quarta-feira, 26 de junho de 2013

Goleiros nos Títulos Oficiais conquistados pelo Botafogo

pesquisa de Claudio Falcão

O goleiro com o maior número
de títulos pelo Botafogo

Campeonato Carioca / Estadual
1907 – Álvaro Cordeiro da Rocha Werneck
1910 – Ernest Harold Coggin (também atuou Othon de Figueiredo Baena)
1912 – Álvaro Cordeiro da Rocha Werneck
1930 – Germano Boettcher Sobrinho
1932 – Victor ‘Gatinho’ – Victor Corrêa Gonçalves
1933 – Victor ‘Gatinho’ – Victor Corrêa Gonçalves
1934 – Victor ‘Gatinho’ – Victor Corrêa Gonçalves (também atuaram Roberto Gomes Pedrosa, Gaguinho – Carlos Moura Costa e Gustavo Henrique Ribeiro de Carvalho)
1935 – Alberto Lima dos Santos
1948 – Oswaldo ‘Baliza’ – Oswaldo Alfredo da Silva
1957 – Adalberto Leite Martins (também atuou Amaury Fonseca)
1961 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1962 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1967 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1968 – Cao – Luiz Carlos Pires de Queiroz (também atuou Manga)
1989 – Ricardo Cruz – Ricardo da Cruz Cerqueira (também atuou Gabriel da Conceição Vieira)
1990 – Ricardo Cruz – Ricardo da Cruz Cerqueira (também atuou Gabriel da Conceição Vieira)
1997 – Sebastião Wagner de Souza e Silva
2006 – Astolpho Júnio Lopes (também atuou Max – Maxlei dos Santos Luzia)
2010 – Jefferson de Oliveira Galvão (também atuou Renan dos Santos)
2013 – Jefferson de Oliveira Galvão (também atuou Renan dos Santos)

Copa dos Campeões Estaduais Rio-São Paulo
1931 – Roberto Gomes Pedrosa

Torneio Início
1934 – Germano Boettcher Sobrinho
1938 – Aymoré Moreira
1947 – Oswaldo ‘Baliza’ – Oswaldo Alfredo da Silva
1961 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1962 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1963 – Hélio Dias de Oliveira
1967 – Cao – Luiz Carlos Pires de Queiroz
1977 – Ubirajara da Silva Alcântara

Torneio Municipal
1951 – Arízio Marçal da Cruz (também atuou Ermelino Matarazzo)
1996 (Taça Cidade Maravilhosa) – Sebastião Wagner de Souza e Silva

Torneio Rio-São Paulo
1962 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1964 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1966 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1998 – Sebastião Wagner de Souza e Silva

Taça Guanabara (considerando apenas o período de competição independente)
1967 – Manga – Haílton Corrêa de Arruda
1968 – Cao – Luiz Carlos Pires de Queiroz

Taça Brasil / Campeonato Brasileiro
1968 (TB) – Cao – Luiz Carlos Pires de Queiroz (também atuou Ubirajara Gonçalves Motta)
1995 (CB) – Sebastião Wagner de Souza e Silva

Copa Conmebol
1993 – William ‘Bacana’ – William Martins Sampaio (também atuou Carlão – Carlos Gibowski)

[Fontes: O Futebol no Botafogo (1904-1950), de Alceu Mendes de Oliveira Castro, 1951; Campeonato Carioca – 96 Anos de História (1902-1997), de Roberto Assaf e Clóvis Martins, 1997 e http://www.rsssfbrasil.com/miscellaneous/hbotafogo.htm.]

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Supercopa Banco do Brasil de Voleibol Masculino

pesquisa de Claudio Falcão

Voleibol do Botafogo em Goiânia
(foto: site da CBV)

Transferida de Brasília (DF) para o Ginásio Rio Vermelho, em Goiânia (GO), foi realizada nos últimos dias a fase final da Supercopa Banco do Brasil de Voleibol Adulto Masculino.

A representação do Botafogo, de volta à disputa de uma competição nacional, classificou-se em terceiro lugar ao derrotar neste domingo a equipe do Vitória (BA) por 3 sets a 1.

