segunda-feira, 28 de maio de 2012

Botafogo Campeão da Spax Cup de Futebol Sub-19 de 2012

pesquisa de Claudio Falcão


O Botafogo sagrou-se na manhã desta segunda-feira campeão invicto da Spax Cup de Futebol Sub-19, ao derrotar na Alemanha a equipe do F.C. Schalke 04 por 1 a 0. Todas as partidas do torneio foram disputadas em dois tempos de 25 minutos. O técnico campeão foi Jair Ventura, filho de Jairzinho, o ‘Furacão’.

Esta foi a campanha dos rapazes do Glorioso:

Fase de classificação:
26/05 – Botafogo 1 x 0 TuS Ennepetal (ALE) – gol: Dedé
Equipe: Andrey, Gilberto, Kazu, Kerlyson e Maurício (William); Sidney, Dedé, Gegê e Giacomo (Vítor Diniz); Octavio (Ígor Barros) e Sassá.

27/05 – Botafogo 2 x 0 Spartak Moscou (RUS) – gols: Gegê (2)
Equipe: Andrey, Gilberto, Kazu, Kerlyson e Maurício; Sidney, Dedé, Gegê e Giacomo; Octavio (Vítor Diniz) e Sassá.

27/05 – Botafogo 0 x 0 Schalke 04 (ALE)
Equipe: Andrey, Andreazzi (Gilberto), Kazu, Kerlyson e Maurício (Octavio); William, Dedé, Ígor Otaviano e Giacomo; Vítor Diniz e Wallace.

Semifinal:
28/05 – Botafogo 1 x 0 Benfica (POR) – gol: Dedé
Equipe: Andrey, Gilberto, Kazu, Kerlyson e Maurício; Sidney, Dedé, Gegê e Giacomo (Ígor Otaviano); Octavio (Ígor Barros) e Sassá.

Final:
28/05 – Botafogo 1 x 0 Schalke 04 (ALE) – gol: Sassá
Equipe: Andrey, Gilberto, Kazu, Kerlyson e Maurício; Sidney, Dedé (Ígor Otaviano), Gegê (William) e Giacomo (Vítor Diniz); Octavio e Sassá.

Nota: O goleiro Andrey foi premiado como o melhor da posição no certame.

[Fonte: site oficial do Botafogo F.R.]

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Botafoguenses Famosos

compilado por Claudio Falcão

Beth Carvalho, a eterna 'enamorada do sambão'
(Foto: blog Vivo essa Paixão Botafogo)

Eis aqui uma relação com os nomes de alguns, somente alguns, torcedores famosos do Botafogo F.R., relacionados aos mundos artístico, literário, jornalístico e político.

Artistas:

