintes clubes:
Associação Esportiva Unidos do Selefogo, de Macaé
Clube Cidade do Sol, de Macaé
C.R. Flamengo, do Rio de Janeiro
Fluminense F.C., do Rio de Janeiro
C.R. Vasco da Gama, do Rio de Janeiro

Campanha do Botafogo F.R. desconhecida até o momento.

COPA JUVENIL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (SUB-17) – 1999
(EQUIVALENTE AO CERTAME BRASILEIRO DA CATEGORIA)
Campanha do tetracampeão, o Botafogo
23 / 01 – Botafogo 3 x 0 Duquecaxiense (RJ)
Gols?
24 / 01 – Botafogo 3 x 1 CEPE Caxias (RJ)
Gols?
25 / 01 – Botafogo 6 x 1 Bonsucesso (RJ)
Gols?
26 / 01 – Botafogo 1 x 3 Portuguesa (RJ)
Gol?
27 / 01 – Botafogo 1 x 1 Serrano (RJ)
Gol?
30 / 01 – Botafogo 1 x 1 Americano (RJ)
Gol?
Obs.: O Americano foi eliminado nos pênaltis
31 / 01 – Botafogo 1 x 0 Heliópolis (RJ)
Gol?
03 / 02 – Botafogo 4 x 0 Ituano (SP)
Gols?
05 / 02 – Botafogo 0 x 0 Vasco da Gama (RJ)
Obs.: O Vasco foi eliminado nos pênaltis
07 / 02 – Botafogo 2 x 0 E.C. Bahia (BA)
Local: Vassouras, Rio de Janeiro.
Gols?
Artilheiro: Daniel, 14 gols

Jogos: 10
Vitórias: 6
Empates: 3
Derrota: 1
Gols Pró: 22
Contra: 7

Os campeões:
1. Roberval Lázaro de Alcântara Filho
2. Sidnei Estevão Ferreira
3. Fabrício Brandão Santos
4. Rafael Marques Pinto
5. Afonso Cézar Rodrigues
6. Arthur Matheus Zacarias da Silva (Carangola)
7. Ronald Albuquerque Corrêa (Ronny)
8. Thiago Xavier Rodrigues Corrêa
9. Daniel Freire Mendes
10. Denni Rocha dos Santos
11. Éwerton Guerreiro de Souza
12. Gustavo Ferraz Cardoso
13. Carlos Eduardo Cunha de Faria
14. Diogo Marins da Silva
15. José Ricardo Soares B. Chichierchio
16. Carlos Alessandro Pereira (Mato Grosso)
17. Mílson Garcia Júnior
18. Ânderson Moura Martins
19. Rafael Coutinho Azariti
20. Rodrigo Melo de Lima
21. Henrique Victorino Francisco
22. Rômulo Pontes Ludovic
23. Tiago da Costa Martins.
24. Rodrigo Guedes de Barros.
25. Ricardo de Souza Braz.
Técnico: Luciano César Viana Mello

Fontes: Revista Botafogo, O Globo e Extra

TORNEIO ANIVERSÁRIO DE NÍLTON SANTOS JUVENIL (SUB-17) – 2001
Disputado em Brasília (DF)
Campanha do campeão, o Botafogo
18 / 05 – Botafogo 1 x 1 AABB
Gol do Botafogo: Paineiras.
19 / 05 – Botafogo 3 x 0 Seleção Brasiliense
Gols: Jorginho, Luciano e Clauber.
20 / 05 – Botafogo 4 x 0 CFZ
Gols: Jorginho, Renan, Adélson e Paineiras.

Os campeões:
Douglas de Assis Landes (lateral-esquerdo)
Gil Gomes da Silva (meia-direita)
Delvan Martins Telles (atacante)
Felipe Martins da Costa Leite (meia-direita)
Wellington Barbosa dos Santos (atacante)
Thiago Leis da Silva (zagueiro)
Clauber Antunes Rocha (volante)
Renan Gonçalves Cardoso (volante)
Rodrigo Correia Campello (volante)
André Freitas Taddeucci (atacante)
Jorge Roberto Micho Filho (Jorginho) (meia-esquerda)
Pablo Henrique Pereira da Silva (atacante)
Marcos Vinícius Paineiros Santos Souza “Paineiras” (zagueiro e volante)
Cleiterson Almeida Marques (meia-direita)
Leonardo Bruno Rodrigues e Silva (lateral-direito)
Bruno Rodrigues da Silva (zagueiro)
Adélson Vasconcelos de S. Paes (atacante)
José Tomaz da Silva (lateral-direito e esquerdo)
Nélio Roldon Júnior (goleiro)
Wagner Valle Braz (goleiro)
Bruno Vasconcellos da Cruz (lateral-esquerdo)
Luciano
Total: 22 jogadores
Técnico: Romário Sermound Filho

Fonte: Planeta Botafogo, n° 17, de julho de 2001

[Pesquisa de Claudio Falcão e Pedro Varanda.]

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Títulos conquistados pelo Botafogo no Futebol Infanto-Juvenil

I CAMPEONATO CARIOCA DE INFANTO-JUVENIS – 1955
Campanha do campeão, o Botafogo
Turno
24 / 08 – Botafogo 4 x 1 Cruzeiro F.C. (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Ruy (3) e Gigo.
27 / 08 – Botafogo 1 x 1 Fortaleza, da Penha (Rua General Severiano).
Gol do Botafogo: Ary.
03 / 09 – Botafogo 4 x 1 E.C. Primeiro de Maio (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: China (3) e Ary.
10 / 09 – Botafogo 2 x 0 Astória F.C. (Rua General Severiano).
Gols: Ruy (2).
25 / 09 – Botafogo 2 x 0 River F.C. (Rua General Severiano).
Gols: China e adversário (contra).
02 / 10 – Botafogo 2 x 1 A.A. Portuguesa (Abrigo Cristo Redentor).
Gols do Botafogo: Gigo e Ruy.
09 / 10 – Botafogo 6 x 1 C.R. Vasco da Gama (Rua São Januário).
Gols do Botafogo: Ruy (2), Ary, Fernando, Leão e adversário (contra).
23 / 10 – Botafogo 0 x 0 Mavilis F.C. (Rua General Severiano).
30 / 10 – Botafogo 1 x 2 S.C. Parames (Rua General Severiano).
Gol do Botafogo: Armandinho.
06 / 11 – Botafogo 1 x 1 Olaria A.C. (Rua Bariri, Olaria).
Gol do Botafogo: Leão.

Returno
13 / 11 – Botafogo 2 x 2 Cruzeiro F.C. (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: China (2).
19 / 11 – Botafogo 2 x 1 Fortaleza, da Penha (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Armandinho (2).
01 / 12 – Botafogo 6 x 1 E.C. Primeiro de Maio (Local? O jogo foi à noite).
Gols do Botafogo: Gigo (2), China (2), Marcelo e Edílson.
03 / 12 – Botafogo 1 x 0 Astória F.C. (Rua General Severiano).
Gol: Gigo.
08 / 12 – Botafogo 1 x 2 River F.C. (Rua João Pinheiro, Piedade).
Gol do Botafogo: Ary.
08 / 01 / 1956 – Botafogo 3 x 1 A.A. Portuguesa (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Gigo, Leão e China.
Obs.: “Com a passagem do atacante Armandinho para o goal”.
14 / 01 / 1956 – Botafogo 1 x 1 C.R. Vasco da Gama (Rua General Severiano).
Gol do Botafogo: Leão.
21 / 01 / 1956 – Botafogo 4 x 1 Olaria A.C. (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Leão (2), China e Rossi.
29 / 01 / 1956 – Botafogo 3 x 0 Mavilis F.C. (Rua Carlos Scheid, Caju).
Gols: Leão (3).
05 / 02 / 1956 – Botafogo 4 x 1 S.C. Parames (campo do S.C. Parames, Jacarepaguá).
Gols do Botafogo: Leão (3) e adversário (contra).

Jogos: 20; Vitórias: 13; Empates: 5; Derrotas: 2; Gols Pró: 50; Contra; 18.
Artilheiros: Leão, 12 gols; China, 10; Ruy, 8; Gigo, 6; Ary, 4; Armandinho, 3; Fernando, 1; Marcelo, 1; Edílson, 1; Rossi, 1; adversários, 3. Total: 50 gols.

Os campeões:
José Geraldo Motta da Silva, 20 jogos.
José Ricardo da Silva “China”, 20.
Uagir Matouc “Gigo”, 19.
José Carlos Silva Moraes (Zé Carlos), 19.
Oscar Salazar Moura da Cruz, 18.
Ary Jorge de Freitas Nunes, 18.
Edílson Siciliano, 17.
Jorge Quaresma de Lima (Jorginho), 14.
Marcelo Garcia Masini, 14.
José Rosenvaig “Rossi”, 12.
Armando Gabriel da Silva Filho (Armandinho), 12.
Ruy Collett Solbert, 11.
Paulo Roberto Braga de Carvalho, 10.
Fernando Henrique de Souza Samico, 10.
Geraldo Sapha Carneiro “Leão”, 9.
Mauro Ayres e Silva, 7.
Carlos Alberto Fioratti, 7.
Maurício de Pinho Moreira, 6.
Armando Romero Mota, 5.
Francesco Marioni “Italiano”, 5.
Carlos Fernando de Castro Del Core, 4.
Eduardo Alberto Nunes Serrão, 4.
José Ronaldo Martins Peçanha (Zé Ronaldo), 1.
Luiz Rogério Jucá, 1.
Técnico: Antônio Franco de Oliveira (Neném).
Fontes: Jornal dos Sports e Revista Botafogo, n° 113 (abril/1956).

CAMPEONATO CARIOCA DE INFANTO-JUVENIS – 1957
Campanha do campeão, o Botafogo
Fase de Classificação – Turno
14 / 04 – Botafogo 6 x 1 Astória F.C. (Rua General Severiano).
Gols: Ubiratan (2), Guilherme, Domingos, Décio e Joãozinho.
21 / 04 – Botafogo 2 x 1 F.C. Galitos (Campo do Sampaio).
Gols: Amaro e Domingos.
28 / 04 – Botafogo 1 x 0 Fluminense F.C. (Rua General Severiano).
Gol: Guilherme.
05 / 05 – Botafogo 5 x 1 A.A. Lisboa (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Décio (3), Domingos e Joãozinho.
11 / 05 – Botafogo 3 x 1 C.R. Flamengo (Gávea-Lagoa).
Gols do Botafogo: Domingos (2) e Joãozinho.

Fase de Classificação – Returno
19 / 05 – Botafogo 4 x 1 Astória F.C. (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Eduardo, Octavio, Domingos e Décio.
26 / 05 – Botafogo 5 x 0 F.C. Galitos (Rua General Severiano).
Gols: Domingos (3), Amaro e Joãozinho.
02 / 06 – Botafogo 0 x 1 Fluminense F.C. (Rua Álvaro Chaves).
09 / 06 – Botafogo 4 x 0 A.A. Lisboa (Rua General Severiano).
Gols: Domingos (2), Eduardo e Joãozinho.
16 / 06 – Botafogo 0 x 0 C.R. Flamengo (Rua General Severiano).

Fase Final – Turno
26 / 06 – Botafogo 1 x 0 São Cristóvão F.R. (Rua Figueira de Mello).
Gol: Décio.
30 / 06 – Botafogo 1 x 0 Bangu A.C. (Rua General Severiano).
Gol: Guilherme.
07 / 07 – Botafogo 1 x 0 Fluminense F.C. (Rua General Severiano).
Gol: Amaro.
14 / 07 – Botafogo 0 x 3 Olaria A.C. (Rua Bariri, Olaria).
21 / 07 – Botafogo 3 x 0 E.C. São José (campo do São José).
Gols: Amaro (2) e Domingos.

Fase Final – Returno
28 / 07 – Botafogo 4 x 0 São Cristóvão F.R. (Rua General Severiano).
Gols: Décio (3) e Joãozinho.
04 / 08 – Botafogo 2 x 1 Bangu A.C. (Proletário).
Gols do Botafogo: Octavio e Décio.
11 / 08 – Botafogo 0 x 0 Fluminense F.C. (Rua Álvaro Chaves).
18 / 08 – Botafogo 2 x 0 Olaria A.C. (Rua General Severiano).
Gols: Octavio e Décio.
25 / 08 – Botafogo 2 x 1 E.C. São José (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Ubiratan e Joãozinho.

Jogos: 20; Vitórias: 16; Empates: 2; Derrotas: 2; Gols Pró: 46; Contra; 11.
Artilheiros: Domingos, 12 gols; Décio, 11; Joãozinho, 7; Amaro, 5; Ubiratan, 3; Guilherme, 3; Octávio, 3; Eduardo, 2. Total: 46 gols.

Os campeões:
José Reginaldo da Costa Filpi, 20 jogos.
Mário Savaget Pinto, 20.
Paulo Roberto Fiúza de Carvalho, 20.
Jayme Teixeira Lima, 20.
Ubiratan Alves, 20.
Domingos Antônio Alicata, 20.
João Dias Zuin (Joãozinho), 20.
Mauro Ayres e Silva, 19.
Octávio Gonçalves de Abreu, 18.
Décio Sá Vianna, 15.
Eduardo Lourenço Jorge, 14.
Paulo Guilherme Paranhos Januzzi, 14.
Amaro Júlio Pereira da Silva, 13.
José Ronaldo Martins Peçanha (Zé Ronaldo), 6.
Manoel Custódio Neto, 6.
José Américo da Silva (Zé Américo), 5.
Luiz de Azevedo, 3.
Marcus Vinícius Figueiredo da Silveira, 3.
Fábio Coelho Januzzi, 3.
Alfredo Augusto Vieira Portela, 2.
Roberto Hamud Rhaddour, 2.
Nílton Onofre, 1.
Alceu Sapha Carneiro, 1.
Técnico: Antônio Franco de Oliveira (Neném).
Fontes: Jornal dos Sports e Revista Botafogo, n° 131 (outubro/1957).

TORNEIO INÍCIO DE INFANTO-JUVENIS – 1963
Campanha do campeão, o Botafogo
1ª Parte – 14 / 07 – Rua Carlos Seidl, Caju – Rio de Janeiro
Botafogo 0 x 0 São Cristóvão
Nos pênaltis: Botafogo 5 a 3, gols de Jorge p/o Botafogo
Botafogo 0 x 0 Juventude F.C.
Nos pênaltis: Botafogo 6 a 5, gols de Jorge p/o Botafogo

2ª Parte – 21 / 07 – Rua São Januário, Rio de Janeiro
Botafogo 0 x 0 Vasco da Gama
Nos pênaltis: Botafogo 2 a 1, gols de Jorge p/o Botafogo

Final – 21 / 07 – Rua São Januário, Rio de Janeiro
Botafogo 2 x 2 Auto Solar F.C., gols do BFR: Jorge e Artur
Nos pênaltis: Botafogo 3 a 1, gols de Jorge p/o Botafogo

Os campeões:
1. José Luiz (Zé Luiz) Nunes Couto, 4 jogos.
2. Celson Ferraz de Almeida, 4.
3. Almir José Ribeiro de Lima, 4.
4. Dirman Castro dos Santos, 4.
5. Denisson Leite Martins, 4.
6. Mário César de Morais Rocha, 4.
7. Elpídio Landolfi, 4.
8. Jorge Castro Thomaz Coelho, 4.
9. Paulo Roberto de Oliveira, 4
10. Artur Cordeiro, 4.
11. Rogério Hetmanek, 2.
12. Waldemir Vieira Leite, 2.
Técnico: Manoel dos Santos Victorino (Neca).
Fontes: Revista Botafogo n° 203 (outubro/1963) e Jornal dos Sports

CAMPEONATO CARIOCA DE INFANTO-JUVENIS – 1964
Campanha do campeão, o Botafogo
Série João Citro (Turno)
08 / 08 – Botafogo 1 x 2 América F.C. (Rua General Severiano).
15 / 08 – Botafogo 2 x 1 C.R. Flamengo (Gávea).
22 / 08 – Botafogo 4 x 2 Juventude F.C. (Rua General Severiano).
29 / 08 – Botafogo 1 x 2 Mavilis F.C. (Rua Carlos Seidl).
13 / 09 – Botafogo _ x _ Auto Solar F.C. (Rua General Severiano).
Obs.: O Auto Solar não compareceu, entregou os pontos.