Vejam os resultados:

19/06
Chave A – Unifor (CE) 3 x 2 Esmac (PA) (23x25, 30x32, 25x21, 27x25 e 15x4)
Chave B – Vitória (BA) 1 x 3 Chapecó (SC) (21x25, 18x25, 25x19 e 19x25)

20/06
Chave A – Botafogo (RJ) 3 x 0 Esmac (PA) (25x18, 25x21 e 25x19)
Chave B – Monte Cristo (GO) 1 x 3 Vitória (BA) (30x32, 27x25, 25x21 e 25x19)

21/06
Chave A – Unifor (CE) 3 x 1 Botafogo (RJ) (25x14, 23x25, 25x19 e 25x23)
Chave B – Monte Cristo (GO) 3 x 1 Chapecó (SC) (25x17, 19x25, 25x17 e 25x23)

22/06 – Semifinais:
Unifor (CE) 3 x 1 Vitória (BA) (21x25, 25x21, 25x14 e 25x15)
Monte Cristo (GO) 3 x 0 Botafogo (RJ) (25x18, 25x22 e 26x24)

23/06
Decisão do 3º lugar: Vitória (BA) 1 x 3 Botafogo (RJ) (21x25, 16x25, 25x22 e 17x25)
Final: Monte Cristo (GO) 3 x 0 Unifor (CE) (28x26, 25x23 e 25x19)

Classificação Final:
Campeão – Monte Cristo (GO)
Vice-campeão – Unifor (CE)
3º lugar – Botafogo (RJ)
4º lugar – Vitória (BA)

quinta-feira, 20 de junho de 2013

A Taça do Torneio Municipal

texto de Claudio Falcão

Há 62 anos o Botafogo conquistava o Torneio Municipal do Rio de Janeiro, fazendo jus à Taça Prefeitura do Distrito Federal.

Na postagem que fizemos sobre o tema, que o leitor poderá acessar em http://datafogo.blogspot.com.br/2010/06/botafogo-campeao-do-torneio-municipal.html, ficara faltando exatamente a imagem da taça então conquistada, a qual encontra-se em exposição no Salão de Troféus do Botafogo, lacuna que cobrimos agora.

domingo, 16 de junho de 2013

Os Goleiros que mais defenderam Pênaltis na História do Botafogo

pesquisa de Pedro Varanda


A liderança pertence a Jefferson de Oliveira Galvão, atual goleiro titular do Botafogo e representante do Alvinegro na seleção brasileira, ora em disputa da Copa das Confederações.

Segue a relação dos maiorais em defesas de pênaltis pelo Glorioso:

1º) JEFFERSON – DEFENDEU TREZE COBRANÇAS DE PÊNALTIS

BOTAFOGO 1 x 1 PONTE PRETA (SP)
Data – 29/09/2004
Local – Moisés Lucarelli (Campinas)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu o pênalti batido por Lindomar.

BOTAFOGO 0 x 4 FLUMINENSE (RJ)
Data – 13/03/2005
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu o pênalti batido por Juninho.

BOTAFOGO 2 x 1 MADUREIRA (RJ)
Data – 19/03/2005
Local – Conselheiro Galvão (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu o pênalti batido por Sorato.

BOTAFOGO 1 x 0 SANTA CRUZ (PE)
Data – 17/03/2010
Local – Arruda (Recife)
Competição – Copa do Brasil
Defendeu o pênalti batido por Élvis.

BOTAFOGO 2 x 3 SANTA CRUZ (PE)
Data – 01/04/2010
Local – Engenhão (Rio de Janeiro)
Competição – Copa do Brasil
Defendeu o pênalti batido por Élvis.

BOTAFOGO 2 x 1 FLAMENGO (RJ)
Data – 18/04/2010
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu o pênalti batido por Adriano.

BOTAFOGO 1 x 1 FLAMENGO (RJ)
Data – 02/10/2010
Local – Engenhão (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu o pênalti batido por Petkovic.

BOTAFOGO 1 x 1 BANGU (RJ)
Data – 02/02/2011
Local – Raulino de Oliveira (Volta Redonda)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu o pênalti batido por Pipico.

BOTAFOGO 0 x 2 VASCO DA GAMA (RJ)
Data – 13/11/2011
Local – Engenhão (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu o pênalti batido por Diego Souza.

BOTAFOGO 3 x 1 VASCO DA GAMA (RJ)
Data – 18/03/2012
Local – Engenhão (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu o pênalti batido por Juninho Pernambucano.

BOTAFOGO 3 x 1 FRIBURGUENSE (RJ)
Data – 08/04/2012
Local – Engenhão (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu o pênalti batido por Rômulo.

BOTAFOGO 1 x 2 VITÓRIA (BA)
Data – 09/05/2012
Local – Engenhão (Rio de Janeiro)
Competição – Copa do Brasil
Defendeu o pênalti batido por Neto Baiano.

BOTAFOGO 5 x 0 RESENDE (RJ)
Data – 27/04/2013
Local – Raulino de Oliveira (Volta Redonda)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu o pênalti batido por Elias.