ADRIANA ESTEVES
AGILDO RIBEIRO
AGNALDO THIMÓTEO
ANTÔNIO GRASSI
BETH CARVALHO
BIANCA COMPARATO
BUZA FERRAZ (fal. 03/04/2010)
CARLOS IMPERIAL (fal. 04/11/1992)
CAROL MACHADO
CÁSSIA KISS
CHICO CÉSAR
CHRIS COUTO
CID MOREIRA
CLÁUDIO MARZO
CLÁUDIO ZOLI
DANIEL ERTHAL
DIRA PAES
ED MOTTA
ÉDSON CELULARI
EDUARDO DUSEK
EMILINHA BORBA (fal. 03/10/2005)
EMÍLIO SANTIAGO
ERIKA MADER
FERNANDA MACHADO
FLÁVIA ALESSANDRA
GLÓRIA MENEZES
HÉLIO DE LA PEÑA
HELOÍSA HELENA (atriz) (fal. 19/06/1999)
HUMBERTO MARTINS
ISABELLA TAVIANI
JOANA BALAGUER
LÉO GANDELMAN
LUCIANA COUTINHO
LÚCIO MAURO
LUIZ FERNANDO GUIMARÃES
LUIZ NICOLAU
MAITÊ PROENÇA
MARCELO ADNET
MARCELO ANTONY
MARINA LIMA
MÁRIO FRIAS
MARISA MONTE
MAX LOPES (carnavalesco)
MICHAEL SULLIVAN
MURILO BENÍCIO
NANA GOUVÊA
OSWALDO SARGENTELLI (fal. 13/04/2002)
OTÁVIO AUGUSTO
PAULO SILVINO
QUINHO
RAFAEL ALMEIDA
REGINA CASÉ
RÉGIS CARDOSO (fal. 03/04/2005)
ROBERTO RIBEIRO (fal. 08/01/1996)
RONNIE VON
ROSAMARIA MURTINHO
SAMARA FILIPPO
SÉRGIO HONDJAKOFF
SIDNEY MAGAL
STEPAN NERCESSIAN
SUZANA PIRES
SUZANE CARVALHO
SYLVIO BACK (cineasta)
THIERRY FIGUEIRA
VÁLTER ALFAIATE (fal. 27/02/2010)
VICTOR BIGLIONE
VINÍCIUS CANTUÁRIA
VINÍCIUS DE MORAES (fal. 09/07/1980)
WAGNER MONTES
WALTER SALLES (cineasta)
WANDERLEY CARDOSO
ZECA PAGODINHO
ZÉLIA DUNCAN
ZÉ RENATO

Escritores e Jornalistas:

CARLOS EDUARDO NOVAES
FERNANDO SABINO (fal. 11/10/2004)
LÚCIO RANGEL (jornalista) (fal. 13/12/1979)
LUÍS FERNANDO VERÍSSIMO
MANECO MULLER (colunista) (fal. 06/12/2005)
OLAVO BILAC (fal. 28/12/1918)
PAULO MENDES CAMPOS (fal. 01/07/1991)
SANDRA MOREYRA (jornalista)

Jornalistas Esportivos:

ANTÔNIO MARIA FILHO
ARMANDO NOGUEIRA (fal. 29/03/2010)
ARTHUR DAPIEVE
CANOR SIMÕES COELHO (fal.)
CLÁUDIO MELLO E SOUZA (fal. 12/08/2011)
ERALDO LEITE
FERNANDO VANUCCI
GERALDO ROMUALDO DA SILVA
GUILHERME VAN DER LAARS
JOÃO SALDANHA (fal. 12/07/1990)
JOSÉ ANTONIO GERHEIN
LÉO BATISTA
LUIZ CARLOS SILVA
LUIZ MENDES (fal. 27/10/2011)
LUIZ PENIDO
MÁRCIO GUEDES
MARCOS PENIDO
MAURÍCIO TORRES
MAURO LEÃO
OCTAVIO GUEDES (editor do 'Extra') 
OLDEMÁRIO TOUGUINHÓ (fal. 20/01/2003)
RICARDO CARPENTER “FANTASMA” (fal.)
ROBERTO PORTO
SANDRO MOREYRA (fal. 29/08/1987)
SEBASTIÃO PEREIRA
TONY VENDRAMINI
WALDIR AMARAL (fal. 07/10/1997)
WALDIR LUIZ
WASHINGTON ROPE
ZECA MARQUES

Radialistas:

ALVES DE MELO (noticiarista)
ANA FLORES
BETO BRITO
FRANCISCO BARBOSA
JOÃO FERREIRA
MÁRIO ESTEVES
RÓBSON ALDIR
SIMONE MAGNO

Políticos:

AÉCIO NEVES
AGNELO QUEIROZ
BENEDITA DA SILVA
CÉSAR MAIA
HÉLIO LUZ
LUIZ FERNANDO “PEZÃO”
LUIZ HENRIQUE LIMA
MARCELLO ALENCAR
MARCELO CRIVELLA
MARCOS TAMOYO (fal. 07/04/1981)
MOREIRA FRANCO
NÉLSON CARNEIRO (fal. 06/02/1996)
RODRIGO MAIA
SATURNINO BRAGA
ZECA DO PT

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Histórico de Zagallo como Jogador do Botafogo

pesquisa de Pedro Varanda


Mário Jorge Lobo Zagallo nasceu em Maceió-AL em 09 de agosto de 1931. Seu passe foi adquirido pelo Botafogo ao C.R. Flamengo, em 11 de julho de 1958, pela quantia de Cr$100.000,00 (moeda da época), como foi noticiado pelo Jornal do Brasil de 12/07/1958.