Série João Citro (Returno)
27 / 09 – Botafogo 4 x 0 América F.C. (Rua Figueira de Mello).
04 / 10 – Botafogo 0 x 1 C.R. Flamengo (Rua General Severiano).
11 / 10 – Botafogo 3 x 0 Juventude F.C. (Rua Carlos Seidl).
18 / 10 – Botafogo 3 x 0 Mavilis F.C. (Rua General Severiano).
31 / 10 – Botafogo _ x _ Auto Solar F.C. (Rua General Silva Telles).
Obs.: O Auto Solar entregou os pontos, desistiu do certame após alguns jogos.

Classificados para a Fase Final:
América e Botafogo pela Série João Citro.
Manufatura e Portuguesa pela Série Manuel Gomes da Silva.
Bangu, Diana e Maravilha pela Série Euclides Carlos da Silva.

Fase Final (turno único)
14 / 11 – Botafogo 1 x 0 Bangu A.C. (campo do Manufatura).
21 / 11 – Botafogo 1 x 0 Maravilha F.C. (campo do Manufatura).
29 / 11 – Botafogo 3 x 1 A.C. Diana (campo do Bangu, Proletário).
06 / 12 – Botafogo 3 x 2 América F.C. (campo do Pavunense).
12 / 12 – Botafogo 0 x 1 Manufatura N.P.F.C. (campo do Pavunense).
23 / 12 – Botafogo 0 x 0 A.A. Portuguesa (campo do Pavunense).

Classificação da Fase Final por Pontos Perdidos:
1° Botafogo e Manufatura, 3
3° América e Portuguesa, 5
5° Bangu, 6
6° Diana e Maravilha, 10
Fonte: O Globo, de 28-12-1964

Desempate do 1° lugar:
BOTAFOGO 1 x 0 MANUFATURA
Data: 20 / 01 / 1965
Local: Rua Teixeira de Castro, Rio de Janeiro
Árbitro: Josias Miranda Paulino
Assistentes: Pedro Costa e Válter Vieira Borges
Competição: Campeonato Carioca de Infanto-Juvenil
Gol: Waldemir, aos 2’ do 1° tempo
Botafogo: Carlos Henrique, Dirman, Mário César, Nei e Francisco; Denízio e Jorge; Mário, Amoroso, Waldemir e Balinha. Técnico: Neca
Manufatura: Clamir, Ivan, Amauri, Nélson e Zezinho; Sérgio e Silveira (Lima); Alcir, Valmir, Rogério (Ivo) e Esquerdo (Geraldo). Técnico: ?
Obs: Botafogo, campeão carioca de Infanto-Juvenil de 1964
Fontes: Diário de Notícias e O Globo (ambos de 21-01-1965)
Jogos: 17; vitórias: 12; Empate: 1; Derrotas; 4; Gols Pró: 27; Contra: 12

TORNEIO MUNDIAL INFANTO-JUVENIL DE CROIX, FRANÇA – JUNHO/1973
Adversários e resultados do campeão, o Botafogo:
Nancy (FRA) – Botafogo 1 x 0, gol: Antônio Carlos
Schalke 04 (ALE) – 1 x 1, gol: Tiquinho; no desempate, Botafogo 3 a 1 nos pênaltis
Milan (ITA) – 0 x 0; no desempate, Botafogo 3 a 0 nos escanteios
Dynamo Kyiv (UCR) – Botafogo 2 x 0, gols: Tiquinho (2), na prorrogação

Equipe infanto-juvenil, campeã mundial em Croix - em pé,
da esquerda para a direita: Zé Carlos (goleiro), Mendonça
(o quinto) e o técnico Neca, de branco; agachados, na mesma
ordem: Luisinho Rangel (o segundo) e Tiquinho (o último).
Foto: Jornal dos Sports

Os campeões:
1. Zé Carlos – José Carlos Pessanha
4. Nei Barros - Antônio Carlos de Oliveira Barros
2. Carlinhos
3. Bruno Ferretti
6. Dodô – Salvador Jerônymo da Silva
5. Luizinho Rangel – Luiz Ronaldo Nunes Rangel
8. Mílton da Cunha Mendonça
7. Leônidas
9. Sérgio
10. Antônio Carlos Araújo de Figueiredo
11. Tiquinho – Onofre Aluízio Batista
12. Júnior (goleiro)
13. Robson Peres do Nascimento (zagueiro-central)
14. Mário (volante e zagueiro-central)
15. Letinho (ponta-de-lança)
16. Severino (ponta-de-lança)
Técnico: Manoel dos Santos Victorino (Neca)
Fontes: Jornal dos Sports, de 02 e 12/06/1973; O Globo, de 15/06/1973; Rádios Globo, Nacional e Tupi; Antônio Carlos Araújo de Figueiredo, Antônio Carlos de Oliveira Barros e Robson Peres do Nascimento

TORNEIO 80 (OITENTA) ANOS DO CRF DE INFANTO-JUVENIS - 1975
(TAÇA GENERAL ADALBERTO PEREIRA DOS SANTOS)
O Botafogo F.R. foi o campeão e teve como concorrentes: C.R. Flamengo (Rio de Janeiro), C.R. Vasco da Gama (Rio de Janeiro), Entrerriense F.C. (Três Rios), Royal S.C. (Barra do Piraí) e Recreio (Volta Redonda). Obs.: também foi disputado o Torneio Infantil.
Fontes: Jornal dos Sports e Revista Botafogo, nº 229, de junho-julho/1977

[Pesquisa de Auriel de Almeida, Claudio Falcão, Pedro Varanda e Raymundo Quadros.]

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

A Campanha do Voleibol Masculino Botafoguense em 1975

por Claudio Falcão

Vimos no artigo anterior como se deu a conquista do decacampeonato carioca de voleibol adulto masculino pelo Botafogo, em 1974.

Ao final da narrativa, deixei aberta a porta para continuar contando um pouco mais sobre as glórias alvinegras no voleibol, agora em 1975, ano do undecacampeonato.

Para essa temporada perdemos excelentes jogadores, como foi o caso dos titulares Alexandre, Zé Henrique e Lino, além de um importante suplente, Zé Elias. Mas para compensar as referidas perdas, contamos com o retorno de Celso Kalache, que disputara os Jogos Olímpicos de Munique (1972) e ainda viria a disputar os de Montreal (1976) e com a transferência de duas jovens promessas do rival Fluminense F.C., José Ricardo Coutinho, o Zé Ricardo e Antônio Carlos Gueiros Ribeiro, o ‘Badalhoca’, ou simplesmente ‘Badá’.

Em 1975 não houve a disputa do torneio de apresentação do campeonato carioca, tendo então se desenrolado assim mais uma campanha invicta:

1° turno:
(03/06) Botafogo 3x0 Tijuca T.C.
(05/06) Botafogo 3x1 A.A.B.B.
(07/06) Botafogo 3x1 CIB
(12/06) Botafogo 3x0 Hebraica
(14/06) Botafogo 3x1 C.R. Flamengo
(17/06) Botafogo 3x0 Fluminense F.C. (parciais: 15x12, 15x13 e 15x12)

2° turno:
(14/08) Botafogo 3x0 Hebraica
(19/08) Botafogo 3x0 CIB
(21/08) Botafogo 3x1 C.R. Flamengo
(26/08) Botafogo 3x1 Fluminense F.C.
(28/08) Botafogo 3x0 A.A.B.B., no ginásio desta (parciais: 15x11, 15x12 e 15x1)
[No 2° turno não foi disputada a partida contra o Tijuca T.C.]

Este foi o elenco campeão (sendo os titulares mencionados em itálico): 1 – Bebeto, 2 – Suíço, 3 – Zé Ricardo, 4 – João Mauro, 5 – Badalhoca, 6 – Luiz Felipe, 7 – Mário Dunlop, 8 – Celso Alexandre Kalache, 9 – Pina, 10 – Alberto Carlos Pecegueiro do Amaral, 11 – Marcelo (ou Álvaro Miranda) (ou Cláudio Castelo) e 12 – Paulão.

Mais uma vez o técnico foi o Professor Célio Cordeiro Filho.

Para coroar de êxito o ano de 1975, conquistamos em dezembro, em Belo Horizonte (MG), agora pela 3ª. vez, o título do Troféu Brasil de Clubes Campeões e Vice-campeões.

Foi uma conquista maiúscula, invicta, não tendo o Botafogo perdido sequer um set.

Fase classificatória:
(10/12) Botafogo 3x0 C. Astréa (PB), com parciais de 15x0, 15x1 e 15x4
(11/12) Botafogo 3x0 Sete Lagoas T.C. (MG), com parciais de 15x7, 15x5 e 15x7
(12/12) Botafogo 3x0 C.A. Paulistano (SP), com parciais de 15x4,15x13 e 15x4

Semifinal:
(13/12) Botafogo 3x0 Fluminense F.C. (RJ), com parciais de 15x8, 15x9 e 15x5

Final:
(14/12) Botafogo 3x0 Santos F.C. (SP), com parciais de 15x9, 15x9 e 15x2

O sexteto base era o mesmo do campeonato carioca: Bebeto, Suíço, Mário Dunlop, Kalache, Pina e Paulão, sendo também o treinador o vitorioso Célio Cordeiro Filho.

Na foto temos, de pé: Célio Cordeiro, Badalhoca,
Mário, Suíço, Kalache e Paulão; agachados:
Pina, Álvaro, Alberto, Bebeto e Luiz Felipe

Dos nossos seis titulares, tivemos quatro disputando pela seleção brasileira os Jogos Pan-americanos da Cidade do México, no mesmo ano, quando nos colocamos em 2° lugar (medalha de prata): Bebeto, Suíço, Kalache e Paulão.

Infelizmente, em 1976, o tão sonhado 12° título carioca consecutivo não veio, porém logramos conquistar o I Campeonato Brasileiro de Voleibol Adulto Masculino, em Poços de Caldas (MG) e em 1977 reconquistamos o Campeonato Sul-americano, em São Paulo (SP), na mesma categoria, garantindo a posse definitiva do troféu, pelo fato de já termos sido vitoriosos em 1971 e 1972.

[Publicado originalmente no blog Mundo Botafogo, a 15 de novembro de 2009.]

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Voleibol Decacampeão: o Primeiro Título a gente não esquece

por Claudio Falcão

A frase original não é exatamente essa, apenas adaptei-a ao fato que pretendo narrar. A conquista do decacampeonato carioca de voleibol adulto masculino foi o primeiro título do Botafogo em qualquer esporte, que presenciei, in loco, no caso o antigo Ginásio Esportivo do Glorioso, conhecido como ‘Mourisco Pasteur’.

O ano foi 1974 (já se passaram 35 anos!) e começávamos a amargar um incômodo jejum de campeonatos, no futebol, desde a conquista da Taça Brasil de 1968, decidida em outubro de 1969, jejum esse que ainda duraria muito tempo. Corri então para o voleibol, porque ali o sucesso era ‘garantido’.

Um ano antes já havíamos obtido o nono título seguido, em decisão contra o CIB e, justamente do nosso grande rival de 1973, trouxemos para a campanha do ‘deca’ os dois maiores valores do clube de Copacabana, Suíço e Lino, este o irmão mais velho do ex-craque de futebol Júnior (Leovegildo Lins Gama Júnior). Afinal, não queríamos deixar escapar o décimo campeonato consecutivo de jeito algum.

Em 04 de maio de 1974 conquistávamos, no ginásio do C.R. Flamengo, o Torneio de Apresentação para o campeonato carioca daquele ano, derrotando na decisão o Fluminense F.C. por 2 sets a 0 (10x3 e 11x9), e nessa decisão revelou-se o nosso maior adversário da temporada, pois no clube das Laranjeiras já despontavam valores como Bernard e Bonga, ainda juvenis e Fernandão, além do já experiente Zezinho.

Tive a satisfação de acompanhar da quadra todos os jogos do certame, com exceção da partida contra a Hebraica, no ginásio desta, válida pelo 1° turno.

Assim se desenhou a campanha invicta:

1° turno:
(09/05) Botafogo 3x0 CIB
(14/05) Botafogo 3x0 Tijuca T.C.
(16/05) Botafogo 3x0 A.A.B.B.
(18/05) Botafogo 3x0 Hebraica
(21/05) Botafogo 3x0 C.R. Flamengo
(23/05) Botafogo 3x1 Fluminense F.C.

2° turno:
(25/05) Botafogo 3x0 Tijuca T.C.
(28/05) Botafogo 3x0 A.A.B.B.
(01/06) Botafogo 3x1 CIB
(18/06) Botafogo 3x1 C.R. Flamengo
(21/06) Botafogo 3x1 Fluminense F.C. (jogo do título)
(25/06) Botafogo 3x1 Hebraica

Como já relatei acima, a partida decisiva ocorreu no nosso ginásio, em 21/06 (a data não lhes parece familiar? *), e o nosso triunfo se deu com as parciais de 15x12, 15x7, 8x15 e 15x1.

Em 25/06 cumprimos a tabela, derrotando a Hebraica por 3x1, em partida adiada.

Nosso plantel em 1974 era fabuloso (os titulares estão mencionados em itálico): 1 – Paulo Roberto (Bebeto) de Freitas, 2 – Jean Luc Rosat (Suíço), 3 – Alexandre Abeid, 4 – José Elias (Zé Elias) Abeid, 5 – Luiz Washington Cancella (Washington), 6 – José Henrique (Zé Henrique) Ferreira Lopes, 7 – Mário Stiebler Dunlop (Mário Dunlop), 8 – ‘Lui’, 9 – Marco Antônio Pina Barbosa (Pina), 10 – Lino de Melo Gama, 11 – ‘Renatinho’ e 12 – Paulo (Paulão) Roberto Petterle.

O técnico era o Professor Célio Cordeiro Filho.

Estranhamente o Jornal dos Sports, único diário esportivo que tínhamos no Rio de Janeiro naquela época, o qual noticiara a partida decisiva em sua edição de 21/06, não publicou a conquista do Botafogo no dia seguinte, nem nos dias subsequentes. Não fosse a iniciativa do então jovem Luiz Felipe Carneiro de Miranda, hoje um dos historiadores do Clube e seu sócio benemérito desde 1995, que enviou uma carta ao ‘Cor-de-rosa’, aquele periódico simplesmente teria ignorado por completo o nosso decacampeonato. A carta do Professor Luiz Felipe foi publicada na seção respectiva, na edição de 30 de junho. Ali o mesmo fazia referência à disputa do Troféu Brasil daquele ano, que teria lugar em novembro na cidade paulista de Campinas, porém a delegação botafoguense não viajou para a disputa daquela competição. O motivo seria o grande número de casos de meningite notificados no estado de São Paulo. Pelo menos foi essa a notícia que correu naquela ocasião. Perdemos um título praticamente certo, o qual venceríamos no ano seguinte.