2º) WAGNER – DEFENDEU SETE COBRANÇAS DE PÊNALTIS

BOTAFOGO 2 x 2 VITÓRIA (RJ)
Data – 19/08/1995
Local – Barradão (Salvador)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu um pênalti batido por Adoílson.
Fonte: Jornal do Brasil

BOTAFOGO 1 x 3 BAHIA (BA)
Data – 21/09/1997
Local – Caio Martins (Niterói)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu um pênalti batido por Lima.
Fonte: Jornal do Brasil

BOTAFOGO 1 x 0 PALMEIRAS (SP)
Data – 12/02/1998
Local – Parque Antarctica (São Paulo)
Competição – Torneio Rio-São Paulo
Defendeu um pênalti batido por Arílson.
Fonte: Jornal do Brasil

BOTAFOGO 1 x 1 FLUMINENSE (RJ)
Data – 05/04/1998
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu um pênalti batido por Roni.
Fonte: Jornal do Brasil

BOTAFOGO 1 x 2 SPORT RECIFE (PE)
Data – 24/10/1998
Local – Ilha do Retiro (Recife)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu um pênalti batido por Lima.
Fonte: Jornal do Brasil

BOTAFOGO 3 x 1 GAMA (DF)
Data – 30/10/1999
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu 2 (dois) pênaltis, no 2° tempo, um batido por Lindomar aos 16 e o outro por Alexandre Gaúcho aos 26 minutos.
Fonte: Jornal dos Sports

3º) OSWALDO BALIZA – DEFENDEU SEIS COBRANÇAS DE PÊNALTIS

BOTAFOGO 3 x 3 AMÉRICA (RJ)
Data – 22/03/1944
Local – São Januário (Rio de Janeiro)
Competição – Torneio Relâmpago
Defendeu um pênalti batido por China (José Gonçalves da Silva).
Fonte: Gazeta de Notícias

BOTAFOGO 5 x 2 FLUMINENSE (RJ)
Data – 01/08/1948
Local – Laranjeiras (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu dois pênaltis, um batido por Rodrigues e o outro por Careca.
Fontes: Diário da Noite, Jornal dos Sports e O Jornal

BOTAFOGO 6 x 1 UNIVERSIDAD (VEN)
Data – 16/04/1950
Local – Caracas (Venezuela)
Competição – Amistoso
Defendeu um pênalti, no 1° tempo
Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e O Globo

BOTAFOGO 2 x 1 AMÉRICA (RJ)
Data – 30/12/1951
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca
Defendeu um pênalti batido por Godofredo.
Fonte: Diário da Noite

BOTAFOGO 2 x 1 SANTOS (SP)
Data – 03/02/1952
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Torneio Rio-São Paulo
Defendeu um pênalti batido por Pascoal.
Fontes: Jornal do Brasil e Jornal dos Sports

4º) MANGA – DEFENDEU CINCO COBRANÇAS DE PÊNALTIS

BOTAFOGO 4 x 1 BANGU (RJ)
Data – 23 e 26/12/1959
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Carioca*
Defendeu um pênalti batido por Décio Esteves.
*Decisão do 2° lugar e desempate para o Torneio Rio-São Paulo de 1960.
Fontes: Jornal dos Sports e O Globo

BOTAFOGO 3 x 1 AMÉRICA (RJ)
Data – 05/06/1960
Local – São Januário (Rio de Janeiro)
Competição – Amistoso
Defendeu um pênalti batido por Quarentinha (Miguel Alfredo de Souza Filho).
Fonte: Jornal dos Sports

BOTAFOGO 2 x 2 INTERNACIONAL (RS)
Data – 28/11/1962
Local – Olímpico (Porto Alegre)
Competição – Campeonato Brasileiro / Taça Brasil
Defendeu um pênalti batido por Osvaldinho, porém no rebote o atacante marcou o 1° do Inter.
Fonte: Diário de Notícias

BOTAFOGO 2 x 0 REMO (PA)
Data – 24/06/1964
Local – Estádio do Souza (Belém)
Competição – Amistoso
Defendeu um pênalti batido por Walmir, irmão de Quarentinha.
Fonte: Jornal do Brasil

BOTAFOGO 5 x 0 SÃO PAULO (SP)
Data – 15/05/1965
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Torneio Rio-São Paulo
Defendeu um pênalti batido por Roberto Dias.
Fontes: Jornal do Brasil e O Globo

4º) MAX – DEFENDEU CINCO COBRANÇAS DE PÊNALTIS

BOTAFOGO 3 x 2 UNIÃO SÃO JOÃO (SP)
Data – 06/06/2003
Local – Hermínio Ometto (Araras)
Competição – Campeonato Brasileiro da Série B
Defendeu um pênalti batido por Juliano.

