quarta-feira, 28 de abril de 2010

Em 1954 o Botafogo conquistava o seu Primeiro Título de Futebol no Maracanã

pesquisa de Pedro Varanda

Recentemente, no dia 25 de abril, o Botafogo completou 56 anos do seu primeiro título de futebol profissional no Maracanã, o qual também se constituiu no primeiro título de Garrincha pelo Glorioso. Tratava-se do Torneio Quadrangular Interestadual. Seguem os detalhes da conquista.

QUADRANGULAR INTERESTADUAL (RIO DE JANEIRO) - 1954
17/04 - Botafogo F.R. 4x3 S.E. Palmeiras
18/04 - Fluminense F.C. 2x1 S.C. Internacional
21/04 - S.C. Internacional 2x2 Botafogo F.R.
25/04 - Botafogo F.R. 3x1 Fluminense F.C.
28/04 - Fluminense F.C. 2x1 S.E. Palmeiras
01/05 - S.E. Palmeiras x S.C. Internacional (não foi realizado)

Colocação por pontos ganhos (PG):
1º) Botafogo F.R. (campeão) - 5
2º) Fluminense F.C. (vice) - 4
3º) S.C. Internacional - 1
4º) S.E. Palmeiras - 0

Botafogo (time base): Amaury (Gílson), Thomé (Orlando Maia) e Floriano; Araty, Bob e Ruarinho (Juvenal); Garrincha, Paulinho (Moacyr Vinhas), Dino, Carlyle (Jayme) e Vinícius (Neyvaldo).
Técnico: Gentil Cardoso.
Fonte: Diário de Notícias (Rio de Janeiro).

BOTAFOGO 4x3 PALMEIRAS
Data: 17/04/1954
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Árbitro: Eunápio Gouveia de Queiroz
Competição: Quadrangular Interestadual
Gols: Jayme, aos 12', Liminha, aos 20' e Berto, aos 43' (1º tempo); Dino, aos 20', Jayme, aos 22', Dino, aos 43' e Otávio, aos 44' (2º tempo).
Botafogo: Gílson (Amaury), Araty, Thomé (Orlando Maia) e Floriano; Bob e Ruarinho; Garrincha, Moacyr Vinhas (Paulinho), Dino, Jayme e Vinícius. Técnico: Gentil Cardoso.
Palmeiras: Cavani, Rubens e Juvenal; Valdemar Fiúme (Gérsio), Sarno e Dema (Manuelito); Nei, Liminha, Berto (Otávio), Jair e Moacir. Técnico: Cláudio Cardoso.
Fonte: Diário de Notícias.

BOTAFOGO 2x2 INTERNACIONAL
Data: 21/04/1954
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Árbitro: Alberto da Gama Malcher
Competição: Quadrangular Interestadual
Gols: Canhotinho, aos 10', Dino, aos 28', Bodinho, aos 32' e Dino, aos 38' (1º tempo).
Botafogo: Amaury, Araty, Orlando Maia e Floriano; Bob e Juvenal; Garrincha, Paulinho, Dino, Jayme e Vinícius (Neyvaldo). Técnico: Gentil Cardoso.
Internacional: La Paz, Mossoró, Florindo e Oreco; Nélson Adams e Odorico; Solís, Aírton, Bodinho, Jerônimo e Canhotinho. Técnico: José Francisco Duarte Júnior (Teté).
Fonte: Diário de Notícias.

BOTAFOGO 3x1 FLUMINENSE
Data: 25/04/1954
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$251.189,10
Público: 16.803
Árbitro: Alberto da Gama Malcher
Competição: Quadrangular Interestadual
Gols: Waldo, aos 4' (1º tempo); Dino (2), aos 15' e 23' (este de cabeça) e Garrincha (de pênalti), aos 17' (2º tempo).
Botafogo: Amaury, Thomé (Araty) e Floriano; Orlando Maia, Bob e Ruarinho; Garrincha, Paulinho, Dino, Carlyle e Vinícius. Técnico: Gentil Cardoso.
Fluminense: Adalberto, Píndaro e Duque; Jair Santana, Édson e Bigode; Telê, João Carlos, Waldo, Róbson e Esquerdinha. Técnico: Francisco de Souza Ferreira "Gradim".
Obs.: Botafogo campeão do Quadrangular Interestadual.
Fontes: Diário de Notícias e O Jornal.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Botafogo Bicampeão Estadual de Polo Aquático Adulto 1982-1983

pesquisa de Claudio Falcão

Após a maravilhosa temporada de 1982, o Botafogo sagrava-se em 1983 bicampeão estadual de polo aquático adulto.

A decisão ocorreu numa disputa em melhor de quatro pontos contra o C.R. Flamengo:
13/12 - Botafogo 11x6 Flamengo
15/12 - Botafogo 11x8 Flamengo - local: piscina do Fluminense F.C.
Equipe do Botafogo que iniciou a partida: André Campos, Orlando, Carlos Eduardo Carvalho, Sílvio Manfredi, Simões, Paulo Abreu e Flávio.
Técnico: Édson Perri, o 'Barriga'.

[Fontes: Jornal do Brasil e O Globo, de 16/12/1983.]

domingo, 25 de abril de 2010

Em 1982 o Botafogo 'ganhou tudo' no Polo Aquático Adulto

pesquisa de Claudio Falcão

A temporada de 1982 foi mesmo espetacular para o polo aquático botafoguense, pois começamos o ano conquistando o campeonato brasileiro, em seguida a Taça Carioca, mais adiante o Torneio Rio-São Paulo e finalmente o campeonato estadual. Vamos conhecer como se deram essas conquistas.

I) Campeonato Brasileiro
13/01 - Botafogo 28x0 ASBAC (DF)
14/01 - Botafogo 9x7 Fluminense F.C.
15/01 - Botafogo 14x11 Gama Filho (RJ)
15/01 - Botafogo 23x6 Bauru (SP)
16/01 - Botafogo 12x8 C.A. Paulistano (SP)
16/01 - Botafogo 11x10 E.C. Pinheiros (SP)
17/01 - Botafogo 18x6 C. Astrea (PB)

Atletas participantes: Francisco Alves Jácome Júnior (goleiro), Paulo Francisco Joazeiro de Abreu, Selim Zelaquett Khoury, Carlos Eduardo Carvalho (Carlinhos - capitão), Sílvio Manfredi, Sólon dos Santos, Walter Carlos de Oliveira Bohrer, Renê Nogueira de Paiva, Osvaldo Dias de Andrade Júnior, Gérson de Oliveira Mattos, Ísio Golub Speiski, Carlos de Camargo Penteado Braga e Raul Rozeno Soares (goleiro).
Técnico: Édson Perri, o 'Barriga'.

Carlos Eduardo Carvalho,
o Carlinhos

II) Taça Carioca
21/05 - Botafogo 10x8 Gama Filho
23/05 - Botafogo 11x7 Tijuca T.C.
28/05 - Botafogo 13x4 Fluminense F.C.
29/05 - Botafogo 16x11 C.R. Flamengo

Atletas participantes: Francisco Alves Jácome Júnior (goleiro menos vazado), Orlando Amaral Chaves, Paulo Francisco Joazeiro de Abreu (melhor índice técnico), Carlos Eduardo Carvalho (Carlinhos - capitão), Sílvio Manfredi, Sólon dos Santos, Walter Carlos de Oliveira Bohrer, Renê Nogueira de Paiva, Carlos Alberto Alla dos Santos, Ronaldo Amaral Chaves, Carlos de Camargo Penteado Braga, Gérson de Oliveira Mattos, Raul Rozeno Soares (goleiro) e Marcelo da Rocha O. Santos.
Técnico: Édson Perri, o 'Barriga'.