A qualidade daquele elenco é atestada pelo número de atletas alvinegros (cinco) que defenderam a seleção brasileira no campeonato mundial de 1974, realizado no México: Bebeto, Suíço, Zé Henrique, Lino e Paulão, mais o treinador Célio Cordeiro Filho.

Em 1975 conquistaríamos, também de forma invicta, o undecacampeonato, façanha essa recorde até os nossos dias, porém aí já é uma outra história.

Segue a relação de títulos oficiais conquistados pelo Botafogo no Voleibol Adulto Masculino:

CAMPEÃO SUL-AMERICANO [3] – 1971-1972 (bi), 1977 (posse definitiva do troféu)

CAMPEÃO BRASILEIRO [1] – 1976 (I Campeonato Brasileiro)

CAMPEÃO TROFÉU BRASIL [3] – 1971-1972 (bi), 1975

CAMPEÃO CARIOCA/ESTADUAL [23] – 1938-1939-1940-1941-1942 (penta), 1945-1946 (bi), 1950, 1962, 1965-1966-1967-1968-1969-1970-1971-1972-1973-1974-1975 (undeca), 1978-1979 (bi), 2007

CAMPEÃO MUNICIPAL [3] – 1978-1979-1980 (tri)

CAMPEÃO TAÇA GUANABARA [2] – 1973-1974 (bi) (2 únicas edições)

CAMPEÃO TORNEIO DE APRESENTAÇÃO DO CAMPEONATO CARIOCA [8] – 1939-1940-1941 (tri), 1945, 1947, 1954, 1965, 1974

A fonte desta relação é a revista Grandes Clubes Brasileiros – Botafogo (1972), no que concerne aos títulos até 1971. A partir daí recorri a recortes de jornais de época. Curioso é que a revista Botafogo, ‘boletim interno’ do Clube, refere-se, em exemplares dos respectivos anos, ao bicampeonato carioca em 1940 e ao tricampeonato em 1941, ignorando o título de 1938. No recorte do Jornal dos Sports, acima exibido, Luiz Felipe também não cita a conquista de 1938. O site da Federação de Voleibol do Rio de Janeiro menciona o título de 1938 e também o de 1944 (?), omitindo o bicampeonato 1945-1946. Acredito que só os jornais da época poderão dirimir tais dúvidas.

[*] – Nota: 21 de junho é uma data bastante significativa para nós, botafoguenses, pois naquela data, no então ainda distante ano de 1989, daríamos fim ao prolongado jejum de títulos no futebol profissional, ao derrotarmos o arqui-rival C.R. Flamengo por 1x0, na decisão do campeonato estadual daquele ano.

[Publicado originalmente no blog Mundo Botafogo, a 07 de novembro de 2009.]

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Títulos conquistados pelo Botafogo no Futebol Infantil

CERTAME CARIOCA INFANTIL (AMEA) – 1932
Campanha do campeão, o Botafogo
28 / 08 – Botafogo 2 x 0 América (Rua Campos Salles).
11 / 09 – Botafogo 1 x 0 Andarahy (Rua General Severiano).
18 / 09 – Botafogo 5 x 0 Fluminense (Laranjeiras).
02 / 10 – Botafogo WO Cocotá (o Cocotá entregou os pontos).
09 / 10 – Botafogo 3 x 2 Flamengo (Av. Pasteur, Praia Vermelha-Urca).
30 / 10 – Botafogo 0 x 1 Vasco da Gama (Rua São Januário).

Jogos: 6; Vitórias: 5; Derrota: 1; Gols Pró: 11; Contra: 3.

Os campeões:
1. William Queiroz
2. Joaquim Torres Rocha
3. Augusto Carlos Balthazar da Silveira
4. Fernando Azevedo Carneiro (Melado)
5. Dario Geraldo Salles
6. José Neder
7. José Américo de Almeida Filho (Zé Américo)
8. Darcy Nóbrega
9. Ormindo Sodré Viveiros de Castro
10. Carlos Torres Neder
11. Emmanuel Sodré Viveiros de Castro (Maninho)
12. Antônio Emmanuel Hungerbuhler (Careca)
Técnico: Sylvio Serpa "Alemão".
Fontes: Jornal dos Sports e Correio da Manhã.

CERTAME (TRIANGULAR) CARIOCA INFANTIL (AMEA) – 1933
Campanha do bicampeão, o Botafogo
29 / 10 – Botafogo 0 x 0 Andarahy (Rua Barão de São Francisco Filho).
05 / 11 – Botafogo 2 x 1 Mavilis (Rua Carlos Seidl, Caju).
19 / 11 – Botafogo 5 x 0 Andarahy (Rua General Severiano), decisão.
Obs.: Em 12-11, o Andarahy venceu o Mavilis por 2 a 0, no campo da Rua Barão de São Francisco Filho. Em 19 / 11, o alvinegro (Botafogo) e o alviverde (Andarahy) disputaram o desempate do certame.

Jogos: 3; Vitórias: 2; Empate: 1; Gols Pró: 7; Contra: 1.

Os bicampeões:
1. William Queiroz
2. Joaquim Torres Rocha
3. Augusto Carlos Balthazar da Silveira
4. Fernando Azevedo Carneiro (Melado)
5. Dario Geraldo Salles
6. José Neder
7. José Américo de Almeida Filho (Zé Américo)
8. Darcy Nóbrega
9. Ormindo Sodré Viveiros de Castro
10. Carlos Torres Neder
11. Emmanuel Sodré Viveiros de Castro (Maninho)
12. Antônio Emmanuel Hungerbuhler (Careca)
Técnico: Sylvio Serpa "Alemão".

Fontes: A Noite, Correio da Manhã e Jornal dos Sports.

CAMPEÕES INFANTIS DE 1° QUADRO DO RIO DE JANEIRO NO AMADORISMO (*)
1916 – Fluminense F.C.
1917 – Villa Isabel F.C.
1918 – Villa Isabel F.C.
1919 – Não houve
1920 – Villa Isabel F.C.
1921 – Villa Isabel F.C.
1922 – Villa Isabel F.C.
1923 a 1931 – Não houve
1932 – Botafogo F.C., atual Botafogo F.R.
1933 – Botafogo F.C., atual Botafogo F.R.
(*) Em 1916 foi organizado pela Liga Metropolitana de Sports Athleticos (LMSA), entre 1917 e 1922 pela Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT) e 1932-1933 pela Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (AMEA).

Fontes: A Noite, Correio da Manhã, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, Jornal dos Sports, O Imparcial e O Paiz.

TORNEIO DE FUTEBOL DOS JOGOS INFANTIS – 1952
Campanha do campeão, o Botafogo
Botafogo 11 x 0 Glória
Gols: Ivan (5), Sérgio (4) e Hugo (2).
Botafogo 3 x 1 Progresso
Gols do Botafogo: Sérgio (2) e Hugo.
Botafogo 2 x 1 Fluminense F.C. (1x1, no tempo regulamentar)
Gols do Botafogo: Ronald e Sérgio.
Botafogo 5 x 0 Colúmbia
Gols: Sérgio (3), Ronald e Hugo.
25 / 05 – Botafogo 3 x 0 Bangu A.C.
Gols: Sérgio (2) e Hugo.

Jogos: 5; Vitórias: 5; Gols Pró: 24; Contra: 2; Saldo: 22.
Artilheiros: Sérgio, 12 gols; Ivan, 5; Hugo, 5; Ronald, 2.
Técnicos: Sobral e Neném.

BOTAFOGO 3 x 0 BANGU
Data: 25 / 05 / 1952
Local: Laranjeiras, Rio de Janeiro
Árbitro: Benjamin Carvalho dos Santos
Assistentes: Antônio Gomes Moreira e Wilson de Souza
Competição: Torneio de Futebol dos ‘Jogos Infantis’
Gols: Sérgio (1° tempo); Sérgio e Hugo (2° tempo)
Botafogo: Waldemar, Paulo e Otelo; Roberto, Ronald e Luís Carlos; Placiano, Ivan, Sérgio, Adílson e Hugo.
Bangu: Ronaldo, José e Joel I; Wilson, Coraci e Darci; Joel, Adinei, Nihon, Admir e Pacheco.
Obs.: na preliminar o Madureira venceu o Colúmbia e ficou com o 3° lugar.

Fontes: Revista Botafogo, n° 94, de julho de 1952 e Jornal dos Sports, de 27-05-1952, páginas 3 e 8.

CAMPEONATO CARIOCA INFANTIL – 1968
(1° CAMPEONATO INFANTIL DO ESTADO DA GUANABARA)

Campanha do campeão, o Botafogo
Turno
28 / 01 – Botafogo 1 x 0 Flamengo (General Severiano).
Gol: Jorge II.
01 / 02 – Botafogo 3 x 0 Bangu (Proletário).
Gols: Roberto I, Bilico e Jorge II.
10 / 02 – Botafogo 2 x 1 Madureira (General Severiano).
Gols do Botafogo: Bilico e Roberto II.
17 / 02 – Botafogo 1 x 0 Vasco da Gama (São Januário).
Gol: Joel.
02 / 03 – Botafogo 2 x 1 São Cristóvão (General Severiano).
Gols do Botafogo: Roberto II e Paulo.
08 / 03 – Botafogo 1 x 0 Olaria (General Severiano).
Gol: Roberto II.

Returno
17 / 03 – Botafogo 1 x 0 São Cristóvão (Figueira de Mello).
Gol: Roberto II.
24 / 03 – Botafogo 1 x 0 Madureira (Conselheiro Galvão).
Gol: Roberto.
28 / 03 – Botafogo 0 x 1 Flamengo (Gávea).
07 / 04 – Botafogo 1 x 0 Vasco da Gama (São Januário).
Gol: Jorge.
14 / 04 – Botafogo 1 x 2 Olaria (Bariri).
Gol do Botafogo: Nílson.

Jogos: 11; Vitórias: 9; Derrotas: 2; Gols Pró: 14; Gols Contra: 5.

Classificação final (PP):
1° Botafogo, campeão, 4
2° Flamengo, vice, 7
3° Olaria, 8
4° Vasco da Gama, 11
5° Madureira, 13
6° São Cristóvão, 15

Obs.: 1) PP = Pontos Perdidos. Não estão computados os pontos contra o Bangu, pois este saiu do certame; 2) A partida Vasco da Gama x São Cristóvão (de 13 / 04, pelo returno) foi adiada devido às fortes chuvas, estando alagado o campo de São Januário. E não foi mais disputada, porque o Botafogo já tinha conquistado o título.

Os campeões:
Mauro da Silva Cruz (zagueiro) – 11 jogos.
Jorge II (lateral-esquerdo) – 11.
Joel Jerônimo Martins (meio-campo) – 11.
Vanderlei “Cavalinho” (ponta-esquerda) – 11.
Jair (lateral-direito) – 10.
Roberto II (atacante) – 10.
Nílson Severino Dias (ponta-direita / atacante) – 8.
Carlos Roberto (zagueiro) – 7.
Roberto I (meio-campo) – 7.
Ivan (ponta-direita) – 7.
Duílio de Souza Pereira (goleiro) – 7.
Bilico (atacante) – 5.
Celso (meio-campo) – 5.
Jorge I (goleiro) – 4.
Carlos Alberto (zagueiro) – 4.
Carlinhos II (atacante) – 4.
Carlinhos I (lateral) – 3.
Doda (atacante) – 2.
Paulo (atacante) – 2.
Jorge III (atacante) – 2.
Nélio (ponta-esquerda) – 2.
Paulo Sérgio (meio-campo) – 1.
Tião (goleiro) – 1.
Palito (atacante) – 1.
Zé Augusto (atacante) – 1.
Paulo César (lateral) – 1.
José (atacante) – 1.
Total: 27 jogadores.
Técnico: Manoel dos Santos Victorino (Neca).

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 1 x 0 VASCO DA GAMA
Data: 07 / 04 / 1968
Local: São Januário, Rio de Janeiro
Árbitro: César da Costa
Assistentes: Antônio Rebelo e Vânder José de Carvalho
Competição: Campeonato Carioca de Escolinha Infantil
Gol: Jorge, aos 43’ (2° tempo)
Botafogo: Duílio, Jair, Mauro, Carlos Roberto e Jorge II; Celso e Joel; Ivan (Nílson), Jorge, Zé Augusto e Vanderlei Cavalinho (Nélio)
Vasco da Gama: Paulo Roberto, Valdir, Antônio Carlos, Jaime e Luís; Juvenal e Ubiratan; Vicente (Moacir), Hélio (Paulo), Baiano e Roberto (Eli)

Fontes: Nei Severino Dias, Nílson Severiano Dias, JS, O Globo e relatório da CBD/CBF.

BICAMPEÃO CARIOCA INFANTIL – 1969
(2° CAMPEONATO INFANTIL DO ESTADO DA GUANABARA)

Campanha do bicampeão, o Botafogo
Turno
Botafogo 0 x 4 Flamengo.
Botafogo 5 x 1 São Cristóvão
Gols do Botafogo: Corcel (4) e Pelezinho.
Botafogo 3 x 0 Madureira
Gols: Galdino, Corcel e Pelezinho.
Botafogo 2 x 1 Portuguesa
Gols do Botafogo: Corcel e Pelezinho.
Botafogo 2 x 1 Bangu
Gols do Botafogo: Chiquinho (2).
Botafogo 1 x 0 América
Gol: Pelezinho.
Botafogo 1 x 0 Olaria
Gol: Edinho.

Returno
Botafogo 1 x 1 Flamengo
Gol do Botafogo: Tuca.
Botafogo 2 x 0 São Cristóvão
Gols: Tuca e adversário (contra).
Botafogo 4 x 1 Madureira
Gols do Botafogo: Tuca, Galdino, Pelezinho e Corcel.
Botafogo 1 x 0 América
Gol: Tuca.
Botafogo 0 x 0 Portuguesa.
Botafogo 2 x 0 Bangu
Gols: Nei (2).
Botafogo 2 x 0 Olaria
Gols: Tuca (2).

Jogos: 14; Vitórias: 11; Empates: 2; Derrota: 1; Gols Pró: 26; Gols Contra: 9.

Os campeões:
1. China (Sérgio Alvarenga Kronemberg)
4. Calibé (Carlos Alberto Dutra Cordeiro)
2. Samu
3. Niltinho (Nilton)
6. Nei Severino Dias
5. Nandes (José Fernandes Vieira Ramos)
8. Edinho
7. Corcel
9. Tuca (Ricardo Ferretti de Oliveira)
10. Pelezinho (Luiz Alberto da Silva Júnior)
11. Galdino (José Galdino de Oliveira)
12. Toinho
13. Vanderlei Luxemburgo da Silva
14. Carlinhos
15. Fernando
16. Luiz Carlos
17. Chiquinho
Técnico: Neca (Manoel dos Santos Victorino).

“A ‘Escolinha’ do Botafogo de Futebol e Regatas levantou este ano, o bicampeonato carioca de futebol dos supercraques de amanhã. Esses garotos, sob a orientação do técnico Neca, são verdadeiros ‘cobras’, entendidos em tudo, inclusive de ‘catimbas’, ‘ceras’, tudo praticados no futebol dos adultos. São as mini-feras do futebol carioca. Já existem pequenos que jogam como gente grande e são distinguidos, quando em ação, pela torcida, inclusive no Maracanã.

A equipe botafoguense, que causou a melhor impressão pelo seu desempenho correto, merecendo os maiores aplausos do público em geral, teve como seus principais jogadores: China, Calibé, Samu, Nílton (Niltinho), Nei, Nandes, Edinho, Corcel, Tuca, Pelezinho, Galdino, Vanderlei, Carlinhos, Fernando, Luiz Carlos, Chiquinho e Toinho, entre outros. Técnico: Manoel dos Santos Victorino (Neca)”.

