quarta-feira, 15 de junho de 2011

Participações do Botafogo na Copa Libertadores da América

pesquisa de Pedro Varanda; texto: Claudio Falcão

A propósito da realização das finais da Copa Libertadores de 2011, julgamos interessante publicar uma resenha das três participações do Botafogo nessa que é a mais importante competição entre clubes da América do Sul.

A primeira participação do Glorioso deu-se em 1963, devido ao 2º lugar na Taça Brasil de 1962 e beneficiado pelo fato de o Santos F.C. (campeão do certame brasileiro) ter conquistado também a Libertadores daquele ano, abrindo vaga para o vice-campeão da competição nacional. A segunda investida do Botafogo no certame continental deu-se em 1973, credenciado pelo 2º lugar obtido no Campeonato Brasileiro do ano anterior. E a terceira participação do Alvinegro carioca deu-se em 1996, pois em 1995 sagrou-se campeão brasileiro.

Mas vamos aos detalhes dessas três participações.

Copa Libertadores da América de 1963:

30/06 - 1 x 0 Alianza Lima-PER
BOTAFOGO 1 x 0 ALIANZA LIMA (PER)
Data: 30/06/1963
Local: Estádio Nacional, Lima
Renda: Cr$46 milhões (60 mil dólares)
Público: 42 mil pagantes
Árbitro: José Luiz Praddaude
Competição: Taça (Copa) Libertadores da América
Gol: Élton, aos 34’ do 1° tempo
Botafogo: Manga, Paulistinha, Nagel, Nílton Santos e Rildo; Élton e Zagallo; Garrincha (Jairzinho), Jair Bala, Amarildo e Othon. Técnico: Danilo Alvim
Alianza Lima: Bazán, Rivas e Vantuil; Gusman, Donaire e De La Vega; Tenemas, Segarra, León, Rostaing e Valle. Técnico: Jayme de Almeida, ex-CRF
Obs.: Estreia de Othon Valentim Filho e do Botafogo F.R. na Libertadores da América.
Fontes: Boletim do Botafogo F.R., Jornal do Brasil, O Globo e relatório da CBD

07/07 - 2 x 0 Millonarios-COL
BOTAFOGO 2 x 0 MILLONARIOS (COL)
Data: 07/07/1963
Local: Nemesio Camacho, Bogotá
Árbitro: Ruben Cabrera (PAR)
Competição: Taça (Copa) Libertadores da América
Gols: Antoninho, aos 39’ (1° tempo) e Arlindo, aos 7’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Nagel, Paulistinha e Rildo; Arlindo e Zagallo; Jairzinho, Antoninho, Amarildo e Jair Bala. Técnico: Danilo Alvim
Millonarios: Centurión, Castaño, Arango, Lombana e Díaz; Jamardo (Carlos Arango) e Romeiro; Benitez, Campillo, Gamboa e Pizarro. Técnico: Gabriel Ochoa Uribe
Obs.: 1) Amarildo, aos 27’, Jairzinho, aos 33’ e Arango, aos 39’ foram expulsos no 2° tempo; 2) Segundo o Jornal dos Sports, o segundo gol foi de Amarildo, aos 8’ do 2° tempo.
Fontes: El Tiempo (da Colômbia) e O Globo

24/07 - 2 x 1 Alianza Lima-PER (Maracanã), gols: Jairzinho e Nílton Santos.

31/07 - Seria realizado o jogo de volta contra o Millonarios-COL, mas como este já estava eliminado, preferiu pagar a multa à Sul-Americana (saiu mais barato) do que viajar para o Rio de Janeiro. Fonte: Jornal do Brasil. Segundo o Boletim do Botafogo, vitória por W.O.

22/08 - 1 x 1 Santos-SP (Pacaembu), gol: Jair Bala.

28/08 - 0 x 4 Santos-SP (Maracanã).

Resumo: 6 jogos, 4 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 6 gols pró e 6 contra.

Copa Libertadores da América de 1973:

17/02 - 2 x 3 Palmeiras-SP (Parque Antarctica), gols: Dirceu e Marinho Chagas.

24/02 - 3 x 2 Nacional-URU (Maracanã), gols: Marinho Chagas (2) e Jairzinho.

01/03 - 4 x 1 Peñarol-URU (Maracanã), gols: Roberto, Jairzinho, Fischer e Ferretti.

10/03 - 2 x 0 Palmeiras-SP (Maracanã), gols: Roberto (2).

14/03 - 2 x 2 Peñarol-URU (Estádio Centenário), gols: Marinho Chagas e Fischer.

17/03 - 2 x 1 Nacional-URU
BOTAFOGO 2 x 1 NACIONAL DE MONTEVIDÉU (URU)
Data: 17/03/1973
Local: Centenário, Montevidéu (URU)
Árbitro: Arturo Ithurralde (ARG)
Competição: Taça (Copa) Libertadores da América
Gols: Roberto, aos 45’ (1° tempo); Jairzinho, aos 30’ e Calcaterra, aos 37’ (2° tempo)
Botafogo: Wendell, Waltencir, Brito, Scala e Marinho Chagas; Nei Conceição, Carlos Roberto e Dirceu; Jairzinho, Fischer e Roberto (Ferretti). Técnico: Sebastião Leônidas
Nacional de Montevidéu: Manga, Ubiñas, Maznik, Bruñel e Blanco; Soria e Manero (Calcaterra); Cubillas, Abad, Esparrago, Mantegazza (Amarillo). Técnico: Washington Etchamendi
Fontes: Jornal dos Brasil, Jornal dos Sports e O Globo

29/03 - 2 x 1 Palmeiras-SP (Maracanã), gols: Luís Pereira (contra) e Jairzinho.