III) Torneio Rio-São Paulo
Jogo do título: 09/10 - Botafogo 14x9 E.C. Pinheiros (SP)
Último jogo: 10/10 - Botafogo 7x10 Tijuca T.C. (RJ) (única derrota do BFR no torneio).

IV) Campeonato Estadual
Clubes participantes: Botafogo F.R., C.R. Flamengo, Fluminense F.C. e Tijuca T.C.
Jogo do título: 20/12 - Botafogo 11x10 C.R. Flamengo
Botafogo: Jorge Luís, Orlando Chaves (2 gols), Paulo Abreu (5 gols), Carlos Eduardo Carvalho (1 gol - o gol do título), Sílvio Manfredi (2 gols), Sólon dos Santos (1 gol), Walter, Renê, Ronaldo Amaral, Carlos, Alberto, Guilherme e Raul.
Técnico: Édson Perri, o 'Barriga'.

[Fontes: O Globo, de 18/01/1982; Jornal do Botafogo, nº 0; Jornal do Brasil, de 11/10/1982; O Globo e Jornal do Brasil, de 21/12/1982.]

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Botafogo Campeão Carioca de Polo Aquático de 1963

pesquisa de Claudio Falcão

Contando com o fabuloso atleta húngaro Aladar Szabo, que fez história no polo aquático brasileiro, o qual foi campeão pan-americano pela seleção nacional em São Paulo (1963) e que participou pelo Brasil dos Jogos Olímpicos de Tóquio (1964), o Botafogo reconquistava em 1963 o título de campeão carioca de polo aquático da 1ª divisão após quatorze anos.

O campeonato daquele ano resumiu-se a uma disputa entre o Glorioso e o Fluminense F.C., quando ganhamos o jogo do turno e perdemos o do returno, para finalmente triunfarmos na melhor de três.

Campanha:
Turno:
01/06 - Botafogo 7x4 Fluminense
Local: Mourisco
Gols do Botafogo: Szabo (5), Ney e Monassa.

Returno:
09/06 - Botafogo 4x5 Fluminense F.C.
Local: Álvaro Chaves
Gols do Botafogo: Szabo (4).

Melhor de três:
15/06 - Botafogo 7x4 Fluminense
Local: C.R. Guanabara
Gols do Botafogo: Szabo (4) e Ney (3).

22/06 - Botafogo 3x4 Fluminense
Local: C.R. Guanabara
Gols do Botafogo: Euclides, Szabo e Ney.

23/06 - Botafogo 6x5 Fluminense
Local: C.R. Guanabara
Gols do Botafogo: Szabo (4), Ney e Édson.

Resumo: J - 5, V - 3, D - 2, GP - 27, GC - 22, S - 5.


Jogaram e marcaram: Aladar Szabo (5 J e 18 G), Ney Borges Nogueira (5 J e 6 G), Édson Torres Lopes (5 J e 1 G), Euclides da Cunha Pinto (5 J e 1 G), Luiz Carlos R. Parreiras (5 J), Luiz Henrique Monassa Bassil (4 J e 1 G), Marco Antônio de Viçoso Jardim (goleiro, 3 J), Carlos Alberto Teixeira, 'Balé' (goleiro, 2 J) e Flávio Caetano Grottera (2 J).
Técnico: Édson Perri.

[Fonte: Revista Botafogo, nº 201, de agosto/1963.]

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Botafogo Campeão Carioca de Polo Aquático de 1949

pesquisa de Claudio Falcão

Após conquistar o título carioca da 1ª divisão em 1942, 1946 e 1947, o Botafogo voltava em 1949 a vencer o campeonato da cidade.

Campanha:
Turno:
15/01 - Botafogo 1x0 C.R. Guanabara (*)
Local: C.R. Guanabara
Botafogo: Henry, William, Branco (Arp), Hélio (Hercílio), Samuel, José Roberto e Walter.
Gol: Hélio.
(*) A partida foi posteriormente anulada, e na data remarcada o Guanabara 'entregou os pontos', perdendo por W.O.

27/01 - Botafogo 4x1 C.R. Vasco da Gama
Local: Botafogo F.R.
Botafogo: Arp, William, Samuel, Branco, Havelange, Hélio (Walter) e José Roberto.
Gols do Botafogo: Samuel (2), Walter e Havelange.

Returno:
26/03 - Botafogo 5x0 C.R. Guanabara
Local: Botafogo F.R.
Botafogo: Henry, William (Sylvio), Hercílio (Kid), Havelange, José Roberto, Walter e Samuel.
Gols: Walter (4) e José Roberto.

09/04 - Botafogo 1x1 C.R. Vasco da Gama
Local: C.R. Guanabara
Botafogo: Henry, William, Domingos, Havelange (Caetano), José Roberto, Walter e Samuel (Arinauá).
Gol do Botafogo: José Roberto.

Participaram da campanha: Arinauá Leão Feitosa, Armando Caetano e Domingos César Câmara (1 J), Edgard Julius Barbosa Arp (2 J), Hélio de Godoy Tavares (2 J e 1 G), Henry Norbert (3 J), Hercílio da Luz Colaço (2 J), Jean (João) Havelange (3 J e 1 G), José Roberto Haddock Lobo (4 J e 2 G), 'Kid' (1 J), Rafael de Azevedo Branco (2 J), Samuel Scheimberg (4 J e 2 G), Sylvio Gracie (1 J), Walter Hugo Frota (4 J e 5 G) e William Scheimberg (4 J). Total: 15 jogadores.
Obs.: Aqui foram computadas as atuações dos atletas e o goleador da partida anulada do turno contra o C.R. Guanabara.

Técnico: José Saldanha da Gama.

[Fontes: Revista Botafogo, nº 78, de março/1949; n° 80, de maio/1949; n° 83, de agosto/1949 e n° 84, de setembro/1949.]

domingo, 18 de abril de 2010

Botafogo, Campeão Estadual de Futebol de 2010

por Claudio Falcão

Após amargar por três anos a perda do título estadual para o mesmo adversário, conquistou o Botafogo neste domingo, numa vitória de 2x1 sobre o C.R. Flamengo, o campeonato que lhe fugira nas ocasiões anteriores.

Na partida de número 5.000 de sua equipe principal em toda a História, segundo aprofundadas pesquisas de nosso habitual colaborador Pedro Varanda, e no ano em que completa um século em que recebeu a alcunha de 'O Glorioso', o Botafogo chegou ao título máximo do Estado, conquistado sem a necessidade de uma partida extra, visto que já alcançara a Taça Guanabara, na vitória de 2x0 sobre o C.R. Vasco da Gama em 21 de fevereiro, arrebatando hoje a Taça Rio.

Sob o comando do experiente técnico Joel Natalino Santana, que já fora o nosso treinador no campeonato de 1997, o qual deu novo ânimo aos atletas alvinegros após a saída de Estevam Soares, chegou o Botafogo ao seu 19º título estadual.

Parabéns a esse grupo de briosos atletas, que mais uma vez fizeram alçar ao topo o nome do Glorioso Botafogo de Futebol e Regatas!