A garotada do BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS para chegar ao segundo título, agiu com humildade, cavalheirismo, brio, coragem e grande amor à camisa do clube, qualidades essenciais para o bom jogador, isso desde o início. As nossas ‘ferinhas’ são todas elas crianças felizes e saudáveis. Nossos parabéns aos futuros craques do Brasil!”

Fontes: Revista Botafogo n° 220, de novembro de 1969, Nei Severino Dias, Nílson Severino Dias, Vanderlei Luxemburgo da Silva e Revista do CRF.

TRICAMPEÃO CARIOCA INFANTIL – 1970
(3° CAMPEONATO INFANTIL DO ESTADO DA GUANABARA)

Participantes:
Botafogo de Futebol e Regatas, campeão.
Clube de Regatas do Flamengo, vice-campeão.
América Football Club
Bangu Atlético Clube
Campo Grande Atlético Clube
Fluminense Football Club
Madureira Atlético Clube
Olaria Atlético Clube
Associação Atlética Portuguesa
São Cristóvão de Futebol e Regatas
Clube de Regatas Vasco da Gama

Obs.: Só conseguimos os resultados do Botafogo contra o Flamengo. O clube de General Severiano venceu ambas partidas por 1 x 0.

Time base do BFR: China, Calibé, Maurício, Niltinho e Nei Dias (Vanderlei Luxemburgo); Nandes e Edinho; Tuca, Perácio, Pelezinho e Galdino. Técnico: Neca.

Fontes: Nei Severino Dias, Nílson Severino Dias, Vanderlei Luxemburgo da Silva (todos jogadores do Botafogo FR) e Revista do CRF.

CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL – 1982
BOATAFOGO 2 X 1 VASCO DA GAMA
Data: 28 / 11 / 1982
Local: Laranjeiras, Rio de Janeiro
Árbitro: Luís Artur Mesquita
Assistentes: Hélio Vieira Filho e Joaquim Pedro Filho
Cartões amarelos: Válter, Vágner, Leandro e Márcio
Competição: Campeonato Estadual Infantil do Rio de Janeiro
Gols: Ronaldo (contra), aos 22’ (1° tempo); Jocimar, aos 3’ e Serginho, aos 8’ (2° tempo)
Botafogo: Paulo Henrique, Válter, Mauro, Marco Aurélio e Júlio César; William, Vágner (Mário) e Serginho; Valdecir, Renato Reis e Zé Antônio
Vasco da Gama: Beto, Ronaldo, Cacá (Luís Roberto), Joselito (Márcio) e Jocimar; Cerezo, Luciano (André) e Leandro; Claudemar, Careca e Vlamir
Obs.: Botafogo, campeão estadual infantil do Rio de Janeiro (1982).
Fonte: Jornal dos Sports.

COPA PELÉ DE FUTEBOL INFANTIL – 1987
BOTAFOGO 2 x 0 VASCO DA GAMA
Data: 14 / 08 / 1987
Local: São Januário, Rio de Janeiro
Árbitro: Jocelino Henrique
Assistentes: Marcos Torres e Randy Vogt
Competição: Copa Pelé de Futebol Infantil
Gols: Cristiano (2), um no primeiro e outro segundo tempo
Botafogo: Ivan, Eliomar, Baiano, Marquinho e Márcio; Moisés, Rocha e Sandro; Murilo, Vladimir e Cristiano
Vasco da Gama: Sandro, Dejair, Márcio Naus, André e Márcio Cruz; Bruno, Rogério e Alessandro; Renato, Arlindo e Denílson
Obs.: Botafogo, campeão da Copa Pelé de Futebol Infantil (1987)
Fonte: Jornal dos Sports.

I COPA AMIZADE BRASIL-JAPÃO DE INFANTIL (SUB-15) – 1998
BOTAFOGO 2 x 1 FLAMENGO
Data: 24 / 08 / 1998
Local: Centro de Futebol Zico (CFZ), Rio de Janeiro
Árbitro: Marcelo Venito Pacheco
Assistentes: Jorge Luiz Thuler e Sidney Nascimento Falcundes
Cartões amarelos: Alan e Rafael Marques
Cartões vermelhos: Nélio e Eduardo, aos 10' (2° tempo)
Competição: I Copa Infantil Amizade Brasil-Japão (Sub-15)
Gols: Coutinho (pênalti), aos 5', Samuel, aos 20' e Gláucio, aos 31' (todos no 2° tempo)
Botafogo: Gustavo, Carlos Eduardo, Diogo Marins, Rafael Marques e José Ricardo; Tiago Costa, Mílson e Thiago Xavier (Gláucio); Coutinho (Rodrigo Fernandes), Éwerton e Ânderson Moura. Técnico: Jorge Cardoso de Souza “Botinha”
Flamengo: Getúlio, Gaúcho, Henrique, Bahia (Ibson) e Anderson (Adauto); Glauber (Neto), Felipe (Alex) e Nélio; André, Samuel e Alan da Costa. Técnico: Itamar Amorim

Os campeões:
Gustavo Ferraz Cardoso
Carlos Eduardo Cunha de Faria
Diogo Marins da Silva
Rafael Marques Pinto
Tiago da Costa Martins
José Ricardo Soares B. Chichierchio
Rafael Coutinho Azarati
Mílson Garcia Júnior
Ewerton Guerreiro de Souza
Thiago Xavier Rodrigues Corrêa
Ânderson Moura Martins
Thiago Leal Santos
Carlos Henrique
Henrique Victorino Francioso
Rodrigo Guedes de Barros
Gláucio Rodrigues dos Santos Bastos
Victor Borges
Rodrigo Vaz Fernandes

Obs.: Botafogo, campeão da I Copa da Amizade Brasil-Japão (1998).
Nota: também participaram Vasco da Gama (3° lugar), América, Kashima Antlers.
Fontes: Jornal dos Sports (de 25 / 08 / 1998) e Boletim ‘Planeta Botafogo’, de outubro de 1998.

COPA GAZETINHA NACIONAL INFANTIL (SUB-15) – 2008
Campanha do campeão invicto, o Botafogo
1ª. Rodada
19 / 01 – Botafogo 2 x 0 Santos [gols: João Antônio (2)]
2ª. Rodada
21 / 01 – Botafogo 4 x 1 Carangola [gols do BFR: Brendon (2), Matheus, Cidinho]
3ª. Rodada
23 / 01 – Botafogo 4 x 0 Anchieta [gols: Leozinho, Victor Francisco, Matheus, Wellington]
4ª. Rodada
24 / 01 – Botafogo 5 x 0 AERT [gols: Cidinho, João Felipe, João Antônio, Renan, William]
Quartas-de-final
25 / 01 – Botafogo 3 x 0 América (MG) [gols: João Antônio (2), Matheus]
Semifinais
26 / 01 – Botafogo 3 x 0 Rio Branco (ES) [gols: Cidinho (2), João Antônio]
Final
27 / 01 – Local: Santa Maria de Jetibá (Espírito Santo)
Botafogo 1 x 0 Atlético (MG) [gol: Matheus]
Fonte: Lance!

CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL – 2009
Campanha do campeão, o Botafogo
Turno
21 / 04 – Botafogo 1 x 2 Flamengo (Caio Martins).
Gol do Botafogo: Aílton Machado de Souza Rosa.
25 / 04 – Botafogo 0 x 0 Friburguense (Eduardo Guinle).
02 / 05 – Botafogo 4 x 1 Volta Redonda (Caio Martins).
Gols do Botafogo: André Luiz Leocádio de Paula “Dedé” (2), Geírton Marques Aires “Gegê” e Adiel Dias Lemos.
09 / 05 – Botafogo 2 x 0 Mesquita (Niélsen Louzada, Louzadão).
Gols: Diego Vinícius Machado Venceslau e Andrey Dalmásio de Almeida Rodrigues.
16 / 05 – Botafogo 4 x 2 Madureira (Caio Martins).
Gols do Botafogo: André Luiz Leocádio de Paula “Dedé”, William Souza de Carvalho (2) e Romário Souza Costa.
23 / 05 – Botafogo 0 x 2 Vasco da Gama (CT Vasco-Barra da Tijuca).
30 / 05 – Botafogo 1 x 2 Fluminense (Caio Martins).
Gol do Botafogo: Leonardo Santos Alves.
06 / 06 – Botafogo 2 x 1 Bangu (Caio Martins).
Gols do Botafogo: André Luiz Leocádio de Paula “Dedé” e Aílton Machado de Souza Rosa.

Returno
20 / 06 – Botafogo 2 x 1 Flamengo (Aniceto Moscoso, na Rua Conselheiro Galvão).
Gols do Botafogo: William Souza de Carvalho e Leonardo Santos Alves.
27 / 06 – Botafogo 2 x 1 Friburguense (Caio Martins).
Gols do Botafogo: Adiel Dias Lemos e Jonathan da Silva Souza.
04 / 07 – Botafogo 1 x 2 Volta Redonda (CT Volta Redonda).
Gol do Botafogo: Lucas da Silva Santos.
11 / 07 – Botafogo 3 x 0 Mesquita (Caio Martins).
Gols: Leonardo Santos Alves, Aílton Machado de Souza Rosa e Jonathan da Silva Souza
01 / 08 – Botafogo 4 x 1 Madureira (Aniceto Moscoso, na Rua Conselheiro Galvão).
Gols do Botafogo: Leonardo Santos Alves (2), Adiel Dias Lemos e Romário Souza Costa.
08 / 08 – Botafogo 1 x 0 Vasco da Gama (Caio Martins).
Gol: Adiel Dias Lemos.
12 / 08 – Botafogo 0 x 1 Fluminense (Xerém).
22 / 08 – Botafogo 8 x 1 Bangu (Aniceto Moscoso, na Rua Conselheiro Galvão).
Gols do Botafogo: Geírton Marques Aires “Gegê” (2), Adiel Dias Lemos (2), Aílton Machado de Souza Rosa (2), André Luiz Leocádio de Paula “Dedé” e Sidney de Freitas Pages

Grupo F
Turno
05 / 09 – Botafogo 6 x 0 E.C. Marinho (Caio Martins).
Gols: Adiel Dias Lemos (2), Romário Souza Costa (2), André Luiz Leocádio de Paula “Dedé” e Luiz Ricardo Alves “Sassá”.
12 / 09 – Botafogo 2 x 0 Friburguense (Eduardo Guinle).
Gols: José Aércio Santana Júnior “Baiano” e Sidney de Freitas Pages.
19 / 09 – Botafogo 1 x 0 CFZ (Caio Martins).
Gol: Adiel Dias Lemos.

Returno
26 / 09 – Botafogo 3 x 0 E.C. Marinho (Colônia – Jacarepaguá).
Gols: Adiel Dias Lemos (2) e Aílton Machado de Souza Rosa.
03 / 10 – Botafogo 3 x 0 Friburguense (Caio Martins).
Gols: Luiz Ricardo Alves “Sassá”, Adiel Dias Lemos e André Luiz Leocádio de Paula “Dedé”.
12 / 10 – Botafogo 0 x 3 CFZ (CT Recreio dos Bandeirantes).

Grupo L
17 / 10 – Botafogo 3 x 3 CFZ (CT Recreio de Bandeirantes).
Gols do Botafogo: Adiel Dias Lemos, Leonardo Santos Alves e Sidney de Freitas Pages.
24 / 10 – Botafogo 1 x 0 CFZ (Caio Martins).
Gol: Luiz Ricardo Alves “Sassá”.

Grupo P (semifinais)
31 / 10 – Botafogo 2 x 0 Flamengo (Caio Martins).
Gols: Luiz Ricardo Alves “Sassá” e William Souza de Carvalho.
07 / 11 – Botafogo 1 x 0 Flamengo (Gávea).
Gol: Romário Souza Costa.

Grupo Q (finais)
14 / 11 – Botafogo 2 x 2 Nova Iguaçu (Caio Martins).
Gols do Botafogo: Luiz Ricardo Alves “Sassá” e José Aércio Santana Júnior “Baiano”.
21 / 11 – Botafogo 2 x 1 Nova Iguaçu (Jânio Moraes).
Gols do Botafogo: Aílton Machado de Souza Rosa e Paulo Daniel Machado Teixeira

Jogos: 28; Vitórias: 19; Empates: 3; Derrotas; 6; Gols Pró: 61; Contra: 26.

Técnicos do BFR no certame: Douglas da Silva Oliveira, Eduardo Pacheco Freeland e Vicente Figueiredo.

Súmulas das finais:

BOTAFOGO 2 x 2 NOVA IGUAÇU
Data: 14 / 11 / 2009
Local: Caio Martins, Niterói
Árbitro: Leandro Oliveira dos Santos
Assistentes: Leonardo M. Farias de Araújo e Romário F. do Carmo Júnior
Competição: Campeonato do Rio de Janeiro Infantil
Gols: Pedro, aos 3’ e Luiz Ricardo “Sassá”, aos 6’; José Aércio “Baiano”, aos 52’ e João Victor, aos 59’
Botafogo: Rafael dos Santos Caetano (1), Leonardo Santos Alves (2), Lucas Felipe Ferreira (3), Matheus Dória Macedo (4), José Aércio Santana Júnior “Baiano” (5), Lucas da Silva Santos (6), Sidney de Freitas Pages (7), Romário Souza Costa (8), Adiel Dias Lemos (9), Geírton Marques Aires “Gegê” (10) e Luiz Ricardo Alves “Sassá” (11). Entraram durante a partida Leonardo Barbosa do Carmo (17), no lugar do n° 11; William Souza de Carvalho (18), no lugar do n° 9; Brendon dos Santos Ferreira (13), no lugar do n° 5; Aílton Machado de Souza Rosa (16), no lugar do n° 8; Jonathan da Silveira Fernandes Reis (15), no lugar do n° 10. Técnico: Vicente Figueiredo
Nova Iguaçu: Rodrigo, Rafael (Yan), Marcelo, Dyego e Calaça (Marcos, depois Bernardo); Luiz (Cristian), Vinícius e Wescley (João Victor); Pedro, João Douglas (Wallace) e Diego. Técnico: Ronaldo de Oliveira
Fonte: Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro.

BOTAFOGO 2 x 1 NOVA IGUAÇU
Data: 21 / 11 / 2009
Local: Jânio Moraes (Laranjão), Nova Iguaçu
Árbitro: Sidney Roberto de Moraes Salvino
Assistentes: Francisco dos Santos Ferreira e Roberto Rito Schwarz
Competição: Campeonato do Rio de Janeiro Infantil
Gols: João Douglas, aos 26’; Aílton, aos 69’ e Paulo Daniel, aos 78’
Botafogo: Rafael dos Santos Caetano (1), Leonardo Santos Alves (2), Lucas Felipe Ferreira da Silva (3), Matheus Dória Macedo (4), José Aércio Santana Júnior “Baiano” (5), Lucas da Silva Santos (6), Sidney de Freitas Pages (7), Romário Souza Costa (8), Adiel Dias Lemos (9), Geírton Marques Aires “Gegê” (10) e Luiz Ricardo Alves “Sassá” (11). Entraram durante a partida Leonardo Barbosa do Carmo (17), no lugar do n° 3; Brendon dos Santos Ferreira (13), no lugar do n° 8; Aílton Machado de Souza Rosa (16), no lugar do n° 9; Paulo Daniel Machado Teixeira (18), no lugar do n° 11; Jonathan da Silveira Fernandes Reis (15), no lugar do n° 10. Técnico: Vicente Figueiredo
Nova Iguaçu: Rodrigo, Rafael (Yan), Marcelo, Dyego e Calaça (Cristian); Luiz, Vítor Lúcio e Wescley (João Victor); Pedro (Diego), João Douglas e Wellington (Ânderson). Técnico: Ronaldo de Oliveira
Obs.: Botafogo, campeão estadual infantil do Rio de Janeiro (2009)
Fonte: Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro.