Estreia de Zagallo pelo Botafogo:
BOTAFOGO 2 x 1 FLUMINENSE
Data: 13/07/1958
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$ 2.857.891,00
Público: 81.364
Árbitro: Alberto da Gama Malcher
Competição: Campeonato Carioca
Gols: Paulinho Valentim, aos 21’ e Quarentinha, aos 36’ (1° tempo); Mário, aos 31’ (2° tempo)
Botafogo: Ernâni, Cacá, Thomé, Servílio e Nílton Santos; Beto e Didi; Garrincha, Paulinho Valentim, Quarentinha e Zagallo. Técnico: João Saldanha
Fluminense: Castilho; Ivan, Roberto e Dodô; Telê e Clóvis; Almir, Jair Francisco, Waldo, Mário e Escurinho. Técnico: Sylvio Pirillo
Obs.: O Botafogo conquistou a Taça Vicente Feola.
Fonte: Jornal dos Sports

Derradeira partida de Zagallo no Botafogo:
BOTAFOGO 1 x 1 AMÉRICA
Data: 07/11/1965
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitro: Guálter Portela Filho
Assistentes: Joaquim Barreira e Válter Soares
Competição: Campeonato Carioca
Gols: Bianchini, de falta, aos 40’ e Alemão, de pênalti, aos 45’ (ambos no 1° tempo)
Botafogo: Cao, Joel, Zé Carlos, Carlos Alberto e Rildo; Marcos e Afonsinho; Jairzinho, Sicupira, Bianchini e Zagallo. Técnico: Daniel Pinto
América: Ari (Mauro), Luciano, Alemão, Leônidas e Eraldo; Amorim e Ica; Garrinchinha, Gaspar, Zezinho e Ramon. Técnico: Wilson Santos
Fonte: Última Hora

Retrospecto de Zagallo pelo Alvinegro:
Campeonato Carioca (1958 a 1965) – 100 jogos; 9 gols.
Torneio Rio-São Paulo (1959 a 1964) – 38 jogos; 1 gol.
Campeonato Brasileiro / Taça Brasil (1962 e 1963) – 7 jogos; 0 gol.
Taça Libertadores da América (1963) – 5 jogos; 0 gol.
Amistosos e Torneios (1958 a 1965) – 150 jogos; 12 gols.
TOTAL – 300 jogos; 22 gols.

Notas: 1) Zagallo disputou dois jogos pelo Campeonato Carioca de Aspirantes (Reservas), em 1959, totalizando 302 jogos pelo Alvinegro; 2) O mesmo não disputou o Torneio Rio-São Paulo e a Taça Guanabara de 1965.

Títulos de Zagallo pelo Glorioso:
Campeão Carioca de Aspirantes (1959), Bicampeão Carioca (1961-1962), Torneio Rio-São Paulo (1962 e 1964), Quadrangular de Bogotá (1960), Torneio Internacional da Costa Rica (1961), Pentagonal do México (1962), Torneio de Paris (1963), Taça Governador Magalhães Pinto (Belo Horizonte), Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol – La Paz e Quadrangular do Suriname (1964).

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Invencibilidades do Botafogo

pesquisa de Pedro Varanda

O Botafogo de Futebol e Regatas é co-recordista (segundo Léo Batista, da Rede Globo de Televisão) de invencibilidade em futebol no Brasil, juntamente com o Clube de Regatas do Flamengo, com 52 jogos sem perder durante dez meses, entre 21-09-1977 e 16-07-1978.