Ficha técnica:
Botafogo 2x1 Flamengo
Data: 18/04/2010
Local: Maracanã
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca
Renda: R$1.677.565,00; público: 50.303 pagantes.
Botafogo: Jefferson, Fahel, Antônio Carlos e Fábio Ferreira; Alessandro, Leandro Guerreiro, Túlio Souza (Caio), Renato Cajá (Edno) e Somália (Marcelo Cordeiro); Herrera e Loco Abreu.
Flamengo: Bruno, Léo Moura (Petkovic), David, Ronaldo Angelim e Rodrigo Alvim; Maldonado, Toró (Vinícius Pacheco), Williams e Michael (Fierro); Vágner Love e Adriano.
Gols: Herrera (pênalti), aos 23' e Vágner Love, aos 44' (1° tempo); Loco Abreu, aos 26' (pênalti) (2° tempo).
Expulsões: Maldonado e Herrera, ambos no 2° tempo.
Obs.: Jefferson defendeu um pênalti aos 34' do 2° tempo, em cobrança de Adriano.

sábado, 17 de abril de 2010

Retrospecto das Conquistas do Botafogo no Basquetebol Adulto Feminino

pesquisa de Claudio Falcão

Abordei em postagens anteriores as campanhas do Glorioso nos campeonatos cariocas de 1955 e de 1960-1963, porém o Botafogo ainda teve outras importantes conquistas na citada categoria, as quais foram:

Campeonato Carioca de 1950: decidido numa melhor de três contra o C.R. Vasco da Gama, sagrando-se campeãs as atletas Nívea, Elice, Irany, Yvette, Yvone, Oswaldira, Romacild e Ana Maria, várias delas também praticantes de voleibol.

Copa Eugênia Borer de 1993: com a vitória de 54x52 sobre o Comary, a 25/07.

Campeonato Estadual de 1995: obtido com a vitória de 70x58 contra o CEE/SESI/Nova Friburgo, a 10/12.

Copa Eugênia Borer de 1996: através da vitória de 48x46 sobre o Automóvel Clube Fluminense, a 23/06.

Campeonato Estadual de 2006: conquistado com as vitórias de 65x52 e 59x49 contra o Fluminense F.C. Na segunda partida das finais, atuaram e marcaram as jogadoras Alice (19), Tata (10), Helena (10), Josiane (8), Kelly (6), Patrícia Brunharo (4) e Andressa (2).

Segue uma relação com os principais títulos conquistados pelo nosso Basquetebol Adulto Feminino:

Campeonato Carioca/Estadual [8]: 1950, 1955, 1960-1961-1962-1963 (tetra), 1995, 2006.

Torneio de Apresentação do Rio de Janeiro (Torneio Início) [9]: 1950-1951 (bi), 1957, 1959, 1961-1962-1963-1964-1965 (penta).

Copa Eugênia Borer [2]: 1993, 1996.

[Fontes: O Futebol no Botafogo (1904-1950), por Alceu Mendes de Oliveira Castro, pág. 699; O Globo, de 26/07/1993; O Globo, de 11/12/1995; O Globo, de 24/06/1996; http://mundobotafogo.blogspot.com/2008/02/basquetebol-resultados-de-finais.html; ‘Grandes Clubes Brasileiros’ – Botafogo (1972).]

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Confrontos Botafogo F.R. x F.C. Barcelona

Súmulas: pesquisa de Pedro Varanda; texto: Claudio Falcão

No mais recente ranking de clubes da IFFHS (Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol), entidade reconhecida pela FIFA, e que foi divulgado a 5 de abril, o poderoso F.C. Barcelona (Espanha) aparece em 1° lugar. É uma lista que se baseia nos resultados das agremiações em competições nacionais e internacionais, de 1° de abril de 2009 a 31 de março de 2010. Pois justamente o Barcelona é o adversário do futebol europeu que o Botafogo enfrentou em mais ocasiões, em número de oito vezes, e sobre o qual o Glorioso leva pequena vantagem nesse confronto direto.

O resumo dessa disputa particular é o seguinte:
J – 8, V – 4, E – 1, D – 3, GP – 14, GC – 13, S – 1.

E os que mais marcaram contra o Barcelona foram Garrincha e Gérson, com 2 gols cada.

Seguem as súmulas dessas oito partidas:

BOTAFOGO 2 x 0 BARCELONA (ESP)
Data: 23 / 06 / 1956
Local: Estádio Las Corts (Barcelona)
Árbitro: sr. Arnal
Competição: Amistoso
Botafogo: Amaury, Thomé e Rubens Bimba; Orlando Maia, Bob e Juvenal; Garrincha, João Carlos, Alarcón, Wilson Moreira e Rodrigues. Técnico: Zezé Moreira
Barcelona: Ramallets, Seguer e Olmedo; Gracia, Bosch e Segarra; Basora, Villaverde, Martinez, Kubala e Tejada. Técnico: ?
Gols: João Carlos e Alarcón
Obs.: 1) Um tento do Barcelona foi anulado, pois Martinez estava impedido; 2) Jogo interrompido aos 25’ do 2° tempo, devido a um incidente entre Amaury e Kubala.
Fontes: Boletim do BFR, El Mundo Deportivo, Jornal do Brasil, O Dia e O Jornal

BOTAFOGO 0 x 3 BARCELONA (ESP)
Data: 04 / 07 / 1957
Local: Caracas (VEN)
Competição: Torneio de Caracas (Pequena Taça do Mundo)
Botafogo: Pereyra Natero, Beto, Domício (Thomé) e Nílton Santos; Pampolini e Nílson Santos (Mathias); Garrincha, Didi, Paulinho Valentim, Édison e Quarentinha.
Fontes: Boletim do BFR e Jornal dos Sports

BOTAFOGO 2 x 2 BARCELONA (ESP)
Data: 18 / 07 / 1957
Local: Estádio Olímpico de Caracas (VEN)
Árbitro: Isidro Capote
Competição: Torneio de Caracas (Pequena Taça do Mundo)
Botafogo: Amaury, Beto, Thomé e Nílton Santos; Pampolini e Mathias; Garrincha, Didi, Paulinho Valentim, Édison (Neyvaldo) e Quarentinha. Técnico: João Saldanha.
Barcelona: Ramallets, Olivella e Brugué; Segarra, Vergés e Gensana; Basora, Villaverde, Martínez, Evaristo e Tejada. Técnico: ?
Gols: Evaristo e Villaverde (1º tempo); Garrincha e Neyvaldo (2º tempo).
Obs.: O Botafogo recebeu o Troféu Instituto Nacional de Desportos, pelo 2º lugar.
Fontes: Boletim do BFR; El Mundo Deportivo; O Jornal, de 20-07 e Revista Botafogo, nº 229, de junho-julho/1977

BOTAFOGO 2 x 3 BARCELONA (ESP)
Data: 27 / 06 / 1961
Local: Valencia (ESP)
Competição: Troféu Naranja
Botafogo: Ernâni, Cacá, Zé Maria, Ayrton e Chicão; Pampolini e Didi (Édison); Garrincha, China (Amoroso), Amarildo e Neyvaldo.
Gols do Botafogo: Didi e Garrincha.
Fonte: Jornal dos Sports