[Pesquisa de Auriel de Almeida, Claudio Falcão, Pedro Varanda e Raymundo Quadros.]

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Títulos conquistados pelo Botafogo no Futebol Mirim

CAMPEONATO ESTADUAL MIRIM – 1985

Partida decisiva:
BOTAFOGO 1 x 0 AMÉRICA
Data: 09 / 11 / 1985
Local: Luso-Brasileiro, Ilha do Governador, Rio de Janeiro
Árbitro: César Felisberto da Silva
Auxiliares: Paulo Santângelo Filho e Otto Harys
Competição: Campeonato Estadual Mirim
Gol: Ednelson, de falta, aos 14’ (2° tempo)
Botafogo: Alexandre, Athaíde, Rodrigo, Marcelo Santos e Eduardo (Adriano); Rodnei (Alves), Djair e Marcelo II; Gílson, Flávio e Ednelson. Técnico: Álvaro Matoso
América: Carlos Henrique, Cláudio, Ubiratan, Sérgio e Marcelo Peixoto; Válber, Marcelo e Walmir; Ricardo (Fábio), Carlos Alberto e Eduardo (Carlos). Técnico: Aristides Miranda
Obs: 1) Botafogo é campeão estadual mirim (1985); 2) O vice-campeão foi o América F.C. e o 3° colocado foi o C.R. Vasco da Gama
Fonte: Jornal dos Sports, de 10 / 11 / 1985

CAMPEONATO ESTADUAL MIRIM – 1996

Último jogo:
BOTAFOGO 2 x 0 BONSUCESSO
Data: 01 / 12 / 1996
Local: Rua Teixeira de Castro, Rio de Janeiro
Árbitro: ?
Cartão Amarelo: Rafael (do Bonsucesso)
Competição: Campeonato Estadual Mirim
Gols: Éwerton, aos 19’ e Coutinho, aos 25’ (ambos no 2° tempo)
Botafogo: Gustavo, Thiago, Zé Carlos, Rafael e Diego; Carlos Eduardo, Coutinho, Tiago Costa (Cássio) e Henrique; Éwerton e Carlos Henrique (Vítor Hugo). Técnico: José Carlos de Souza
Bonsucesso: Rodrigo, André Luiz, Guilherme, Rafael e André; Alan, Eduardo, Bruno e Téo; Marcelinho e Romarinho. Técnico: Luiz Antônio
Obs.: 1) Botafogo é campeão estadual mirim (1996); 2) O vice-campeão foi o C.R. Vasco da Gama.
Fonte: Jornal dos Sports, de 02 / 12 / 1996

IV COPA ECOLÓGICA MERCOSUL MIRIM – 2001

O Botafogo começou o ano ganhando, na categoria Mirim, um importante torneio, a IV Copa Ecológica de Futebol Mercosul, realizado em Maringá (PR), entre os dias 12 e 19 de janeiro de 2001. Nesta competição, o BOTAFOGO sagrou-se campeão Mirim, com aproveitamento de 100%, ao vencer todas as partidas. O goleiro Éverton Sá, do Botafogo, foi o menos vazado do campeonato.

Os campeões:
Éverton Sá, Igor Lopes, Bruno Teixeira, Hélder Silva, Éverton Silva, Leonardo Freitas, Thiago Moreira, Thiago Oliveira, Aílton Júnior, Jougle Silva, Fabiano Francisco, Diogo Ribeiro, Diego Borges, Gilmax Tresse, Gabriel Sacramento, Wellington Souza, Sérgio Pereira e Matheus Oliveira.
Fonte: Planeta Botafogo, n° 15, de fevereiro de 2001

III COPA MACAÉ MIRIM – 2005

Semifinal: O time mirim do Botafogo empatou com o Vasco da Gama por 1 x 1, no tempo regulamentar, saindo vencedor por 5 x 3, na disputa de pênaltis.
Final: 23/07/2005 – O Botafogo derrotou o Flamengo, sagrando-se campeão.
Fontes: site oficial do Botafogo F.R., em 21/07/2005 e Tiago Ferreira (assessoria de imprensa do Macaé Esporte Futebol Clube)

COPA ROBERTO DINAMITE MIRIM – 2007

Os mirins do Botafogo sagraram-se campeões invictos.
Fonte: site oficial do Botafogo F.R., em 22/07/2007.

[Pesquisa de Claudio Falcão e Pedro Varanda.]

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

1965-1969: Resumo das Campanhas do Botafogo no Voleibol Masculino

pesquisa de Claudio Falcão

Sob o comando do técnico Jorge de Melo Bittencourt, ex-atleta do Clube, o Botafogo conquistou em 1969 o pentacampeonato carioca de voleibol adulto masculino e mais uma vez de forma invicta, visto que até então o Glorioso vencera todas as partidas disputadas pelo certame carioca, desde 1965, como veremos adiante.

Em 1969 foram utilizados na campanha os seguintes jogadores: Alexandre Abeid, Carlos Arthur Nuzman, José Maria (Zé Maria) Schwartz da Costa, Mário Stiebler Dunlop, Paulo Márcio Nunes da Costa, Paulo Roberto (Bebeto) de Freitas, Paulo (Paulão) Roberto Petterle, Victor Mário Barcellos Borges, João Gasparini, Haroldo e Julinho.

Violenta cortada de Nuzman

Como veremos agora, o Botafogo só conheceu vitórias em 70 partidas disputadas:

1965 – Jogos: 16; Vitórias: 16 (12 por 3x0, 3 por 3x1 e 1 por 3x2); Sets Pró: 48; Sets Contra: 5; Saldo de Sets: 43.
1966 – Jogos: 16; Vitórias: 16 (10 por 3x0, 3 por 3x1 e 3 por 3x2); Sets Pró: 48; Sets Contra: 9; Saldo de Sets: 39.
1967 – Jogos: 14; Vitórias: 14 (11 por 3x0 e 3 por 3x1); Sets Pró: 42; Sets Contra: 3; Saldo de Sets: 39.
1968 – Jogos: 12; Vitórias: 12 (7 por 3x0, 4 por 3x1 e 1 por 3x2); Sets Pró: 36; Sets Contra: 6; Saldo de Sets: 30.
1969 – Jogos: 12; Vitórias: 12 (7 por 3x0 e 5 por 3x1); Sets Pró: 36; Sets Contra: 5; Saldo de Sets: 31.

De 1965 a 1969 – Jogos: 70; Vitórias: 70 (47 por 3x0, 18 por 3x1 e 5 por 3x2); Sets Pró: 210; Sets Contra: 28; Saldo de Sets: 182.

Campeões cariocas de 1969 - em pé: técnico Jorge
Bittencourt (o primeiro à esquerda) e os atletas Paulão,
Nuzman, Mário Dunlop, Zé Maria e Alexandre;
agachados: Paulo Márcio, Júlio Reis, Bebeto, atleta
não identificado e Victor

E com as conquistas de 1970 a 1975 o Botafogo chegou ao invejável título de undecacampeão carioca de voleibol adulto masculino.

[Fonte: Revista Botafogo, n° 221.]

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Botafogo: Campeão Carioca de Voleibol Adulto Masculino de 1962

pesquisa de Claudio Falcão

Após o título carioca de 1950, somente em 1962 o Botafogo voltou a conquistar o principal campeonato de voleibol masculino da cidade. Foi a última conquista antes da fabulosa série de onze títulos cariocas consecutivos (1965-1975).

Assim se desenrolou a campanha:

Turno:
12/04 – Botafogo 3x0 C. Municipal (15x9, 16x14 e 15x1)
17/04 – Botafogo 3x0 C. Sírio e Libanês R.J. (15x8, 15x4 e 15x8)
03/07 – Botafogo 3x0 A.A.B.B. (17x15, 15x12 e 15x10)
10/07 – Botafogo 3x2 CIB (15x13, 11x15, 7x15, 15x11 e 16x14)
12/07 – Botafogo 3x0 América F.C. (15x8, 15x12 e 15x9)
04/09 (*) – Botafogo 3x0 Fluminense F.C. (15x10, 15x13 e 15x1)
24/07 – Botafogo 3x0 S.C. Mackenzie (15x2, 15x1 e 15x1)
26/07 – Botafogo 3x2 C.R. Flamengo (15x11, 15x11, 9x15, 14x16 e 15x11)
31/07 – Botafogo 3x2 Tijuca T.C. (15x9, 13x15, 13x15, 15x9 e 15x7)

(*) – A partida entre Botafogo x Fluminense, válida pelo turno, estava marcada para 19/07, sendo reprogramada para 04/09, portanto após o término do returno.

Returno:
02/08 – Botafogo 3x1 S.C. Mackenzie (11x15, 15x3, 15x6; faltando um parcial)
07/08 – Botafogo 3x1 A.A.B.B. (11x15, 15x10, 15x9 e 15x12)
10/08 – Botafogo 3x0 C. Municipal (15x9, 15x6 e 15x10)
14/08 – Botafogo 3x1 América F.C. (15x8, 13x15, 15x1 e 15x6)
16/08 – Botafogo 3x0 C. Sírio e Libanês R.J. (15x8, 15x3 e 15x8)
21/08 – Botafogo 3x0 Tijuca T.C. (15x13, 15x13 e 15x8) (**)
23/08 – Botafogo 3x1 Fluminense F.C. (15x5, 11x15, 15x11 e 15x12)
28/08 – Botafogo 0x3 C.R. Flamengo (6x15, 10x15 e 10x15)
30/08 – Botafogo 3x1 CIB (15x8, 15x10, 6x15 e 15x6)

(**) – A partida entre Botafogo x Tijuca marcou a estreia alvinegra no ginásio do Mourisco e foi o único jogo disputado pelo Clube em seus domínios, nesta competição.

Jogos: 18; Vitórias: 17; Derrota: 1; Sets Pró: 51; Sets Contra: 14.

Campeões Cariocas De Voleibol de 1962 - em pé:
Quaresma, Borboleta, Aldo e Henning; agachados:
Homero, Jorginho, Lulu e Maurício

Atuaram: Jorge de Melo Bettencourt (Jorginho), capitão e Waldenir Calmon da Silva (Borboleta), 18 vezes; João Carlos da Costa Quaresma (***), 17; Maurício de Pinho Moreira, 16; Henning von Staa, 15; Murilo Castilho Gomes e Aldo José Caneca, 14; Luiz Serpa Coelho Júnior (Lulu), 12; Homero José Alcântara Ribeiro, 5; Antônio José Clemente, 4; José Alberto Barros Santos (Zeinho), Luiz Eduardo de Oliveira Figueiredo e Ary da Silva Graça Filho, 2; Eugênio Oscar Scheurer, Mauro Elísio de Almeida e Alexandre Tagore Medeiros de Albuquerque, 1. Total: 16 atletas.

(***) – Quaresma, na época, era atleta do selecionado nacional, sendo considerado um dos melhores jogadores brasileiros dos anos 50 e 60.

Técnico: Nélson Sanctos, também o treinador vitorioso no título anterior, em 1950.

Obs.: Também em 1962 o Botafogo conquistou o campeonato carioca masculino de segundos quadros, desta vez de forma invicta, sendo as partidas disputadas em melhor de três sets.

[Fonte: Revista Botafogo, boletim informativo do Botafogo de Futebol e Regatas.]

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Botafogo: Campeonatos Cariocas de Futebol de Segundos Quadros

CAMPEONATO CARIOCA (2° QUADRO) – 1906
Turno
13 / 05 – Botafogo 2 x 5 Fluminense (Rua Guanabara).
Gols do Botafogo: Henrique Teixeira e Emmanuel Sodré.
27 / 05 – Botafogo 1 x 0 Bangu (Rua Guanabara).
Gol: Viveiros de Castro.
01 / 07 – Botafogo 6 x 1 Rio Cricket (Rua Guanabara).
Gols do Botafogo: Emmanuel Sodré (2), Arthur César (2), Júlio Werneck e Henrique Teixeira.
08 / 07 – Botafogo 1 x 0 Athletic (Rua Guanabara).
Gol: Rolando de Lamare.
Returno
15 / 07 – Botafogo 2 x 1 Bangu (Rua Ferrer).
Gols do Botafogo: Samuel e Rolando de Lamare.
23 / 09 – Botafogo WO Athletic (Rua Guanabara).
Obs.: O Athletic não compareceu.
30 / 09 – Botafogo 3 x 1 Fluminense (Rua Guanabara).
Gols do Botafogo: Rolando de Lamare (3).
07 / 10 – Botafogo 3 x 0 Rio Cricket (Rua da Constituição, em Niterói).
Gols: Henrique Teixeira, Rolando de Lamare e Júlio Werneck.

Jogos: 8; Vitórias: 7; Derrota: 1; Gols Pró: 18; Contra: 8.

Os campeões:
Arthur César de Andrade, 7 jogos.
Júlio Furquim Werneck, 7.
Ricardo de Almeida Rego, 7.
Eurico Parga Viveiros de Castro, 6.
Antônio Rodrigues Teixeira, 6.
Henrique Rodrigues Teixeira, 6.
Ademaro de Lamare, 6.
Gastão Rodrigues Teixeira, 5.
Emmanuel de Almeida Sodré, 5.
Augusto Paranhos Fontenelle (Zingo), 5.
Rolando de Lamare, 4.
Ary Kerner do Faro, 3.
Waldemar Bandeira, 2.
Antônio Teixeira Rodrigues, 2.
E. Fairbairn, 2.
Paulino de Souza, 2.
Miguel Raphael de Pino, 1.
Samuel Vieira, 1.
Fontes: Correio da Manhã, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio e O Futebol no Botafogo.

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 3 x 0 RIO CRICKET
Data: 07 / 10 / 1906
Local: Rua da Constituição, Icaraí - Niterói
Árbitro: E. Pullen, do Paysandu C.C.
Competição: Campeonato Carioca (2° Quadro)
Gols: Henrique Teixeira, Rolando de Lamare e Júlio Werneck
Botafogo: E. Fairbairn, Ademaro de Lamare e Antônio Teixeira R.; Zingo, Ricardo Rego e Paulino; Júlio Werneck, Henrique Teixeira, Rolando de Lamare, Arthur César e Emmanuel Sodré
Rio Cricket: Wilkes, Slade e Keech; M. Mutzenbecher, Parry e Schuback; Stewart, Morley, Melbourne, Ginns e Rumley
Obs.: O Botafogo conquistou a Taça Caxambu.
Fontes: Jornal do Brasil e Jornal do Commercio

CAMPEONATO CARIOCA (2° QUADRO) – 1907
Turno
19 / 05 – Botafogo 0 x 0 América (Rua Guanabara).
Obs.: Jogo cancelado pela Metropolitana. O América saiu da Liga contrariado com a punição que a Metropolitana impôs ao seu player Amílcar Teixeira Pinto, suspenso por quatro jogos. As partidas do América foram canceladas. O Rio Cricket e o Bangu também já haviam deixado a Metropolitana.
02 / 06 – Botafogo 0 x 2 Fluminense (Rua Guanabara).
16 / 06 – Botafogo _ x _ Riachuelo (Rua Magalhães Castro).
Obs.: O árbitro escalado, Nicholas, não compareceu. O substituto indicado pelo representante da Liga foi Porthos Duque Estrada, do Fluminense, que não aceitou arbitrar, só se fosse um friendly – diz. Então, Riachuelo e Botafogo de comum acordo se enfrentaram amistosamente com vitória do Riachuelo por 1 a 0. Posteriormente o Riachuelo ganhou os pontos na Liga Metropolitana, e esta, ainda, negando seguimento ao recurso do Botafogo! O que foi um absurdo! Vários protestos foram enviados para a Liga e redações de periódicos.
Então por que o Riachuelo ganhou os pontos? O clube verde e branco requereu os pontos alegando que Álvaro Werneck estava sem condição de jogo, porque só teria se ao menos tivesse deixado de jogar três vezes consecutivas pelo 1° time do Botafogo, o que não aconteceu. Porém no entender do Conselho da Liga aquela partida vencida pelo Riachuelo (1 a 0) foi match-training e o Botafogo desistiu do confronto perdendo por WO (Walk-Over).
14 / 07 – Botafogo 6 x 1 A. A. Internacional* (Rua Guanabara).
Gols do Botafogo: Henrique Teixeira (3), Rolando de Lamare (2) e Cramer.
Returno
25 / 08 – Botafogo 2 x 0 Riachuelo (Rua Guanabara [GN] ou Rua Magalhães Castro [JB]).
Gols: Ricardo Rego (2).
22 / 09 – Botafogo 3 x 1 Fluminense (Rua Guanabara).
Gols do Botafogo: Cramer, Henrique Teixeira e Ricardo Rego.
29 / 09 – Botafogo 3 x 0 A. A. Internacional (Rua Guanabara).
Gols: Viveiros de Castro, Cramer e Rolando de Lamare.
* Ex-Football and Athletic Club

Jogos: 6; Vitórias: 4; Derrotas: 2; Gols Pró: 14; Contra: 4.