Essa invencibilidade permite ao Botafogo deter a invencibilidade absoluta de sequência de jogos em Campeonatos Brasileiros com 42 jogos invictos, 25 vitórias e 17 empates.

Em pé, da esquerda para a direita: Zé Carlos, Beto, Osmar, Wecsley, Renê e Rodrigues Neto;
agachados, na mesma ordem: Cremílson, Mendonça, Dé, Manfrini e Paulo Cézar (foto: Manchete Esportiva)

Eis os jogos e resultados que assinalam essa invencibilidade:
Campeonato Brasileiro (Copa Brasil) de 1977
0 x 0 Vila Nova (GO), 1 x 0 Brasília (DF), 3 x 1 Goiás (GO), 1 x 1 Goytacaz (RJ), 3 x 1 Atlético (PR), 3 x 0 Americano (RJ), 0 x 0 Vasco da Gama (RJ), 3 x 0 Londrina (PR), 1 x 0 Goiânia (GO), 2 x 2 Botafogo (SP), 1 x 1 Operário-CG (MS), 1 x 0 Fluminense (RJ), 3 x 1 CSA (AL), 0 x 0 Bahia (BA), 2 x 0 América (RN), 0 x 0 Atlético (MG), 3 x 0 Cruzeiro (MG), 3 x 1 Fast Club (AM).

Campeonato Brasileiro (Copa Brasil) de 1978
2 x 0 Itabuna (BA), 1 x 1 Bahia (BA), 5 x 1 Sergipe (SE), 1 x 0 Volta Redonda (RJ), 1 x 0 Ponte Preta (SP), 0 x 0 Vasco da Gama (RJ), 3 x 0 Vitória (BA), 1 x 0 Confiança (SE), 0 x 0 CSA (AL), 1 x 0 CRB (AL), 1 x 1 Guarani (SP), 2 x 0 América (RJ), 1 x 1 Flamengo (RJ), 2 x 2 Botafogo (SP), 2 x 1 Corinthians (SP), 0 x 0 Operário-CG (MS), 2 x 1 Sport Recife (PE), 3 x 0 Comercial (SP), 3 x 0 Juventude (RS), 1 x 1 Flamengo (RJ), 3 x 1 América (RJ), 0 x 0 Coritiba (PR), 1 x 1 Noroeste (SP), 2 x 1 Palmeiras (SP).

Coincidentemente, Renato Sá foi o ‘carrasco’ de Botafogo e Flamengo ao interromper a sequência de ambos em 52 jogos sem perder: primeiro, jogando pelo Grêmio, marcou dois gols na vitória de 3 a 0 contra o Botafogo; mais tarde, jogando pelo próprio Botafogo, fez o gol da vitória por 1 a 0 contra o Flamengo.