BOTAFOGO 4 x 2 NÁUTICO (PE)
Data – 04/10/2003
Local – Aflitos (Recife)
Competição – Campeonato Brasileiro da Série B
Defendeu um pênalti batido por Kuki.

BOTAFOGO 3 x 0 CORITIBA (PR)
Data – 17/07/2005
Local – Couto Pereira (Curitiba)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu um pênalti batido por Rafinha.

BOTAFOGO 0 x 2 ATLÉTICO (PR)
Data – 22/09/2005
Local – Joaquim Américo, Arena da Baixada (Curitiba)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu um pênalti batido por Dênis Marques.

BOTAFOGO 1 x 1 FLAMENGO (RJ)
Data – 29/08/2007
Local – Maracanã (Rio de Janeiro)
Competição – Campeonato Brasileiro
Defendeu um pênalti batido por Souza.

Nota: As fontes para as defesas de Jefferson e de Max são as Redes Globo e Record, SporTV, Rádios Globo e Brasil, Jornal do Brasil, Jornal dos Sports, Extra e Lance!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Pracinhas Botafoguenses na II Guerra Mundial (II)

pesquisa de Claudio Falcão

(Concepção de Lorenzo Molas, em O Globo Sportivo)

Após a publicação de um artigo sobre a participação de atletas botafoguenses na Segunda Grande Guerra, que o leitor poderá acessar em http://datafogo.blogspot.com.br/2010/06/pracinhas-botafoguenses-na-ii-guerra.html, continuei pesquisando sobre o assunto, pela curiosidade que o mesmo me despertou.

Em determinado momento me deparei em 'O Globo Sportivo' com a caricatura do afamado argentino Lorenzo Molas, que ilustra a presente postagem.

A caricatura enriquecia uma matéria do extinto periódico, intitulada “Estes Botafoguenses lutaram pelo Brasil”, a qual informava que a bela concepção de Molas esteve naquela época em exposição em um dos salões de General Severiano.

A referida matéria nominava os atletas alvinegros que estiveram em combate na Itália. Foram eles:

Geninho – Ephigênio de Freitas Bahiense – futebolista profissional.
Walter Fazzoni – futebolista profissional.
Dunga – Henrique Fernandes Torquato – futebolista amador.
Mato Grosso – Emérito Fernandes dos Reis – futebolista amador.
Renato Goulart Pereira – atleta do basquetebol.
Marcos Almeida Magalhães Andrade (não mencionado na postagem anterior) – atleta do basquetebol.

Também nosso ex-atacante José Perácio, então atuando pelo nosso rival rubro-negro carioca, esteve na frente de batalha.

[Fonte: O Globo Sportivo, 22/06/1945.]

domingo, 9 de junho de 2013

Confrontos Botafogo F.R. x A.A. Ponte Preta

pesquisa de Pedro Varanda


Com a vitória do Botafogo neste sábado por 2 a 0, ficou assim o retrospecto das partidas entre Botafogo e Ponte Preta:

BOTAFOGO F. R. x A. A. PONTE PRETA

Total de jogos – 19
Vitórias do Botafogo – 10
Vitórias da Ponte Preta – 5
Empates – 4
Gols do Botafogo – 28
Gols da Ponte Preta – 17

1º Jogo:

BOTAFOGO 4 x 0 PONTE PRETA (SP)
Data: 18/11/1970
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Árbitro: José Luiz Barreto
Competição: Campeonato Brasileiro (Taça de Prata)
Gols: Ferretti, aos 43’ e Paulo Cézar, aos 45’ (1° tempo); Paulo Cézar, de pênalti, aos 22’ e Nílson Dias, aos 30’ (2° tempo)
Botafogo: Ubirajara Motta, Moreira, Chiquinho Pastor, Leônidas e Waltencir; Nei Conceição e Carlos Roberto; Zequinha (Rogério), Roberto, Ferretti (Nílson Dias) e Paulo Cézar. Técnico: Zagallo
Ponte Preta: Wilson, Nélson (Vicente), Samuel, Dagoberto e Santos; Teodoro e Roberto Pinto; Ditinho, Bazaninho (Nélson Oliveira), Manfrini e Adílson. Técnico: Cilinho
Fonte: Jornal dos Sports

Último – 08/06/2013 – Botafogo 2 a 0 (Campeonato Brasileiro), Moisés Lucarelli.
Gols: Seedorf e Antônio Carlos.