Os bicampeões:
Ernest Harold Coggin, 6 jogos.
Ricardo de Almeida Rego, 6.
Júlio Furquim Werneck, 6.
Henrique Rodrigues Teixeira, 6.
Eurico Parga Viveiros de Castro, 5.
Rolando de Lamare, 5.
Arthur César de Andrade, 5.
Augusto Paranhos Fontenelle (Zingo), 5.
Antônio Teixeira Rodrigues, 4.
Júlio Cramer, 4.
Jorge Portella, 3.
Ademaro de Lamare, 2
Antônio Rodrigues Teixeira, 2.
Adhemar Faria, 2.
Cyro Pereira, 2.
Emmanuel de Almeida Sodré, 1.
Gastão Rodrigues Teixeira, 1.
Gilbert Leon Hime, 1.

DUAS SÚMULAS NESSA CONQUISTA DO BOTAFOGO:
BOTAFOGO 3 x 1 FLUMINENSE
Data: 22 / 09 / 1907
Local: Rua Guanabara, Rio de Janeiro
Árbitro: C. Riether
Competição: Campeonato Carioca (2° Quadro)
Gols: Cramer e O. Macedo (1° tempo); Henrique Teixeira e Ricardo Rego (2° tempo)
Botafogo: Coggin, Jorge Portella e Antônio T. Rodrigues; Ricardo Rego, Viveiros de Castro e Zingo; Júlio Werneck, Henrique Teixeira, Cyro Pereira, Arthur César e Cramer
Fluminense: Coimbra, Athos Duque Estrada e A. Macedo; C. Macedo, Porthos Duque Estrada e E. Martins; T. Aranha, A. de Castro, O. Macedo, Lafayette e D. Fox

BOTAFOGO 3 x 0 A.A. INTERNACIONAL
Data: 29 / 09 / 1907
Local: Rua Guanabara, Rio de Janeiro
Árbitro: J. Bardsley
Competição: Campeonato Carioca (2° Quadro)
Gols: Viveiros de Castro, Cramer e Rolando de Lamare (todos no 2° tempo)
Botafogo: Coggin, Jorge Portella e Antônio T. Rodrigues; Ricardo Rego, Viveiros de Castro e Zingo; Júlio Werneck, Henrique Teixeira, Rolando de Lamare, Arthur César e Cramer
A.A. Internacional: Ary Werneck, C. Vianna e E. Paranhos; Botafogo Muniz, C. Paranhos e O. Silva; A. Gomes, P. Ribeiro, R. Gomes, V. Crespo e S. Netto
Obs.: O Botafogo conquistou o bicampeonato da Taça Caxambu.
Fontes: Correio da Manhã, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio, O Futebol no Botafogo e O Século.

CAMPEONATO CARIOCA (2° QUADRO) – 1909
Turno
09 / 05 – Botafogo 3 x 0 Fluminense (Rua Voluntários da Pátria).
Gols: Lauro Sodré, Abelardo de Lamare e Juca Couto.
23 / 05 – Botafogo 8 x 0 Riachuelo (Rua Magalhães Castro).
Gols: Lauro Sodré (4), Abelardo de Lamare (3) e César Fagundes.
30 / 05 – Botafogo 12 x 1 Mangueira (Rua Voluntários da Pátria).
Gols: Abelardo de Lamare (4), Mimi Sodré (3), Viveiros de Castro (3), Lauro Sodré e César Fagundes p/o Botafogo; Jorge Vasconcellos p/o Mangueira.
13 / 06 – Botafogo WO América (Rua Voluntários da Pátria).
Obs.: O América não compareceu.
11 / 07 – Botafogo 10 x 0 Haddock Lobo (Rua Voluntários da Pátria).
Gols?
Returno
22 / 08 – Botafogo 3 x 0 Fluminense (Rua Guanabara).
Gols: Abelardo de Lamare (2) e Mimi Sodré.
05 / 09 – Botafogo 8 x 1 Riachuelo (Rua Voluntários da Pátria).
Gols?
12 / 09 – Botafogo WO Mangueira (Rua Voluntários da Pátria).
Obs.: O S.C. Mangueira não compareceu, enviou ofício à Liga desistindo do certame.
26 / 09 – Botafogo 1 x 0 América (Rua Voluntários da Pátria).
Gol?
17 / 10 – Botafogo 2 x 1 Haddock Lobo (Rua Voluntários da Pátria).
Gols?

Obs.: O Botafogo não enfrentou o Bangu em 25-07 (turno) e 24-10 (returno), porque o alvirrubro se retirou da Liga Metropolitana de Sports Athleticos (LMSA).

Jogos: 10; Vitórias: 10; Gols Pró: 47; Contra: 3.

Os campeões:
José Gonçalves do Couto (Juca), 8 jogos.
Ademaro de Lamare, 6.
Benjamim de Almeida Sodré (Mimi), 6.
Cândido Vianna, 6.
Edgard Soares Dutra, 6.
Lauro de Almeida Sodré Filho, 6.
Abelardo de Lamare, 5.
Eurico Parga Viveiros de Castro, 5.
Álvaro Cordeiro da Rocha Werneck, 4.
Norman Henry Hime, 4.
Pedro Martins da Rocha, 4.
César Fagundes, 3.
Octávio Cordeiro da Rocha Werneck, 3.
Othon de Figueiredo Baena, 3.
Victor Crespo de Castro, 3.
Amílcar Teixeira Pinto, 2.
Arthur César de Andrade, 2.
Maurício Silva, 2.
Oscar dos Santos Cunha, 2.
Anselmo Corrêa de Mascarenhas, 1.
Armando Rodrigues Teixeira, 1.
Augusto Paranhos Fontenelle (Zingo), 1.
Braz Rodrigues Teixeira, 1.
Ítalo Petterle, 1.
João Baptista Canto, 1.
Joaquim Antônio de Souza Ribeiro, 1.
Mário Paranhos Fontenelle, 1.

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 1 x 0 AMÉRICA
Data: 26 / 09 / 1909
Local: Rua Voluntários da Pátria, Rio de Janeiro
Árbitro: João Pereira
Competição: Campeonato Carioca (2° Quadro)
Gol?
Botafogo: Baena, Pedro Rocha e Cândido Vianna; Edgard Dutra, Ademaro de Lamare e Crespo; Oscar Cunha, Juca Couto, Arthur César, Maurício e Lauro Sodré
América: Antônio, Villas Boas e Oswaldo; Machado, Sobrado e Agenor; Vieira, França, M. Mendes, H. Santos e Djalma
Fontes: A Imprensa, A Notícia, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio, O Futebol no Botafogo e O Paiz.

CAMPEONATO CARIOCA (2° QUADRO) – 1910
Turno
22 / 05 – Botafogo 5 x 1 América (Rua Guanabara).
Gols do Botafogo: Nilo Rasteiro (3), Oscar Cunha e Ademaro de Lamare.
05 / 06 – Botafogo 2 x 4 Riachuelo (Rua Voluntários da Pátria).
Gols do Botafogo: Nilo Rasteiro e Mário Fontenelle.
26 / 06 – Botafogo 3 x 0 Fluminense (Rua Guanabara).
Gols: Flávio Ramos, Paula e Silva, Mário Fontenelle.
03 / 07 – Botafogo 7 x 0 Haddock Lobo (Rua Voluntários da Pátria).
Gols: Flávio Ramos (3), Carlos Hasche (2), Pino, Paula e Silva.
Returno
04 / 09 – Botafogo 6 x 1 Riachuelo (Rua Guanabara).
Gols do Botafogo: Nilo Rasteiro (2), Flávio Ramos (2), Carlos Hasche e Mário Fontenelle.
11 / 09 – Botafogo 8 x 0 América (Rua Voluntários da Pátria).
Gols: Flávio Ramos (4), Paula e Silva (2), Mário Fontenelle e Carlos Hasche.
25 / 09 – Botafogo 1 x 0 Fluminense (Rua Voluntários da Pátria).
Gol: Paula e Silva.
02 / 10 – Botafogo 7 x 0 Haddock Lobo (Rua Voluntários da Pátria).
Gols?
Obs.: Só foi disputado o primeiro tempo, pois o Haddock Lobo desistiu do segundo.

Jogos: 8; Vitórias: 7; Derrota: 1; Gols Pró: 39; Contra: 6.

Os bicampeões:
Ademaro de Lamare, 8 jogos.
Luiz de Paula e Silva, 8.
Mário Paranhos Fontenelle, 8.
José Gonçalves do Couto (Juca), 7.
Augusto Paranhos Fontenelle (Zingo), 6.
Cândido Vianna, 6.
Carlos Hasche, 6.
César Gonçalves, 6.
Edgard Soares Dutra, 6.
Flávio da Silva Ramos, 6
Nilo Rasteiro, 6.
Carlos de Pino Machado, 4.
Oscar dos Santos Cunha, 3.
Ernest Harold Coggin, 2.
Norman Henry Hime, 2.
Pedro Martins da Rocha, 2.
Arthur César de Andrade, 1.
Joaquim Antônio de Souza Ribeiro, 1.

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 1 x 0 FLUMINENSE
Data: 25 / 09 / 1910
Local: Rua Voluntários da Pátria, Rio de Janeiro
Árbitro: A. W. Hassell
Competição: Campeonato Carioca (2° Quadro)
Gol: Paula e Silva (2° tempo)
Botafogo: César Gonçalves, Cândido Vianna e Edgard Dutra; Ademaro de Lamare, Norman Hime e Juca Couto; Nilo Rasteiro, Flávio Ramos, Carlos Hasche, Paula e Silva, Mário Fontenelle
Fluminense: Guimarães, Dale e C. Paranhos; Brandão, H. Cox e Motta; F. Loup, A. de Castro, Rocha, Gustavo e Ayrosa
Obs.: A. W. Hassell também arbitrou a partida dos primeiros quadros.
Fontes: A Imprensa, A Notícia, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio, O Futebol no Botafogo e O Paiz.

CAMPEONATO CARIOCA (2° QUADRO) – 1915
Turno
09 / 05 – Botafogo 4 x 1 Rio Cricket (Rua da Constituição, em Niterói).
Gols do Botafogo: Dorinho (2), Armando e Oswaldo de Lamare.
13 / 05 – Botafogo 4 x 3 América (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Vadinho (2) e Dorinho (2).
30 / 05 – Botafogo 1 x 0 Flamengo (Rua General Severiano).
Gol: Mário Pinto.
04 / 07 – Botafogo 5 x 2 Fluminense (Rua Guanabara).
Gols do Botafogo: Vadinho (3), Aluízio e Candiota.
18 / 07 – Botafogo 1 x 3 Bangu (Rua General Severiano).
Gol do Botafogo: Dorinho.
25 / 07 – Botafogo 5 x 0 São Cristóvão (Rua General Severiano).
Gols?
Returno
15 / 08 – Botafogo 3 x 0 Rio Cricket (Rua General Severiano).
Gols: Mário Pinto (2) e Vadinho.
29 / 08 – Botafogo 1 x 3 América (Rua Campos Salles).
Gol do Botafogo: Trompowsky.
19 / 09 – Botafogo 1 x 0 Flamengo (Rua General Severiano).
Gol: Vadinho.
12 / 10 – Botafogo 4 x 2 Fluminense (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Léo (2), Pino e Vadinho.
17 / 10 – Botafogo 6 x 1 Bangu (Rua Ferrer).
Gols do Botafogo: Vadinho (3), Léo (2) e Gurgel.
31 / 10 – Botafogo 3 x 1 São Cristóvão (Rua Guanabara).
Gols?

Jogos: 12; Vitórias: 10; Derrotas: 2; Gols Pró: 38; Contra: 16.

Os campeões:
Oswaldo da Cunha Pessoa (Vadinho), 11 jogos.
Theodoro de Almeida Sodré (Dorinho), 11.
Álvaro Monteiro de Barros Catão, 10.
Carlos de Pino Machado, 9.
Carlos Martins da Rocha (Carlito), 8.
Mário Esberard Leite, 8.
Mário Pinto Guimarães, 7.
Wigand Joppert, 7.
Hydarnés Cintra Vidal, 6.
José Moreira Rega, 6.
Octávio Trompowsky, 5.
Homero Borges da Fonseca, 5.
João de Deus Candiota, 4.
Armando Bartholomeu de Souza e Silva, 3.
João Vianna, 3.
José Gurgel Dantas, 3.
Léo Torres da Silva, 3.
Aluízio Pinto Vieira de Mello, 2.
Argeu P. da Silva, 2.
Colombo A. Portella, 2.
Octaviano Caldas, 2.
Oswaldo de Lamare, 2.
Ricardo Samprieto, 2.

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 3 x 1 SÃO CRISTÓVÃO
Data: 31 / 10 / 1915
Local: Rua Guanabara, Rio de Janeiro
Árbitro: Álvaro Chaves
Competição: Campeonato Carioca (2° Quadro)
Gols?
Botafogo (equipe provável): Homero, Wigand e Carlito Rocha; Catão, Pino e Mário Leite; Gurgel, Léo, Vadinho, Dorinho e Candiota
São Cristóvão (equipe provável): L. Carnaval, Camarinha e Castro; Luiz Vinhaes, J. Rollo e Telmo; Arlindo, Adhemar, Renato Vinhaes, Barcellos e J. Carlos
Obs.: Súmula editada pelo "Jornal do Brasil" no dia do prélio.
Fontes: A Noite, Correio da Manhã, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio, O Futebol no Botafogo, O Imparcial e O Paiz.