BOTAFOGO 2 x 0 BARCELONA (ESP)
Data: 16 / 07 / 1964
Local: Monumental de Nuñez (Buenos Aires)
Árbitro: Miguel Comesana
Competição: Torneio Ibero-Americano (Quadrangular de Buenos Aires)
Botafogo: Manga, Joel, Paulistinha, Nílton Santos e Rildo; Élton e Gérson; Garrincha, Sicupira, Jairzinho e Zagallo. Técnico: Zoulo Rabello
Barcelona: Sadurni, Eladio, Olivella, Torrent e Gracia; Fusté e Pereda; Zaballa, Kocsis, Re e Seminario. Técnico: ?
Gols: Gérson, aos 14’ e Joel, aos 80’
Obs.: Botafogo, River Plate e Boca Juniors terminaram empatados na 1ª colocação, com 4 pontos ganhos (segundo ‘O Globo’ não houve campeão).
Fontes: Jornal dos Sports e O Globo

BOTAFOGO 3 x 2 BARCELONA (ESP)
Data: 31 / 01 / 1967
Local: Estádio Universitário (Caracas)
Árbitro: Rodolfo Isaia
Competição: Triangular de Caracas (Botafogo campeão)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Leônidas e Chiquinho Pastor; Afonsinho e Gérson; Paulo Cézar, Roberto, Aírton Beleza (Sicupira) e Edinho (Rogério). Técnico: Admildo Chirol
Barcelona: Reina, Benítez, Eladio, Müller e Olivella; Borrás e Fusté; Rife, Zaldúa (Pereda), Silva e Seminario (Zavalla). Técnico: Roque Olsen
Gols: Aírton Beleza, Gérson e Paulo Cézar para o Botafogo; Silva (2) para o Barcelona.
Fontes: O Globo e El Mundo Deportivo (de 02/02), Jornal do Brasil e Jornal dos Sports

BOTAFOGO 2 x 3 BARCELONA (ESP)
Data: 23 / 08 / 1978
Local: Barcelona (ESP)
Competição: Torneio Juan Gamper
Botafogo: Zé Carlos, Perivaldo, Osmar, Fred e Beto; Luizinho Rangel, Mendonça e Ademir Vicente (Wecsley); Gil, João Paulo (Cremílson) e Ricardo (Manfrini).
Gols do Botafogo: Osmar e Mendonça.
Fonte: El Mundo Deportivo (Espanha)

BOTAFOGO 1 x 0 BARCELONA (ESP)
Data: 13 / 08 / 1988
Local: Estádio Luís Sitjar (Palma de Mallorca)
Árbitro: Sánchez Arminio
Competição: Taça Cidade de Palma de Mallorca (Botafogo campeão)
Botafogo: Ricardo Cruz, Josimar, Wilson Gottardo, Mauro Galvão e Renato Martins; Luisinho, Vítor e Carlos Magno; Marinho, Mazolinha e Gilmar Popoca. Técnico: João Batista Carlos Pinheiro.
Barcelona: Zubizarreta, López Rekarte, Serna, Milla e Julio Alberto; Eusébio (Urbano), Roberto, Soler (Roura) e Carrasco; Salinas e Beguiristain. Técnico: Hendrik Johannes "Johan" Cruijff
Gol: Marinho.
Obs.: Apesar de ter sido expulso no jogo anterior, Luisinho teve condições de jogo (sua expulsão não foi por jogo violento). Já não foi o caso de Helinho, que também foi expulso no jogo anterior, mas não pôde atuar (jogo violento).
Fonte: Botafogo F.R. (Édson Bentes).

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Botafogo: Tetracampeão Carioca de Basquetebol Adulto Feminino em 1960-1963

pesquisa de Claudio Falcão

CAMPEONATO CARIOCA DE 1960
Campanha do campeão: Botafogo x América (40x19 e 49x23), Botafogo x Flamengo (41x25 e 46x32), Botafogo x Jacarepaguá (61x10 e 77x19), Botafogo x Olaria (43x29 e 91x9), Botafogo x Piedade (88x10 e 69x10), Botafogo x Valim (56x17 e 91x8), Botafogo x São Cristóvão (78x28 e 67x23), Botafogo x Fluminense (52x54, única derrota e 50x45). Melhor de três: Botafogo x Fluminense (50x33 e 43x41).
Resumo: J – 18, V – 17, D – 1, PP – 1.092, PC – 435, S – 657.

CAMPEONATO CARIOCA DE 1961
Campanha do bicampeão: Botafogo x América (52x14 e 86x29), Botafogo x Flamengo (51x29 e 67x43), Botafogo x Jacarepaguá (65x20 e 88x29), Botafogo x Olaria (71x42 e 54x32), Botafogo x Piedade (86x4 e 92x6), Botafogo x São Cristóvão (69x19 e 92x22) e Botafogo x Valim (85x21 e 89x16). Conquista invicta.
Resumo: J – 14, V – 14, PP – 1.047, PC – 326, S – 721.

CAMPEONATO CARIOCA DE 1962
Campanha do tricampeão: Botafogo x América (70x36 e 51x30), Botafogo x Flamengo (46x28 e 66x32), Botafogo x Jacarepaguá (85x29 e 86x14), Botafogo x Mackenzie (69x7 e 104x11), Botafogo x Olaria (39x22 e 60x33), Botafogo x São Cristóvão (70x24 e 95x24) e Botafogo x Valim (78x37 e 100x16). Conquista invicta.
Resumo: J – 14, V – 14, PP – 1.019, PC – 343, S – 676.

CAMPEONATO CARIOCA DE 1963
Campanha do tetracampeão:
Turno
12/07 – Botafogo 76x25 América F.C.
15/07 – Botafogo derrotou o Jacarepaguá T.C. por W.O.
19/07 – Botafogo 76x52 S.C. Mackenzie
22/07 – Botafogo 102x12 E.C. Valim
29/07 – Botafogo 78x27 São Cristóvão F.R.
02/08 – Botafogo 65x48 Olaria A.C.
09/08 – Botafogo 49x45 C.R. Flamengo
12/08 – Botafogo 70x35 C.R. Vasco da Gama

Returno
19/08 – Botafogo 107x10 C.R. Vasco da Gama
23/08 – Botafogo 48x31 Olaria A.C.
26/08 – Botafogo 57x32 S.C. Mackenzie
02/09 – Botafogo 85x24 Jacarepaguá T.C.
04/09 – Botafogo 84x23 E.C. Valim
06/09 – Botafogo 98x19 São Cristóvão F.R.
09/09 – Botafogo 69x20 América F.C.
19/09 – Botafogo 39x46 C.R. Flamengo

Melhor de três
26/09 – Botafogo 45x41 C.R. Flamengo – Local: Maracanãzinho
28/09 – Botafogo 36x40 C.R. Flamengo – Local: Maracanãzinho
29/09 – Botafogo 60x57 C.R. Flamengo (na prorrogação) – Local: Maracanãzinho

Resumo: J – 19, V – 17, D – 2, PP – 1.244, PC – 589, S – 655.