BOTAFOGO F.R. INVICTO 52 JOGOS:
21/09/1977 - Botafogo 1 x 1 Portuguesa-RJ (Camp. Carioca).
25/09/1977 - Botafogo 3 x 0 Olaria-RJ (Camp. Carioca).
09/10/1977 - Botafogo 3 x 0 Gama-DF (Amistoso).
16/10/1977 - Botafogo 0 x 0 Vila Nova-GO (Copa Brasil).
20/10/1977 - Botafogo 1 x 0 Brasília-DF (Copa Brasil).
23/10/1977 - Botafogo 3 x 1 Goiás-GO (Copa Brasil).
27/10/1977 - Botafogo 1 x 1 Goytacaz-RJ (Copa Brasil).
02/11/1977 - Botafogo 3 x 1 Atlético-PR (Copa Brasil).
09/11/1977 - Botafogo 3 x 0 Americano-RJ (Copa Brasil).
13/11/1977 - Botafogo 0 x 0 Vasco da Gama-RJ (Copa Brasil).
16/11/1977 - Botafogo 3 x 0 Londrina-PR (Copa Brasil).
23/11/1977 - Botafogo 1 x 0 Goiânia-GO (Copa Brasil).
04/12/1977 - Botafogo 2 x 2 Botafogo-SP (Copa Brasil).
07/12/1977 - Botafogo 1 x 1 Operário-MS (Copa Brasil).
11/12/1977 - Botafogo 1 x 0 Fluminense-RJ (Copa Brasil).
14/12/1977 - Botafogo 3 x 1 CSA-AL (Copa Brasil).
22/01/1978 - Botafogo 6 x 0 Hepacaré-SP (Amistoso).
29/01/1978 - Botafogo 0 x 0 Bahia-BA (Copa Brasil).
01/02/1978 - Botafogo 2 x 0 América-RN (Copa Brasil).
12/02/1978 - Botafogo 0 x 0 Atlético-MG (Copa Brasil).
19/02/1978 - Botafogo 3 x 0 Cruzeiro-MG (Copa Brasil).
22/02/1978 - Botafogo 3 x 1 Fast Club-AM (Copa Brasil).
02/03/1978 - Botafogo 3 x 1 Goiás-GO (Amistoso).
05/03/1978 - Botafogo 2 x 2 Uberlândia-MG (Amistoso).
09/03/1978 - Botafogo 0 x 0 Joinville-SC (Amistoso).
12/03/1978 - Botafogo 0 x 0 Comb. Paysandu, Remo e Tuna Luso (PA) (Amistoso).
17/03/1978 - Botafogo 1 x 0 Brasília-DF (Amistoso).
19/03/1978 - Botafogo 1 x 0 Gama-DF (Amistoso).
26/03/1978 - Botafogo 2 x 0 Itabuna-BA (Copa Brasil).
02/04/1978 - Botafogo 1 x 1 Bahia-BA (Copa Brasil).
06/04/1978 - Botafogo 5 x 1 Sergipe-SE (Copa Brasil).
09/04/1978 - Botafogo 1 x 0 Volta Redonda-RJ (Copa Brasil).
16/04/1978 - Botafogo 1 x 0 Ponte Preta-SP (Copa Brasil).
23/04/1978 - Botafogo 0 x 0 Vasco da Gama-RJ (Copa Brasil).
30/04/1978 - Botafogo 3 x 0 Vitória-BA (Copa Brasil).
03/05/1978 - Botafogo 1 x 0 Confiança-SE (Copa Brasil).
07/05/1978 - Botafogo 0 x 0 CSA-AL (Copa Brasil).
10/05/1978 - Botafogo 1 x 0 CRB-AL (Copa Brasil).
14/05/1978 - Botafogo 1 x 1 Guarani-SP (Copa Brasil).
21/05/1978 - Botafogo 2 x 0 América-RJ (Copa Brasil).
28/05/1978 - Botafogo 1 x 1 Flamengo-RJ (Copa Brasil).
04/06/1978 - Botafogo 2 x 2 Botafogo-SP (Copa Brasil).
10/06/1978 - Botafogo 2 x 1 Corinthians-SP (Copa Brasil).
13/06/1978 - Botafogo 0 x 0 Operário-MS (Copa Brasil).
17/06/1978 - Botafogo 2 x 1 Sport Recife-PE (Copa Brasil).
21/06/1978 - Botafogo 3 x 0 Comercial-SP (Copa Brasil).
24/06/1978 - Botafogo 3 x 0 Juventude-RS (Copa Brasil).
02/07/1978 - Botafogo 1 x 1 Flamengo-RJ (Copa Brasil).
06/07/1978 - Botafogo 3 x 1 América-RJ (Copa Brasil).
09/07/1978 - Botafogo 0 x 0 Coritiba-PR (Copa Brasil).
12/07/1978 - Botafogo 1 x 1 Noroeste-SP (Copa Brasil).
16/07/1978 - Botafogo 2 x 1 Palmeiras-SP (Copa Brasil).
1977-1978 – 52 jogos, 31 vitórias e 21 empates (fonte: Léo Batista, da Rede Globo).