CAMPEONATO CARIOCA (2° QUADRO) – 1922
Turno
09 / 04 – Botafogo 1 x 1 Andarahy (Rua Prefeito Serzedello Corrêa).
Gol do Botafogo: Jolibel.
21 / 04 – Botafogo 3 x 1 Flamengo (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Mário Braga, Leitôa e Vadinho.
30 / 04 – Botafogo 6 x 1 Bangu (Rua General Severiano).
Gols do Botafogo: Leitôa (3) e Arnaldo (3).
07 / 05 – Botafogo 2 x 0 São Cristóvão (Rua General Severiano).
Gols: Jolibel (2).
Obs.: 1) Jogo suspenso faltando 5' e concluído em 29-06, na Rua Paysandu;
2) O Botafogo utilizou Ratinho e Theophilo que não jogaram em 07-05.
21 / 05 – Botafogo 1 x 1 Fluminense (Rua General Severiano).
Gol do Botafogo: Dorinho.
28 / 05 – Botafogo 0 x 3 América (Rua Campos Salles).
Returno
11 / 06 – Botafogo 0 x 1 Flamengo (Rua Paysandu).
18 / 06 – Botafogo 4 x 1 Bangu (Rua Ferrer).
Gols do Botafogo: Jolibel, Mário Braga, Caruso e Claudionor.
02 / 07 – Botafogo 2 x 1 São Cristóvão (Rua Figueira de Mello).
Gols do Botafogo: Jolibel e Claudionor.
09 / 07 – Botafogo 2 x 0 Andarahy (Rua General Severiano).
Gols: Jolibel e Mário Braga.
16 / 07 – Botafogo 2 x 0 Fluminense (Rua General Severiano).
Gols: Jolibel e Neco.
23 / 07 – Botafogo 2 x 0 América (Rua General Severiano).
Gols: Neco (2).

SÉRIE A DA 1ª DIVISÃO (2° QUADRO)
Colocação por Pontos Ganhos e Perdidos
1° Botafogo, 18 e 6
1° Flamengo, 18 e 6
3° América, 16 e 8
4° Fluminense, 12 e 12
5° São Cristóvão, 11 e 13
6° Andarahy, 8 e 16
7° Bangu, 1 e 23

Desempate da Série A:
20 / 08 – Botafogo 3 x 2 Flamengo
Local: Rua Prefeito Serzedello Corrêa, Rio de Janeiro
Árbitro: Eduardo Gibson, do São Cristóvão AC
Gols: Mário Braga, aos 35’ (1° tempo) e Gottschalk, aos 19’ (2° tempo); Neco, de penalty, aos 2’, J. D. Candiota, aos 4’ e Mário Braga, aos 6’ (do 1° tempo da prorrogação)
Botafogo: Almir, Ciodaro e Nestor; Baby Rodrigues, Caruso e Franco; Maciel, Jolibel, Mário Braga, Neco e Claudionor
Flamengo: Liáo “Leão”, Brenno e Pennaforte; Elmir, Odilon e Mamede; Waldemar, Orestes, Gottschalk, João de Deus Candiota e Arnaldo
Fontes: A Noite e Correio da Manhã

SÉRIE B DA 1ª DIVISÃO (2° QUADRO)
Colocação por Pontos Ganhos e Perdidos
1° Vasco da Gama, 24 e 0
2° Carioca, 18 e 4
3° Americano, 11 e 13
4° Mackenzie, 10 e 14
5° Villa Isabel, 8 e 14
6° Mangueira, 7 e 17
7° Palmeiras, 4 e 20
Obs.: 1) O prélio Villa Isabel 3 x 2 Carioca, da Série B, não foi concluído;
2) Série B, não quer dizer necessariamente que seja 2ª Divisão.
Fonte: O Paiz.

Em 1921 e 1922, o C.R. Vasco da Gama não disputou a 2ª Divisão como alguns órgãos de imprensa divulgam. A Liga determinou 2 (duas) Séries na 1ª Divisão e 2 (duas) na 2ª Divisão. Em 1923, também, 2 (duas) Séries para cada Divisão, como se fossem dois grupos: A e B na 1ª Divisão; A e B na 2ª Divisão. Em 1924, a LMDT determinou 3 (três) Séries na 1ª Divisão. Essa Liga deixou de ser oficial em outubro de 1924, a CBD/CBF cancelou sua oficialização.
Fontes: O Imparcial (de 15-10-1924), Correio da Manhã, Jornal do Brasil e O Paiz.

Decisão da 1ª Divisão (Série A x Série B).
12 / 11 – Botafogo 1 x 0 Vasco da Gama (Rua Prefeito Serzedello Corrêa).
Gol: Jolibel.

Jogos: 14; Vitórias: 10; Empates: 2; Derrotas: 2; Gols Pró: 29; Contra: 10.

Os campeões:
Almir Affonso Brandão Maciel, 14 jogos.
Antenor Maciel Rodrigues (Baby), 14.
Jolibel de Lima Paes Barreto, 14.
Nestor Duque Estrada de Barros, 14.
Vicente Caruso, 14.
Mário Pereira Braga, 12.
Carlos de Carvalho Filho (Leitôa), 11.
Edmundo Ciodaro, 11.
Renato Junqueira Franco, 10.
Claudionor Cruz, 9.
Bolívar Gonçalves Caldas Barreto, 5.
Paulo Teixeira Soares (Neco), 5.
Eugênio Couto, 4.
Theodoro de Almeida Sodré (Dorinho), 4.
Adalberto Serpa (Bebeto), 3.
Antônio Suzarte Maciel, 2.
Arnaldo Pereira Braga Filho, 2.
Alarico Affonso Brandão Maciel, 1.
Carlos de Andrade Ramos (Ratinho), 1.
Carlos Martins da Rocha (Carlito), 1.
Jair de Albuquerque, 1.
Jeronymo Baptista Bastos, 1.
Octávio de Campos Tourinho, 1.
Oswaldo da Cunha Pessoa (Vadinho), 1.
Theophilo Nunes, 1.

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 1 x 0 VASCO DA GAMA
Data: 12 / 11 / 1922
Local: Rua Prefeito Serzedello Corrêa, Rio de Janeiro
Árbitro: Virgílio Fedrighi
Competição: Campeonato Carioca, 2° Quadro, decisão
Gol: Jolibel, aos 2’ (1° tempo)
Botafogo: Almir, Nestor e Mário Braga; Baby Rodrigues, Caruso e Jair; Maciel, Jolibel, Bolívar, Neco e Claudionor
Vasco da Gama: Amaral, Van Erven e Carlinhos Cruz; Palamone, Jayme e Borges; Leão, Carlos Caminha, Medina, Godoy e Alberto
Fontes: A Noite, Correio da Manhã, Jornal do Brasil, O Futebol no Botafogo e O Paiz

CAMPEÕES CARIOCAS (2° QUADRO DA 1ª DIVISÃO):
1906 – Botafogo
1907 – Botafogo
1908 – Fluminense
1909 – Botafogo
1910 – Botafogo
1911 – Fluminense
1912 – Germânia (AFRJ)
1912 – Flamengo (LMSA)
1913 – Flamengo
1914 – Flamengo
1915 – Botafogo
1916 – Flamengo
1917 – Flamengo
1918 – Flamengo
1919 – América
1920 – Andarahy
1921 – Fluminense
1922 – Botafogo
1923 – América
1924 – Vasco da Gama (LMDT*)
1924 – Fluminense (AMEA)
1925 – Americano FC (LMDT)
1925 – Flamengo (AMEA)
1926 – Fidalgo F.C. (LMDT)
1926 – América (AMEA)
1927 – Campo Grande A.C. (LMDT)
1927 – Flamengo (AMEA)
1928 – Magno F.C. (LMDT)
1928 – Vasco da Gama (AMEA)
1929 – S.C. Boa Vista (LMDT)
1929 – América (AMEA)
1930 – Grêmio Sportivo Santa Cruz (LMDT)
1930 – América (AMEA)
1931 – Oriente A.C. (LMDT)
1931 – Flamengo (AMEA)
1932 – Magno F.C. (LMDT)
1932 – América (AMEA)
1933 – Viação Excelsior F.C. (LMDT**)
1933 – Olaria (AMEA)
1934 – S.C. Boa Vista (LMDT**)
1934 – Mavilis (AMEA)
1935 – São Cristóvão (FMD)
1936 – Vasco da Gama (FMD)
1937 - Não concluído (FMD)

AFRJ = Associação de Futebol do Rio de Janeiro
LMSA = Liga Metropolitana de Sports Athleticos
LMDT = Liga Metropolitana de Desportos Terrestres
AMEA = Associação Metropolitana de Esportes Athleticos
FMD = Federação Metropolitana de Desportos

Obs.: 1) Jogos disputados na preliminar do 1° Quadro, não necessariamente; 2) *Liga Metropolitana de Desportos Terrestres teve sua oficialização cancelada pela CBD, atual CBF. Fonte: O Imparcial de 15-10-1924, página 8. 3) ** Em fevereiro de 1933, em 'A Noite', informa-se que a LMDT passará a ser uma Sub-Liga da Liga Carioca de Futebol (LCF), após o Carnaval. Em março de 1933, o 'Jornal dos Sports' informa que a LMDT já é Sub-Liga da Liga Carioca de Futebol. Em julho de 1933, o 'Jornal do Brasil' informa sobre os jogos da LMDT como já sendo Sub-Liga de segunda classe (não mais independente) da Liga Carioca de Futebol; 4) Entre 1933 e 1936, na LCF (Liga sem vínculo com a CBD/CBF), também foram disputados campeonatos de segundos quadros ou amadores. Alguns órgãos de imprensa preferiram chamar de 2° quadro, outros de amadores. Segue os campeões: 1933 - Fluminense; 1934 – Vasco da Gama; 1935 - Flamengo; 1936 – América.

[Pesquisa de Auriel de Almeida, Claudio Falcão, Pedro Varanda e Raymundo Quadros.]

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Botafogo: Campeonatos Cariocas de Futebol de Terceiros Quadros

CAMPEONATO CARIOCA (3° QUADRO) – 1915
Campanha do campeão, o Botafogo:
27 / 06 – Botafogo 2 x 0 Fluminense (Rua Guanabara).
11 / 07 – Botafogo 3 x 0 Villa Isabel (campo do antigo Jd. Zoológico).
18 / 07 – Botafogo 5 x 0 São Cristóvão (Rua Guanabara).
25 / 07 – Botafogo 5 x 2 América (Rua General Severiano).
01 / 08 – Botafogo 2 x 0 Flamengo (Rua General Severiano).
22 / 08 – Botafogo 3 x 0 Fluminense (Rua General Severiano).
05 / 09 – Botafogo 3 x 2 Villa Isabel (Rua General Severiano).
12 / 09 – Botafogo 4 x 0 São Cristóvão (Rua General Severiano).
19 / 09 – Botafogo 2 x 3 América (Rua Campos Salles).
26 / 09 – Botafogo 2 x 0 Flamengo (Rua Paysandu).

Jogos: 10; Vitórias: 9; Derrota: 1; Gols Pró: 31; Contra: 7.

Os campeões:
Adherbal de Souza Bastos.
Alfredo Pinto Júnior.
Oswaldo Tavares (Babau).
João Antônio de Souza Ribeiro (Baby).
João de Deus Candiota.
Colombo A. Portella.
Bernardes Fernandez.
José Gurgel Dantas.
Homero Borges da Fonseca.
José Leal Burlamaqui (Juquinha).
José Garcia.
Léo Torres da Silva.
Mário Esberard Leite.
Antônio Carlos da Motta Júnior.
Augusto Paranhos Fontenelle (Zingo).
Fontes: Gazeta de Notícias e Jornal do Brasil

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 2 x 0 FLAMENGO
Data: 26 / 09 / 1915
Local: Rua Paysandu, Rio de Janeiro
Árbitro: Alberto Etienne, do América FC
Competição: Campeonato Carioca (3° Quadro)
Gols: Candiota (1° tempo) e Juquinha (2° tempo)
Botafogo: Homero, Colombo Portella e Baby; Adherbal, Zingo e José Garcia; Gurgel, Léo, Juquinha, Candiota e Babau
Flamengo: Drummond, Miranda e Jurumenha; Mello, C. Araújo e Cadinho; Leal, Azael, Fausto, Alcindo e Netto
Fonte: Jornal do Brasil

Classificação do certame:
1° Botafogo (campeão)
2° América (vice)
3° Flamengo
4° Fluminense
5° Villa Isabel
6° São Cristóvão
Fontes: A Época, A Noite, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, O Imparcial e O Paiz

CAMPEONATO CARIOCA (3° QUADRO) – 1916
Campanha do bicampeão, o Botafogo:
04 / 06 – Botafogo 5 x 2 São Cristóvão (Rua Figueira de Mello).
14 / 07 – Botafogo 2 x 0 América (Rua General Severiano).
16 / 07 – Botafogo 4 x 3 Fluminense (Rua Guanabara).
Obs.: Jogo transferido de 18-06, devido às fortes chuvas.
Fontes: Jornal do Brasil e O Imparcial.
30 / 07 – Botafogo 3 x 1 Villa Isabel (Campo do Jd. Zoológico).
Fontes: Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil e O Imparcial.
20 / 08 – Botafogo 3 x 2 Flamengo (Rua General Severiano).
07 / 09 – Botafogo 4 x 3 América (Rua Campos Salles).
17 / 09 – Botafogo 0 x 3 Flamengo (Rua Paysandu).
12 / 10 – Botafogo 7 x 1 São Cristóvão (Rua General Severiano).
15 / 10 – Botafogo 4 x 0 Villa Isabel (Rua General Severiano).
19 / 10 – Botafogo 1 x 3 Fluminense (Rua General Severiano).

Jogos: 10; Vitórias: 8; Derrotas: 2; Gols Pró: 33; Contra: 18.

Os campeões:
Álvaro Werneck*, 10 jogos.
Hugh Edgard Pullen, 10.
Alfredo Pinto Júnior, 8.
Carlos Garcia de Souza 8.
Colombo A. Portella, 8.
Octávio de Campos Tourinho, 7.
José Leal Burlamaqui (Juquinha), 6.
João Carlos J. Mallet, 6.
Adherbal de Souza Bastos, 5.
Jorge Cunha da Gama e Abreu, 5.
Jorge Dias da Silva, 5.
José Gurgel Dantas, 5.
Renato Mignani, 5.
Affonso Machado, 3.
Antônio Corrêa Meyer (Antonico), 3.
Bruno Burlini, 3.
Oswaldo Tavares (Babau), 3.
Armando Bartholomeu Souza e Silva, 1.
Augusto Maia de Bittencourt Menezes (Petiot), 1.
Everardo Bocayuva, 1.
João Antônio de Souza Ribeiro (Baby), 1.
Lauro Garcia de Souza, 1.
Lauro Muller Filho, 1.
Lauro de Almeida Sodré Filho, 1.
Nélson Barreto, 1.
Renato Werneck, 1.
Juan Pendibene, 1.

* Em 1916, Álvaro Cordeiro da Rocha Werneck passou a se chamar somente Álvaro Werneck.