Atuaram e marcaram: Renate Lore Eva Müller (19 J e 240 P), Isaura Marly Gama Álvares (Marly) (19 J e 222 P), Lúcia Maria Borges (Luci) (19 J e 179 P), Eugênia Rindeika Borer (19 J e 120 P), Neuci Ramos da Silva (17 J e 350 P – cestinha da equipe), Dinimar Oliveira Sousa (17 J e 47 P), Hellé Haydée Lopes (9 J e 15 P), Martha Helga Kampmann (7 J e 58 P), Marina Campos de Mello (4 J e 10 P), Eunice Rondino (2 J), Maria Margarida de Oliveira, Rosa Maria de Almeida (Rosinha) e Rosa Maria de Oliveira Mendes (1 J).
Técnico: Charles de Macedo Borer.

Detalhes:
1 – Apenas três atletas estiveram presentes nas quatro campanhas citadas, sendo elas Eugênia (capitã da equipe e esposa do técnico Charles Borer), Luci e Neuci.
2 – Foram tricampeãs em 1961-62-63 as atletas Marly, Martha e Renate, todas egressas do Fluminense, vindas para o Botafogo quando o Tricolor extinguiu a sua sessão de basquetebol feminino.
3 – Também foram tricampeãs, estas em 1960-61-62, as jogadoras Valdéa Coutinho Mendes e Vilma Regina Gantert.
4 – Dentre outras, foram bicampeãs a consagrada atleta Marlene José Bento (1960-61), que se transferiu para São Paulo e Hellé (1962-63).

[Fonte: Revista Botafogo, n° 204, de novembro/1963.]

sábado, 10 de abril de 2010

Basquetebol Feminino: Campeão Carioca Adulto de 1955

pesquisa de Claudio Falcão

Campanha invicta do Botafogo:

Turno
24/08 – Botafogo 84 x 8 Sampaio A.C.
31/08 – Botafogo 53 x 47 Fluminense F.C.
14/09 – Botafogo 47 x 43 C.R. Flamengo (na prorrogação, após 35 x 35 no tempo normal)
21/09 – Botafogo 56 x 31 América F.C.

Returno
29/10 – Botafogo 124 x 12 Sampaio A.C.
31/10 – Botafogo 70 x 36 América F.C.
14/11 – Botafogo 57 x 44 C.R. Flamengo
17/11 – Botafogo 49 x 46 Fluminense F.C.

Resumo: J – 8; V – 8; PP – 540; PC – 267; S – 273.



Atuaram e marcaram: Marlene José Bento (8 J e 151 P), Neucy Ramos da Silva (8 J e 105 P), Wilma Souza Silveira (8 J e 89 P), Eugênia Rindeika (8 J e 76 P), Yvone de Araújo Santos (7 J e 87 P), Laís Gomes Mourão (6 J e 17 P), Aymara de Paula (5 J e 7 P), Dircy de Figueiredo (3 J e 6 P), Joana Rindeika (3 J e 2 P), Margarida Teresa Nunes Leite (1 J e 0 P) e Rachel Obadia (1 J e 0 P).

Técnico campeão: Charles de Macedo Borer.

[Fonte: Revista Botafogo, nº 109 e nº 110, de novembro e dezembro/1955.]

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Torcida Botafoguense: Sempre um Espetáculo

pesquisa de Claudio Falcão

Estimulado por Caíque Lacerda, editor do blog Bandeiras Botafoguenses, comecei a revirar meu acervo de revistas do Clube, à procura de imagens de nossa torcida em diferentes épocas. Creio que essa busca foi bem sucedida, visto que localizei flagrantes desde 1948 até 1984, com a mesma marcando presença em General Severiano, Maracanã e até mesmo em Marechal Hermes. O leitor poderá verificar que algumas dessas imagens já foram divulgadas recentemente pelo Caíque no seu blog, mas não resisti à tentação de exibi-las todas aqui em uma só postagem.

Deliciem-se então com esse maravilhoso visual, de belas recordações...

General Severiano - 1948: Botafogo 3x1 Vasco da Gama

Maracanã - 1957: Botafogo 6x2 Fluminense

Pelas ruas de Botafogo, comemorando algumas das conquistas
de 1962: Campeão Carioca de Futebol, Remo e Aeromodelismo

Maracanã - 1968

Maracanã - Anos 70: COM O GLORIOSO PARA OUTRAS GLÓRIAS

Lotando Marechal Hermes - 1984

Maravilhoso visual da torcida no Maracanã - 1984

Nota: Todas as imagens foram digitalizadas a partir de exemplares da revista Botafogo, Boletim Informativo do Botafogo de Futebol e Regatas.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Botafogo Campeão Carioca de Basquetebol Adulto Masculino de 1947

pesquisa de Claudio Falcão

Após o tetracampeonato em 1942-1945, recuperava o Botafogo em 1947 o título de campeão carioca que ficara nas mãos do Vasco da Gama em 1946.

Os clubes participantes foram divididos em duas ‘chaves’, classificando-se para a disputa final os dois primeiros colocados de cada chave.


Campanha do Alvinegro:

Turno:
(03/10) – Botafogo 36x25 Clube dos Aliados
(08/10) – Botafogo 60x34 Sampaio A.C.
(22/10) – Botafogo 34x35 Tijuca T.C. (única derrota)
(27/10) – Botafogo 33x21 Riachuelo T.C.
(04/11) – Botafogo 50x36 Grajaú
(07/11) – Botafogo 51x26 S.C. Minerva

Returno:
(21/11) – Botafogo 68x22 Clube dos Aliados
(27/11) – Botafogo 39x19 Sampaio A.C.
(08/12) – Botafogo 44x42 Tijuca T.C.
(15/12) – Botafogo 47x34 Riachuelo T.C.
(23/12) – Botafogo 44x39 Grajaú
(05/01/48) – Botafogo venceu o S.C. Minerva por W.O.

Disputa Final:
(20/01/48) – Botafogo 45x32 C.R. Vasco da Gama – Local: Quadra do Grajaú
(23/01/48) – Botafogo 40x35 Fluminense F.C. – Local: Quadra do Grajaú
(27/01/48) – Botafogo 28x23 Tijuca T.C. – Local: Quadra do Grajaú

Resumo: J – 15, V – 14, D – 1, PP – 619, PC – 423, S – 196.

Participaram da campanha:
Afonso de Azevedo Évora (15 J, 153 P), Guilherme Rodrigues (15 J, 126 P), Hélio Andrade (14 J, 122 P), Thales Freire (11 J, 80 P), Ardelim Pinto (10 J, 20 P), Sebastião Alonso (9 J, 27 P), Hermes Kroehne (7 J, 24 P), Aires Tovar Bicudo (6 J, 16 P), Oscar Vasconcelos (6 J, 8 P), Heitor de Lima e Silva (4 J, 13 P), Renato Goulart Pereira (3 J, 13 P), Marcos de Almeida Andrade (3 J, 7 P), Ítalo Imbroisi (1 J, 4 P), Leon Lara de Araújo (1 J, 2 P), Alberto Damásio de Sá (1 J, 2 P) e Ariel Léo Rosemberg (1 J, 0 P).

Técnico: Togo Renan Soares, o ‘Kanela’.