BOTAFOGO 2 x 1 PALMEIRAS
Data: 29/03/1973
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$841.801,50
Público: 88.690
Árbitro: Ramón Barreto
Competição: Taça (Copa) Libertadores da América
Gols: Luís Pereira (contra), aos 6’ (1° tempo); Ademir da Guia, aos 17’ e Jairzinho, aos 42’ (2° tempo)
Botafogo: Wendell, Waltencir, Brito, Scala e Marinho Chagas; Carlos Roberto, Nei Conceição e Dirceu; Zequinha (Ferretti), Roberto (Fischer) e Jairzinho. Técnico: Sebastião Leônidas
Palmeiras: Leão, João Carlos, Luís Pereira, Alfredo e Zeca; Zé Carlos (Dudu) e Ademir da Guia; Edu (Ronaldo), Leivinha, Fedato e Nei. Técnico: Osvaldo Brandão
Fonte: Jornal do Brasil

06/04 - 1 x 2 Colo Colo-CHI (Maracanã), gol: Ferretti.

26/04 - 2 x 3 Cerro Porteño-PAR (Estádio Puerto Sajonia), gols: Dirceu e Zequinha.

08/05 - 3 x 3 Colo Colo-CHI (Estádio Nacional), gols: Dirceu (2) e Fischer.

15/05 - 2 x 0 Cerro Porteño-PAR (Maracanã), gols: Dirceu e Fischer.

Resumo: 11 jogos, 6 vitórias, 2 empates, 3 derrotas, 25 gols pró e 18 contra.

Copa Libertadores da América de 1996:

13/03 - 0 x 3 Corinthians-SP (Pacaembu).

26/03 - 4 x 1 Universidad Católica-CHI
BOTAFOGO 4 x 1 UNIVERSIDAD CATÓLICA (CHI)
Data: 26/03/1996
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Árbitro: Paolo Borgossano
Competição: Taça (Copa) Libertadores da América
Gols: Dauri, aos 35’ (1° tempo); Caro, aos 8’, Túlio, aos 13’, Bentinho, aos 21’ e Túlio, de ‘calcanhar’, aos 45’ (2° tempo)
Botafogo: Wagner, Perivaldo (Moisés) (Silas), Wilson Gottardo, Gonçalves e Paulo Roberto Prestes; Jamir, Uidemar, Beto e Dauri (Mauricinho); Bentinho e Túlio. Técnico: Marinho Peres
Universidad Católica: Tapia, Rodrigo Gomez, Vasquez, Ardinam e Lepe; Lizama, Salinas (McNiven), Jorge Gomez e Ceballos (Caro); Catê e Rozental. Técnico: Manuel Pellegrini
Obs.: No último gol alvinegro, no finalzinho do jogo, depois de passar pelo goleiro, Túlio parou a bola na linha, ficou de costas para as redes, levantou a bola e tocou de calcanhar para dentro da meta. O lance causou polêmica e a revolta dos jogadores adversários. Mas, assim era o marqueteiro Túlio...
Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e Rede Globo

03/04 - 1 x 1 Corinthians-SP (Maracanã), gol: Dauri.

09/04 - 1 x 2 Universidad Católica-CHI (Estádio S. C. de Apoquino), gol: Bentinho.

12/04 - 1 x 2 Universidad-CHI (Estádio Nacional), gol: Jefferson.

19/04 - 3 x 1 Universidad-CHI
BOTAFOGO 3 x 1 UNIVERSIDAD (CHI)
Data: 19/04/1996
Local: São Januário, Rio de Janeiro
Árbitro: Gustavo Gallesio, do Uruguai
Competição: Taça Libertadores da América
Gols: Leo Rodríguez, aos 19’ e Dauri, aos 35’ (1° tempo); Bentinho (2), aos 2’ e 45’ (2° tempo)
Botafogo: Alex Guimarães, Jefferson, Wilson Gottardo, Gonçalves e Paulo Roberto Prestes; Uidemar, Jamir, Bentinho e Hugo (André Silva); Mauricinho (Moisés) e Dauri (Paulinho Andrade). Técnico: Ricardo Barreto
Universidad: Vargas, Castañeda, Fuentes, Traverso e Miguel Ponce; Musrri, Galdamés, Valencia (Mora) e Leo Rodríguez; Goldberg (Sánchez) e Marcelo Salas. Técnico: Miguel Angel Russo
Fontes: Botafogo F.R. e Jornal do Brasil

01/05 - 1 x 1 Grêmio-RS (Maracanã), gol: Jamir.

08/05 - 0 x 2 Grêmio-RS (Olímpico).

Resumo: 8 jogos, 2 vitórias, 2 empates, 4 derrotas, 11 gols pró e 13 contra.

TOTAL = 25 jogos, 12 vitórias, 5 empates, 8 derrotas, 42 gols pró e 37 contra.

6 comentários:

  1. Alvinegro acima de tudo! Luiz Fernandes(dlnandes@ig.com.br)

    ResponderExcluir
  2. Sem dúvida, Luiz Fernandes.

    Saudações Botafoguenses Campeãs!

    ResponderExcluir
  3. O Botafogo chegou a jogar com time reserva nas semi-finais da Libertadores de 1973;
    Já naquela época faltava visão aos dirigentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc está enganado meu caro, fui em todos os jogos e o Botafogo sempre jogou com força maxima, a não ser pelo ultimo jogo no maracanã contra o Cerro Portenho, pois ja estava eliminado, mesmo assim venceu por 2x0

      Excluir
  4. Respostas
    1. Para nós, sem dúvida, é mesmo.

      Saudações Botafoguenses Campeãs!

      Excluir