BOTAFOGO 7 x 1 SÃO CRISTÓVÃO
Data: 12 / 10 / 1916
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitro: Carlos Mery Schelling, do Carioca FC
Competição: Campeonato Carioca (3° Quadro)
Gols: Alfredo Pinto, aos 10’, Octávio Tourinho (2), aos 14’ e aos 27’, e João Carlos, aos 37’ (1° tempo); Octávio Tourinho, aos 23’, Ernesto Dornelles, aos 25’ e Alfredo Pinto (2), aos 35’ e 38’ (2° tempo)
Botafogo: Renato Mignani, Edgard Pullen e Colombo Portella; Carlos Garcia, Álvaro Werneck e Affonso Machado; João Carlos, Alfredo Pinto, Octávio Tourinho, Juan Pendibene e Antonico
São Cristóvão: Alfredo Figueiredo, Linneu Cotta e Hamílton Souza; Ernesto Dornelles, Armandino Carvalho e Álvaro Labuto; Diniz de Souza Mendes, Lincoln Cotta, Moacyr Pinto, Hugo Hamann e Osmary Macedo
Obs.: Alfredo Pinto desperdiçou um pênalti, no 1° tempo
Fonte: Jornal do Brasil

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 4 x 0 VILLA ISABEL
Data: 15 / 10 / 1916
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitros: Orlando Ramos e Lourenço da Silva
Competição: Campeonato Carioca (3° Quadro)
Gols: Juquinha e Octávio Tourinho (1° tempo); Alfredo Pinto e A. Machado (2° tempo)
Botafogo: Mignani, Colombo Portella e Edgard Pullen; Carlos Garcia, Álvaro Werneck e Affonso Machado; João Carlos, Alfredo Pinto, Octávio Tourinho, Juquinha e Antonico
Villa Isabel: Guaranys, Monte Mor e Faria; Mignon, Saraiva e Mourão; Junqueira, Alcides, Aragão, Drummond e Antenor
Obs.: Lourenço da Silva substituiu Orlando Ramos nos 15 minutos finais
Fonte: Gazeta de Notícias

Fontes: Álvaro de Frontin Werneck, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, O Futebol no Botafogo e O Imparcial

Classificação por Pontos Ganhos:
1° Botafogo (bicampeão), 16
2° Fluminense (vice), 14
3° Flamengo, 11
4° América, 8
5º São Cristóvão, 6
6° Villa Isabel, 3
Obs.: Ainda não encontramos o resultado de uma partida.
15 / 10 – América _ x _ São Cristóvão
Fontes: A Época, A Noite, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, O Imparcial e O Paiz

CAMPEONATO CARIOCA (3° QUADRO) – 1920
Campanha do campeão, o Botafogo:
18 / 04 – Botafogo 11 x 2 Palmeiras (Rua General Severiano).
02 / 05 – Botafogo 4 x 0 Villa Isabel (Campo do Jd. Zoológico).
23 / 05 – Botafogo 3 x 2 Andarahy (Rua Prefeito Serzedello Corrêa).
27 / 06 – Botafogo 6 x 0 Mangueira (Rua General Severiano).
04 / 07 – Botafogo 1 x 2 São Cristóvão (Rua Figueira de Mello).
11 / 07 – Botafogo 4 x 1 Flamengo (Rua Paysandu).
18 / 07 – Botafogo 1 x 1 Fluminense (Laranjeiras).
01 / 08 – Botafogo 8 x 1 Palmeiras (Laranjeiras).
08 / 08 – Botafogo 3 x 1 Mangueira (Rua Prefeito Serzedello Corrêa).
15 / 08 – Botafogo 3 x 2 Flamengo (Rua General Severiano).
12 / 09 – Botafogo 4 x 1 América (Rua General Severiano).
10 / 10 – Botafogo WO Villa Isabel (Rua General Severiano).
Obs.: “O match dos Terceiros Teams desses dois clubs, marcado para hontem, não foi effectuado por ter o Villa Isabel entregue os pontos enviando officio a Liga”. Fonte: O Paiz (11-10).
24 / 10 – Botafogo 2 x 2 América (Rua Campos Salles).
07 / 11 – Botafogo 3 x 1 Fluminense (Rua General Severiano).
21 / 11 – Botafogo 5 x 0 São Cristóvão (Rua General Severiano).
05 / 12 – Botafogo 5 x 1 Andarahy (Rua General Severiano).

Jogos: 16; Vitórias: 13; Empates: 2; Derrota: 1; Gols Pró: 63; Contra: 17.

Os campeões:
Haroldo Joppert, 9 jogos.
João Agostinho Affonso (Braune), 9.
Vicente Caruso, 9.
Luiz Chrisóstomo de Oliveira Júnior (Lagreca), 9.
Alkindar Dutra de Castilho, 9.
Eugênio Couto, 8.
Carlos de Carvalho Filho (Leitôa), 8.
Fernando Murtinho Braga, 7.
Alarico Affonso Brandão Maciel, 7.
Octávio de Campos Tourinho, 4.
Celso Coelho de Souza, 4.
Orlando da Silva Joppert, 4.
Manuel Corrêa Pacheco, 3.
Luiz de Campos Tourinho, 2.
Cristóvão Leite de Castro, 2.
Aluízio Pinto Vieira de Mello, 1.
Casemiro Santa Maria Pereira, 1.
Miguel Valdetaro, 1.
Armando Victor Ebraico, 1.
Olympio, 1.
Técnico: Carlos do Amaral Pimentel
Obs.: Faltam as escalações do Botafogo contra Palmeiras, Villa Isabel, Andarahy, São Cristóvão, Fluminense e Palmeiras novamente.
Fonte: O Futebol no Botafogo

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 5 x 1 ANDARAHY
Data: 05 / 12 / 1920
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitro: Pedro de Paula de Lima e Castro
Competição: Campeonato Carioca (3° Quadro)
Gols: O. Tourinho (2) e Celso (1° tempo); O. Tourinho, Alkindar e Oswaldo (2° tempo)
Botafogo: Haroldo, Couto e Ebraico; Braune, Caruso e Lagreca; Leitôa, Alkindar, Octávio Tourinho, Celso e Alarico
Andarahy: Delphim, Bartholomeu e Cabral; Seibel, Carlindo e Euzébio; Aguinaldo, Machado, Azevedo, Oswaldo e Soares
Fonte: O Paiz

CAMPEONATO CARIOCA (3° QUADRO) – 1928
Campanha do campeão, o Botafogo:
Série A
22 / 07 – Botafogo 2 x 1 Fluminense (Laranjeiras).
29 / 07 – Botafogo 4 x 1 Villa Isabel (Campo do Jd. Zoológico).
05 / 08 – Botafogo 3 x 0 SC Brasil (Rua General Severiano).
12 / 08 – Botafogo 4 x 0 Mackenzie (Rua General Severiano).
19 / 08 – Botafogo 6 x 1 Flamengo (Rua Paysandu).
23 / 09 – Botafogo 2 x 1 América (Rua Campos Salles).
Obs.: O Botafogo perdeu os pontos para o América por ter utilizado João Dutra de Castilho que estava irregular.

SÉRIE A (3° QUADRO)
Colocação por Pontos Ganhos e Perdidos
1° Botafogo, 10 e 2
1° América, 10 e 2
3° Flamengo, 8 e 4
3° Fluminense, 8 e 4
5° Villa Isabel, 4 e 8
6° SC Brasil, 2 e 10
7° Mackenzie, 0 e 12

Desempate da Série A:
07 / 10 – Botafogo 9 x 0 América (Rua Paysandu).

BOTAFOGO 9 x 0 AMÉRICA
Data: 07 / 10 / 1928
Local: Rua Paysandu, Rio de Janeiro
Árbitro: Horácio Rhodes da Silva, do Fluminense FC
Competição: Camp. Carioca, 3° Quadro, desempate da Série A
Gols: Baptista (2), aos 10’ e 12’, Castro, aos 14’, Félix, aos 24’, Paulinho, aos 31’ e Castro, aos 32’ (1° tempo); Maciel, aos 14’, Baptista, aos ? e Maciel, aos 35’ (2° tempo)
Botafogo: Ribas, Ito Dolabella e Renato Aragão; C. Burlamaqui, Samuel e Cícero; Félix (Fernando Corbal), Newton “Jahú” (Paulinho), Baptista, Castro (Jolibel) e Maciel
América: Ubirajara, Larica e Alcides Caneja; Machado, Mário (Áttila) e Ney; Moacyr, Henrique Barcellos, Petrônio, Edmundo Lourenço e Aguinaldo
Fontes: O Paiz e O Globo

SÉRIE B (3° QUADRO)
Colocação por Pontos Ganhos e Perdidos
1° Vasco da Gama, 12 e 0
2° São Cristóvão, 10 e 2
3° Andarahy, 6 e 6
3° Syrio Libanez, 6 e 6
5° River, 4 e 8
6° São Paulo-Rio, 3 e 9
7° Bonsucesso, 1 e 11

Vencedor da Série A x Vencedor da Série B, “melhor de três”:
14 / 10 – Botafogo 1 x 0 Vasco da Gama (Rua Paysandu).

BOTAFOGO 1 x 0 VASCO DA GAMA
Data: 14 / 10 / 1928
Local: Rua Paysandu, Rio de Janeiro
Árbitro: Claudionor Lima Vieira
Competição: Campeonato Carioca (3° Quadro)
Gol: Edmundo, aos 9’ (2° tempo)
Botafogo: Ribas, Ito Dolabella e Renato Aragão; C. Burlamaqui, Cícero e Samuel; Edmundo, Newton “Jahú”, Baptista (Jolibel), Castro (Félix) e Maciel
Vasco da Gama: Quarenta, Décio e João; Goulart, Orlando e Pedrinho Carneiro; Eloy, Claudionor (Gonçalves), Chaves “Mamão”, Raul (Moraes) e Joaquim Borges
Fontes: A Noite, O Futebol no Botafogo, O Globo, O Imparcial, O Jornal e O Paiz

21 e 28 / 10 – Botafogo 1 x 0 Vasco da Gama (Ruas Figueira de Mello e Paysandu).
Obs.: Esse jogo começou no dia 21 e terminou dia 28.

BOTAFOGO 1 x 0 VASCO DA GAMA
Datas: 21 e 28 / 10 / 1928
Locais: Ruas Figueira de Mello (21-10) e Paysandu (28-10), Rio de Janeiro
Árbitros: Bolívar Caldas (21-10) e Francisco Gonçalves da Silva (28-10)
Competição: Campeonato Carioca (3° Quadro)
Gol: Castro, de penalty, em 28-10
Botafogo: Ribas, Renato Aragão e Ito Dolabella; C. Burlamaqui, Cícero e Baptista; Félix, Newton “Jahú”, Paulinho (Samuel), Castro e Maciel
Vasco da Gama: Quarenta, Décio e Iracema; Pedro, Orlando e Goulart; Eloy, Gonçalves, Mamão, Allemão e Joaquim Borges
Obs.: 1) Em 21-10, a partida foi suspensa faltando 17 minutos para o final, por invasão de campo, quando o placar era de 0 a 0; 2) O título do Botafogo foi confirmado em 15-12 pela AMEA. A alegação do Vasco era que Cícero de Oliveira estaria irregular.
Fontes: A Noite, O Futebol no Botafogo, O Globo, O Imparcial, O Jornal e O Paiz

Jogos: 9; Vitórias: 8; Derrota: 1; Gols Pró: 32; Contra: 4.

Os campeões:
João Baptista da Costa.
Carlos Leal Burlamaqui.
Manoel A. de Castro Júnior.
Cícero de Oliveira.
Edgard de Figueiredo Pamplona (Dedé).
Edmundo de Souza Andrade.
José Félix da Cunha Menezes Filho.
Fernando de Oliveira Corbal.
Fernando Monteiro.
Franklin Bastos.
Ito Dolabella.
João Dutra de Castilho (Dutrinha).
Jolibel de Lima Paes Barreto.
Antônio Suzarte Maciel.
Newton Campbell “Jahú”.
Paulo Goulart de Oliveira (Paulinho).
Renato de Castro Muniz Aragão.
Oswaldo da Rocha Ribas.
Samuel Coelho de Souza.
Também foram considerados campeões,
consignados em ata de diretoria:
Carlos Everardo Nunes Pires.
Germano Boettcher Sobrinho.
Lauro Sodré Viveiros de Castro.
Miguel Quadros Cunha.
Moacyr Antunes Vieira.
Oswaldo Braga.
Raul do Rego Macedo.
Rivadávia Corrêa Meyer (Riva).
Técnico: Togo Renan Soares “Kanela”.
Fonte: O Futebol no Botafogo

CAMPEONATO CARIOCA (3° QUADRO) – 1931
Campanha do campeão, o Botafogo
05 / 07 – Botafogo 6 x 0 Bonsucesso (Rua General Severiano).
12 / 07 – Botafogo 9 x 2 Carioca (Rua General Severiano).
02 / 08 – Botafogo 5 x 0 Flamengo (Rua Paysandu).
09 / 08 – Botafogo 2 x 0 Andarahy (Rua General Severiano).
16 / 08 – Botafogo 5 x 2 SC Brasil (Praia Vermelha-Urca).
23 / 08 – Botafogo 11 x 0 São Cristóvão (Rua General Severiano).
30 / 08 – Botafogo 1 x 2 América (Rua Campos Salles).
13 / 09 – Botafogo 4 x 1 Vasco da Gama (Rua General Severiano).
11 / 10 – Botafogo 2 x 1 Fluminense (Laranjeiras).

Jogos: 9; Vitórias: 8; Derrota: 1; Gols Pró: 45; Contra: 8.

Os campeões:
Althemar Dutra de Castilho (Teté), 9 jogos.
Adalberto Corrêa Gonçalves, 9.
Alberto Piragibe Lyra de Lemos (Pirica), 9.
Samuel Coelho de Souza, 8.
Jurandyr Nabuco dos Santos (Juju), 8.
Alkindar Dutra de Castilho, 7.
Walter Guimarães Simas (Corisco), 7.
João Dutra de Castilho, 6.
Walter Guimarães (Waldyr), 6.
Franklin Padrão, 5.
Gustavo Henrique Ribeiro de Carvalho, 5.
Oswaldo Rocha Ribas, 4.
Sylvio Serpa (Alemão), 4.
Eduardo Henrique Martins de Oliveira (Edu), 3.
Alfredo Silva (Alfredinho), 3.
José Nabuco dos Santos, 3.
Antônio Suzarte Maciel, 3.
Mário Affonso Diógenes (Galo), 3.
João Pinto Lima (Gargalhada), 2.
Mário Rocha Ribas, 2.
José Pereira Braga, 2.
Vicente Paulo Mattos da Graça, 1.
Aluízio de Freitas, 1.
Marcelino da Gama Coelho, 1.
Ernâni Hardmann, 1.
Leandro Moura Costa, 1.
Aguinaldo de Freitas, 1.
Paulo Teixeira Soares (Neco), 1.
Técnico: Togo Renan Soares “Kanela”.
Fonte: O Futebol no Botafogo e Jornal do Brasil

JOGO DO TÍTULO:
BOTAFOGO 2 x 1 FLUMINENSE
Data: 11 / 10 / 1931
Local: Laranjeiras, Rio de Janeiro
Árbitro: Luiz Neves
Competição: Campeonato Carioca (3° Quadro)
Gols: Neco, Franklin e Isnard (todos no 2° tempo)
Botafogo: Gustavo, Teté (Maciel) e João Dutra; Corisco, Aguinaldo e Samuel; Adalberto, Neco, Franklin, Juju e Pirica
Fluminense: Carlos “Secura”, Peru e Pavão (Toscano); Waldo, Hélio e Nélson; Celso, Meirelles, Isnard, Luiz e Benedicto
Fontes: A Noite, Correio da Manhã, O Futebol no Botafogo e O Globo

CAMPEÕES CARIOCAS (3° QUADRO):
1915 – Botafogo
1916 – Botafogo
1917 – Não houve certame
1918 – América
1919 – Fluminense
1920 – Botafogo
1921 – Fluminense
1922 – Vasco da Gama
1923 – Fluminense
1924 – Villa Isabel (LMDT)
1925 – Não houve certame
1926 – Vasco da Gama
1927 – São Cristóvão
1928 – Botafogo
1929 – São Cristóvão
1930 – Vasco da Gama
1931 – Botafogo
Obs.: Jogos disputados aos domingos pela manhã.

LMDT = Liga Metropolitana de Desportos Terrestres

[Pesquisa de Auriel de Almeida, Claudio Falcão, Pedro Varanda e Raymundo Quadros.]