OUTROS PERÍODOS DO BOTAFOGO F.R. INVICTO:

1988-1989 – 31 jogos, 18 vitórias e 13 empates.

1985 – 25 jogos, 18 vitórias e 7 empates.

2011-2012 – 24 jogos, 12 vitórias e 12 empates.

1996 – 22 jogos, 11 vitórias e 11 empates.

1960-1961 – 21 jogos, 18 vitórias e 3 empates.

1961 – 20 jogos, 14 vitórias e 6 empates.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Seleções de Botafoguenses com mais de Trezentos Jogos pelo Clube

pesquisa de Pedro Varanda

Numa época em que são celebrados os atletas que conseguem completar cem jogos por uma agremiação, a seguir o leitor poderá avaliar duas ‘seleções’ constituídas unicamente por jogadores que atuaram por mais de trezentas partidas pela equipe principal de futebol do Botafogo.

TIME A:

1. Manga – 1959 a 1968 – 442 jogos – 394 gols (sofridos)
4. Josimar – 1982 a 1989 – 305 jogos – 13 gols
2. Gérson dos Santos – 1945 a 1956 – 372 jogos – 2 gols
3. Wilson Gottardo – 1987 a 1990 e 1994 a 1996 – 354 jogos – 13 gols
6. Nílton Santos – 1948 a 1964 – 721 jogos – 11 gols
5. Carlos Roberto – 1967 a 1976 – 440 jogos – 15 gols
8. Didi – 1956 a 1959, 1960 a 1962 e 1964-1965 – 314 jogos – 116 gols
7. Garrincha – 1953 a 1965 – 611 jogos – 243 gols
9. Carvalho Leite – 1929 a 1942 – 303 jogos – 262 gols
10. Jairzinho – 1962 a 1974 e 1981 – 412 jogos – 187 gols
11. Quarentinha – 1954 a 1964 – 438 jogos – 298 gols
Técnico: Zagallo – 1967 a 1970, 1974-1975, 1978 e 1986 – 370 jogos

TIME B:

1. Wagner – 1993 a 2002 – 410 jogos – 507 gols (sofridos)
4. Waltencir – 1967 a 1976 – 453 jogos – 6 gols
2. Osmar – 1970 a 1979 – 387 jogos – 4 gols
3. Paulistinha – 1958 a 1969 – 315 jogos – 5 gols
6. Juvenal – 1946 a 1957 – 384 jogos – 13 gols
5. Pampolini – 1955 a 1962 – 347 jogos – 27 gols
8. Nei Conceição – 1966 a 1974 – 342 jogos – 13 gols
10. Mendonça – 1975 a 1982 – 336 jogos – 116 gols
11. Geninho – 1940 a 1954 – 425 jogos – 115 gols
7. Nílson Dias – 1970 a 1978 – 302 jogos – 127 gols
9. Roberto Miranda – 1962 a 1973 – 349 jogos – 153 gols
Técnico: João Saldanha – 1957 a 1959 – 160 jogos

Notas: 1) Não estão computados os jogos do Torneio Início e do Campeonato Carioca de aspirantes; 2) Zé Carlos (zagueiro), que atuou entre 1962 e 1970, disputou 314 jogos e não marcou gol; 3) Zagallo (ponta-esquerda), que atuou entre 1958 e 1965, disputou 300 jogos e marcou 22 gols; 4) O jogador Rildo (1961 a 1966 e 1972), com 298 jogos pelo primeiro time do Glorioso Botafogo F.R., chegou bem perto dos 300 jogos, sendo que se computarmos as outras categorias (juvenis e aspirantes), Rildo ultrapassou a marca dos 300 (trezentos).