[Fonte: Revista Botafogo, n° 66, de março/1948.]

sábado, 3 de abril de 2010

Alguns Troféus conquistados pelo Botafogo no Futebol

pesquisa de Pedro Varanda e Claudio Falcão

04/08/1906 - 2 x 1 Seleção Paulista. Troféu Bronze Elihu Root (São Paulo).
15/08/1910 - 7 x 2 A. A. Palmeiras (SP). Troféu Interestadual (São Paulo).
13/11/1910 - 5 x 1 São Cristóvão (RJ). Taça Prefeitura (Rio de Janeiro). 
01/05/1914 - 1 x 0 São Cristóvão (RJ). Copa Oscar Machado (Rio de Janeiro).
15/11/1916 - 7 x 2 América (RJ). Taça Patrono de Menores de S. João Batista da Lagoa (Rio de Janeiro).
17/12/1916 - 2 x 1 Bangu (RJ). Taça Gargeol - 2º lugar do Estadual (Rio de Janeiro).
29/04/1917 - 2 x 1 Fluminense (RJ). Taça Ypiranga (Rio de Janeiro).
29/07/1917 - 2 x 0 América (RJ). Troféu Federação Brasileira de Remo (Rio de Janeiro).
15/11/1917 - 1 x 0 Couraçado Moreno (ARG). Taça Liga Esperantista (Rio de Janeiro).
27/01/1918 - 2 x 2 São Cristóvão (RJ). Taça Pedro Annes (Rio de Janeiro).
26/01/1919 - 6 x 1 Sport Recife (PE). Taça Inauguração do Estádio (Recife).
02/02/1919 - 2 x 0 América (PE). Taça Bronze Cidade de Recife (Recife).
17/02/1919 - 7 x 1 Seleção Bahiana. Taça Liga Bahiana (Salvador).
06/04/1919 - 3 x 2 São Cristóvão (RJ). Taça Gargeol - 2º lugar do Estadual de 1918 (Rio de Janeiro).
21/04/1919 - 5 x 3 América (RJ). Taça Curato Santa Theresa (Rio de Janeiro).
11/10/1919 - 5 x 3 C. Renown (ING). Taça Commandante Armando Burlamaqui (Rio de Janeiro).
15/11/1919 - 7 x 2 América (MG). Taça Centro Mineiro (Rio de Janeiro).
25/04/1920 - 5 x 0 Byron (RJ). Taça Alfredo Eubanck (Niterói).
03/05/1923 - 2 x 1 Syrio (SP) . Troféu Bronze Nagib David (Rio de Janeiro).
07/09/1924 - 2 x 2 América (RJ). Taça D. Cinira de Oliveira (Rio de Janeiro).
04/01/1925 - 0 x 0 Palestra Itália (SP). Taça Miguel de Pino Machado (Rio de Janeiro).
11/07/1926 - 2 x 1 Internacional (SP). Troféu Companhia Castellões e Zanotta (São Paulo).
11/07/1926 - 2 x 1 Internacional (SP). Troféu Companhia Lorenzi (São Paulo).
26/12/1926 - W.O. Ypiranga, de Niterói (RJ). Taça Deputado Federal Antônio Máximo Nogueira Penido (Rio de Janeiro).
01/12/1927 - 3 x 1 Combinado Paysandu / Remo / União Sportiva (PA). Taça Minerva (Belém).
04/12/1927 - 6 x 2 Paysandu (PA). Taça Dr. Paulo Azeredo (Belém).
08/12/1927 - 3 x 1 União Esportiva (PA). Taça Dr. Crespo Castro (Belém).
11/12/1927 - 2 x 0 Combinado Paraense (PA). Taça Dr. Dionysio Bentes (Belém).
25/12/1927 - 4 x 0 Torre (PE). Taça Chefe de Polícia Dr. Eurico de Souza Leão (Recife).
29/12/1927 - 1 x 0 Santa Cruz (PE). Taça Prefeito Municipal (Recife).
01/01/1928 - 5 x 1 Sport (PE). Troféu Bronze Sport Club do Recife (Recife). 
10/03/1929 - 3 x 2 Palestra Itália (SP). Taça Estádio Parque Antarctica (São Paulo).
30/03/1930 - 3 x 2 Sport Club-JF (MG). Taça Presidente Antônio Carlos (Juiz de Fora). 
13/04/1930 - 2 x 1 Britânia (PR). Taça Bancada Paranaense (Curitiba).
17/05/1931 - 2 x 0 Comercial (SP). Taça Novo Mundo (Ribeirão Preto).
08/11/1931 - 4 x 0 Americano (RJ). Taça Cidade de Campos (Campos).
12/03/1933 - 2 x 1 Seleção da AMEA "B" (RJ). Taça Almirante Protógenes (Rio de Janeiro).
06/06/1935 - 2 x 1 Vasco (RJ). Taça Volantes Portugueses (Rio de Janeiro).
30/10/1935 - 4 x 3 Bahia (BA). Taça Juracy Magalhães (Salvador).
16/02/1941 - 7 x 4 España (MÉX). Copa Burgos (Cidade do México).
15/01/1942 - 3 x 1 Bahia (BA). Taça Prefeito Dr. Durval Neves da Rocha (Salvador).
11/04/1948 - 3 x 1 Litoral (BOL). Taça Luis Martin Rivas (La Paz).
15/04/1951 - 3 x 1 Fluminense (RJ). Taça Companhia Siderúrgica Nacional (Volta Redonda).
25/06/1951 - 4 x 1 Guarany de Bagé (RS). Taça Martim Mércio Silveira (Bagé).
31/01/1952 - 6 x 1 Figueirense (SC). Taça Popularidade (Florianópolis).
31/01/1952 - 6 x 1 Figueirense (SC). Taça Governador Irineu Bornhausen (Florianópolis).
25/05/1952 - 3 x 1 Olimpia (PAR). Troféu Embaixador do Brasil (Assunção).
29/07/1952 - 0 x 0 Real Madrid (ESP). Troféu do 2º lugar na Pequena Taça do Mundo (Caracas).
11/02/1953 - 2 x 2 Colo Colo (CHI). Copa Intendência Municipal (Troféu do 2º lugar na Copa Montevidéu) (Montevidéu).
31/07/1954 - 2 x 1 Atlético Nacional (COL). Troféu Brasil-Colômbia (Medellín).
10/08/1954 - 2 x 0 Quindío (COL). Taça Alcaide Rafael León Larrea (Quito).
05/06/1955 - 2 x 2 Real Murcia (ESP). Copa Caritas de Futebol (Murcia).
13/05/1956 - 4 x 3 Córdoba (ESP). Taça Cidade de Córdoba (Córdoba).
14/10/1956 - 5 x 1 Olimpic (MG). Troféu Dr. Paulo Azeredo (Barbacena).
18/07/1957 - 2 x 2 Barcelona (ESP). Troféu Instituto Nacional de Desportos (Caracas).
26/01/1958 - 4 x 0 Farquiteño (EL SAL). Copa Hoteles Astoria (San Salvador).
02/02/1958 - 1 x 1 Independiente (ARG). Copa Embaixador do Brasil (San Salvador).
22/06/1958 - 7 x 0 Seleção de Saquarema (RJ). Troféu Cidade de Saquarema (Saquarema).
13/07/1958 - 2 x 1 Fluminense (RJ). Taça Vicente Feola (Rio de Janeiro).
19/02/1961 - 5 x 0 Combinado de Quito (EQU). Troféu Embaixador do Brasil (Quito).
07/09/1961 - 6 x 2 Estrela do Norte (ES). Taça Capitão Válter Paiva (Cachoeiro de Itapemirim).
13/01/1962 - 3 x 2 Colo Colo (CHI). Troféu Alonso Hijos – 2° lugar (Quadrangular de Santiago).
15/12/1962 - 3 x 0 Flamengo (RJ). Taça Líder (Rio de Janeiro).
15/06/1963 - 0 (4) x 0 (1) Vojvodina (IUG). Taça Firenze - 3º lugar (Torneio de Florença).
12/09/1965 - 3 x 2 Seleção Mineira. Troféu Inauguração do Mineirão (Belo Horizonte).
19/01/1967 - 2 x 0 Universitário (PER). Taça Cidade de Lima, 432º Aniversário de Lima.
14/03/1967 - 2 x 1 Bangu (RJ). Troféu Marechal Artur da Costa e Silva (Brasília).
17/12/1967 - 2 x 1 Bangu (RJ). Taça Rádio Globo 23 Anos (Rio de Janeiro).
09/06/1968 - 4 x 0 Vasco da Gama (RJ). Taça Organizações Globo (Rio de Janeiro).
09/06/1968 - 4 x 0 Vasco da Gama (RJ). Troféu 38º Aniversário do Diário de Notícias (Rio de Janeiro).
24/08/1968 - 1 x 0 Seleção Argentina. Taça Dr. Julio Bustamante (Caracas).
27/08/1968 - 2 x 0 Benfica (POR). Taça Oldemario Ramos (Caracas).
01/12/1968 - 3 x 2 Santos (SP). Taça Petrobol, oferecida pela PETROBRAS (Rio de Janeiro). 
06/10/1970 - 3 x 1 Alianza Lima (PER). Troféu Alcaide Dr. José M. Rodríguez Arnaiz (Lima).
14/03/1971 - 2 x 0 Flamengo (RJ). Troféu Embaixador Negrão de Lima (Rio de Janeiro).
06/04/1971 - 4 x 2 Vasco (RJ). Taça Trinta e Um de Março (Rio de Janeiro).
10/06/1971 - 3 x 2 Olaria (RJ). Taça Chagas Freitas (Rio de Janeiro).
05/09/1971 - 1 x 0 Bahia (BA). Taça Independência do Brasil (Salvador).
26/09/1971 - 0 x 0 Fluminense (RJ). Taça CETRAN-GB (Rio de Janeiro).
27/08/1972 - 4 x 2 Bayern München (ALE). Troféu Ramón de Carranza (pequena réplica), 3° lugar (Cádiz).
30/09/1973 - 1 x 0 São Paulo (SP). Taça DETRAN-GB (Rio de Janeiro).
31/01/1976 - 4 x 0 Seleção de Juiz de Fora (MG). Taça Cinquentenário da Rádio Sociedade de Juiz de Fora (Juiz de Fora).
01/06/1976 - 1 (3) x 1 (1) Ceub (DF). Troféu Professor Alberto Peres (Brasília).
18/07/1976 - 1 x 0 Goytacaz (RJ). Troféu Equipe J. Saleme de Esportes (Campos dos Goytacazes). 
27/03/1977 - 2 x 0 Fluminense (RJ). Troféu José Carlos Pace (Rio de Janeiro).
25/07/1979 - 4 x 0 Seleção Juvenil do Uruguai. Troféu Adhemar Bebiano (Rio de Janeiro).
20/01/1982 - 5 x 1 Seleção de Ubá (MG). Troféu Xisto Toniato (Ubá).
25/08/1982 - 1 x 0 Guarani (MG). Troféu Mané Garrincha (Divinópolis).
26/06/1983 - 4 x 0 Combinado de Barbacena (MG). Troféu Mané Garrincha - Alegria do Povo (Barbacena). 
30/05/1985 - 0 (4) x 0 (1) Bahia (BA). Troféu Governador de Rondônia (Porto Velho).
29/06/1985 - 2 x 1 Colatina (ES). Troféu Tadeu Gilbert (Colatina).
13/05/1986 - 2 x 1 Sobradinho (DF). Troféu Governador José Aparecido (Sobradinho).
24/08/1986 - 1 x 0 Sporting (POR). Troféu Ramón de Carranza (pequena réplica), 3º lugar (Cádiz).
12/03/1989 - 0 x 0 Vasco (RJ). Taça Nílton dos Santos (Rio de Janeiro).
21/06/1989 - 1 x 0 Flamengo (RJ). Troféu Fundação Rio Esportes (Rio de Janeiro).
21/06/1989 - 1 x 0 Flamengo (RJ). Troféu Cidade de Nova Friburgo (Rio de Janeiro).
29/07/1990 - 1 x 0 Vasco (RJ). Taça Rádio Nova Friburgo (Rio de Janeiro).
30/09/1990 - 1 x 0 Flamengo (RJ). Troféu Gérson de Oliveira Nunes (Rio de Janeiro).
30/09/1990 - 1 x 0 Flamengo (RJ). Troféu Radialista Waldir Amaral (Rio de Janeiro).
05/08/1991 - 1 x 0 Leeds United (ING). Supercopa Xerox, uma “Linda Gueixa” (Tóquio).
15/03/1992 - 2 x 1 Fluminense (RJ). Troféu 61 (Sessenta e Um) Anos do Jornal dos Sports (Rio de Janeiro).
20/03/1994 - 1 x 1 Flamengo (RJ). Taça Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Rio de Janeiro).
29/02/1996 - 3 x 0 Madureira (RJ). Taça Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) (Rio de Janeiro).
27/07/1996 - 3 x 1 Cerezo Osaka (JAP). Copa Nippon Ham (Osaka).
30/03/1997 - Botafogo 1 x 0 Vasco (RJ). Troféu LBV (Legião da Boa Vontade) (Rio de Janeiro).
09/04/2006 - 3 x 1 Madureira (RJ). Troféu 100 (Cem) Anos de Campeonato Carioca (Rio de Janeiro).
30/06/2007 - 2 x 1 Fluminense (RJ). Troféu João Havelange (Rio de Janeiro).
15/07/2008 - 2 x 1 Vitória de Guimarães (POR). Troféu pelo 3° lugar na OBI Cup (Berna).

[Fontes: Botafogo F.R. (Boletins, Departamento de Futebol e 'O Futebol no Botafogo', de Alceu Mendes de Oliveira Castro - 1951), A Noite, A Província (de Recife), A Tarde (de Salvador), A Tribuna (de Niterói), Correio da Manhã, Correio do Povo (de Porto Alegre), Diário Fluminense (de Niterói), Diário da Noite, Diário de Notícias, Folha da Manhã (de São Paulo), Folha da Noite (de São Paulo), Folha de São Paulo, Gazeta de Notícias, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio, Jornal dos Sports, O Dia, O Estado (de Niterói), O Estado de São Paulo, O Globo, O Imparcial, O Jornal, O Paiz, Rádios Globo, Nacional, Tamoio e Tupi, Revistas Botafogo, nº 229, de junho/julho de 1977 e nº 250, de 1996, Tribuna da Imprensa e Última Hora.]

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Basquetebol Masculino: Tetracampeão Carioca Adulto em 1942-1945

pesquisa de Claudio Falcão

CAMPEONATO CARIOCA DE 1942


Essa maravilhosa série iniciou-se em 1942, quando o Alvinegro disputou 20 jogos, com 18 vitórias e 2 derrotas, além de uma vitória por W.O., tendo marcado 885 pontos e sofrido 592, o que constituiu um saldo de 293 pontos, sendo o nosso cestinha o atleta Guilherme, com 216 pontos.

Campanha:
Fase de classificação: Botafogo 39x28 Vasco da Gama, Botafogo 33x29 América, Botafogo 67x16 Clube dos Aliados, Botafogo 37x34 Olímpico e Botafogo 29x31 Grajaú.
Fase final: Botafogo x Sampaio (53x11 e 71x12), Botafogo x Tijuca (35x18 e 54x28), Botafogo x Vasco da Gama (41x30 e 39x34), Botafogo x América (43x42 e 42x34), Botafogo x Riachuelo (37x35 e 30x29), Botafogo x Grajaú (40x31 e 40x35), Botafogo x Carioca (53x28 e W.O.) e Botafogo x Fluminense (47x51 e 49x36).

Foi vice-campeão o Fluminense, colocando-se em 3° lugar, empatados, América, Riachuelo e Vasco da Gama.

A FMB considerou campeões apenas os atletas que disputaram pelo menos 50% do total de partidas, e que foram: Guilherme (20 J e 216 P), Ítalo (19 J e 206 P), Goulart (16 J e 87 P), Pavão (14 J e 50 P), China (14 J e 41 P), Paulo César (12 J e 79 P), Clício (12 J e 63 P) e Marcos (11 J e 90 P). Também participaram da campanha: Mickey (9 J e 17 P), De Vicenzi (3 J e 17 P), Albano (2 J e 6 P), Walter (2 J e 5 P), Teté (2 J e 5 P), Ivan Severo (1 J e 1 P), Cândido (1 J e 1 P), Tovar (1 J e 1 P), Samuel (1 J e 0 P) e Amaury (1 J e 0 P).

Fonte: Revista Botafogo, n° 22, de fevereiro/1943.

CAMPEONATO CARIOCA DE 1943 (O Bicampeonato)


Já em 1943 o Botafogo disputou 28 partidas, com 27 vitórias e 1 derrota, além de 2 vitórias por W.O. Marcou 1.219 pontos, sofrendo 645, o que nos conferiu um saldo de 574 pontos, sendo o nosso cestinha, mais uma vez, o jogador Guilherme, com 268 pontos.

Campanha do bicampeão: Botafogo x Grajaú (41x22 e 34x22), Botafogo x Clube dos Aliados (47x13 e 37x23), Botafogo x Carioca (67x24 e 37x24), Botafogo x Olímpico (52x21 e 62x26), Botafogo x Flamengo (38x20 e 45x25), Botafogo x Atlética (44x28 e 60x23), Botafogo x Sampaio (62x25 e 41x30), Botafogo x Tijuca (28x20 e 29x27), Botafogo x Fluminense (32x29 e 37x25), Botafogo x Riachuelo (21x26 e 31x22), Botafogo x Bonsucesso (78x10 e 58x26), Botafogo x América (40x35 e 50x25), Botafogo x São Cristóvão (26x12 e W.O.), Botafogo x Mackenzie (W.O. e 69x18) e Botafogo x Vasco da Gama (26x18 e 27x26).

Participaram da campanha os seguintes jogadores: Afonso de Azevedo Évora, Clício da Silva Duarte, Guilherme Rodrigues, Hermes Kroehne, Ítalo Imbroisi, Marcos de Andrade, Nélson G. Collart, Oscar Zelaya, Paulo César Magalhães, Raul Henrique de Castro e Silva De Vicenzi e Renato Goulart.

Foram os maiores encestadores do Glorioso: Guilherme Rodrigues (28 J e 268 P), Ítalo Imbroisi (158 P), Oscar Zelaya (157 P), Afonso Évora (122 P), Marcos (107 P), Raul De Vicenzi (76 P), Goulart (69 P), além de outros com menor número de pontos.

Ressalte-se que Guilherme foi o único de nossos atletas a participar de todas as partidas da campanha do bicampeonato.

Fonte: Revista Botafogo, n° 33, de fevereiro de 1944.

CAMPEONATO CARIOCA DE 1944 (O Tricampeonato)

Em 1944 o tricampeonato foi garantido antecipadamente em 03/11, com a derrota do Riachuelo T.C., que ainda tinha partidas adiadas a jogar, para o Fluminense.

Em 10/11 o Botafogo, em seu penúltimo compromisso, derrotou na quadra da Av. Princesa Isabel (Leme) o Flamengo por 56x30. Atuaram e marcaram: Botafogo – De Vicenzi (12), Clício (4) [Paulo César (6)], Hermes (7) [Ítalo (6)], Guilherme (8) e Évora (13); Flamengo – Armando (5), Ádamo (2), Hélio (5), Jairo (4), Lenk (8) e Zé Carlos (6).

Em 17/11 o Alvinegro concluiu sua participação derrotando o Riachuelo por 44x38, também na quadra da Av. Princesa Isabel. Jogaram e pontuaram: Botafogo – Clício (6), De Vicenzi (3), Évora (10), Guilherme (17), Hermes (8) e Ítalo; Riachuelo – Chico (6), Ademar (16), Floriano (2), Gustavo (6), Sapinho (2), Zé Alves (5) e Ly (1).

Botafogo, tricampeão carioca de basquetebol, com 15 vitórias e 1 derrota (para o Riachuelo, na partida do turno); vice-campeão, o Fluminense, com 12 vitórias e 4 derrotas; 3° lugar, o Riachuelo, com 11 vitórias e 5 derrotas.

Fontes: Jornal dos Sports, de 07, 11 e 18/11/1944 e Revista Botafogo, nº 42, de dezembro/1944.

CAMPEONATO CARIOCA DE 1945 (O Tetracampeonato)

Campanha:
Botafogo x Tijuca - 49x47 e 35x30
Botafogo x América - 42x33 e 42x32
Botafogo x Sampaio - 35x30 e 33x8
Botafogo x Flamengo - 36x30 e 31x25
Botafogo x Vasco da Gama - 26x35 e 46x30
Botafogo x Aliados - 59x28 e 48x17
Botafogo x Riachuelo - 36x31 e 45x38
Botafogo x Carioca - 46x17 e 66x16

Em 1945 o penúltimo compromisso do Glorioso ocorreu a 04/12, na quadra da Rua Marechal Bittencourt (Riachuelo), quando superamos o Riachuelo por 45x38. Atuaram e marcaram: Botafogo – Goulart (2), Guilherme, Marcos (2), Hermes (16), Ralph (20), Évora (5), Clício, Paulo César e Mickey; Riachuelo – P. Arraia (6), Gustavo (5), Ademar (5), Floriano (10), J. Panno (5), Ly (4) e Picolé (3).

Em partida adiada, o Botafogo conquistou o título em 18/12, na quadra da Av. Princesa Isabel, ao derrotar a A.A. Carioca por 66x16. Jogaram e pontuaram: Botafogo – Évora (5), Guilherme (6), Goulart (6), Marcos (6), Ralph (17), Hermes (18), Mickey (8) e Paulo César; Carioca – Renato, Otávio (10), Haroldo, Cid (1), João (3), Célio (1) e Josino (1).

Botafogo, tetracampeão carioca de basquetebol, com 15 vitórias e 1 derrota; vice-campeão, o Vasco da Gama, com 14 vitórias e 2 derrotas; 3° lugar, empatados, América e Riachuelo, com 10 vitórias e 6 derrotas.

Técnico: Togo Renan Soares (Kanela).

Fontes: Jornal dos Sports, de 05 e 19/12/1945 e Revista Botafogo, nº 54, de janeiro/1946.