OS JOGOS:

18/11/1970 - Botafogo 4 a 0 - Campeonato Brasileiro (Taça de Prata) - Maracanã
16/04/1978 - Botafogo 1 a 0 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli
06/11/1986 - Ponte Preta 1 a 0 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli
26/11/1986 - Empate 0 a 0 - Campeonato Brasileiro - Maracanã
21/10/1998 - Botafogo 1 a 0 - Campeonato Brasileiro - Maracanã
07/08/1999 - Empate 1 a 1 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli
16/09/2000 - Botafogo 3 a 1 - Campeonato Brasileiro (Copa João Havelange) - Maracanã
12/08/2001 - Ponte Preta 3 a 1 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli
17/02/2002 - Ponte Preta 2 a 0 - Torneio Rio-São Paulo - Moisés Lucarelli
02/10/2002 - Botafogo 2 a 1 - Campeonato Brasileiro - Caio Martins
20/06/2004 - Ponte Preta 1 a 0 - Campeonato Brasileiro - Caio Martins
29/09/2004 - Empate 1 a 1 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli
20/07/2005 - Botafogo 4 a 2 - Campeonato Brasileiro - Luso-Brasileiro
27/10/2005 - Botafogo 1 a 0 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli
15/07/2006 - Botafogo 4 a 1 - Campeonato Brasileiro - Raulino de Oliveira
28/10/2006 - Botafogo 2 a 1 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli
24/06/2012 - Ponte Preta 2 a 1 - Campeonato Brasileiro - Engenhão
16/09/2012 - Empate 0 a 0 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli
08/06/2013 - Botafogo 2 a 0 - Campeonato Brasileiro - Moisés Lucarelli

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Botafogo Campeão Brasileiro de Futebol 7 Society Feminino de 2013

pesquisa de Claudio Falcão

(Crédito da foto: Divulgação)

No último domingo a equipe feminina de Futebol 7 Society do Botafogo conquistou em Florianópolis (SC) o título de campeã brasileira da modalidade.

Esta foi a campanha invicta:

1ª Fase
30/05 – Botafogo 3 x 2 Equipe Forte (PR)
31/05 – Botafogo 3 x 0 Polícia Militar (PE)
01/06 – Botafogo 3 x 0 Joinville (SC)

Quartas de final
01/06 – Botafogo 4 x 2 Grêmio (RS)

Semifinal
02/06 – Botafogo 5 x 4 Triunfo/Cevada (SC)

Final
02/06 – Botafogo 3 x 1 Equipe Forte (PR)
Gols do Botafogo: Estela e Byanca (2).

Artilheira da competição: Byanca Brasil (BFR), com 8 gols.

[Fontes: site oficial do Botafogo F.R. e http://www.cbf7.com.br.]

sábado, 1 de junho de 2013

Confrontos Botafogo x Cruzeiro E.C.

pesquisa de Pedro Varanda


Neste sábado, com a vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, ficou assim o retrospecto das partidas entre esses dois tradicionais adversários:

BOTAFOGO F. R. x CRUZEIRO E. C. (MG)

Total de jogos – 78
Vitórias do Botafogo – 22
Vitórias do Cruzeiro – 32
Empates – 24
Gols do Botafogo – 96
Gols do Cruzeiro – 110
Obs.: Cruzeiro E.C., ex-Palestra Itália (MG).

1° Jogo – 15/11/1936 – Empate 3 a 3 (Amistoso), campo da Av. Augusto Lima (Belo Horizonte).
Gols do Botafogo: Carvalho Leite (2) e Patesko.
Gols do Palestra Itália (MG): Niginho (2) e Bengala.

PALESTRA ITÁLIA 3 x 3 BOTAFOGO
Data: 15/11/1936
Local: Av. Augusto Lima, Barro Preto, Belo Horizonte
Árbitro: Edmundo Martins Gomes
Competição: Amistoso
Gols: Carvalho Leite, Niginho, Patesko e Bengala (1° tempo); Niginho e Carvalho Leite (2° tempo)
Palestra Itália: Geraldo, Tião e Caieira; Souza, Carazzo e Chiquito; Lello, Orlando, Niginho, Camillo e Bengala
Botafogo: Aymoré Moreira, Octacílio e Nariz (Zezé Moreira); Affonso, Martim e Canalli; Álvaro, Otto, Carvalho Leite, Russinho e Patesko
Obs.: Sociedade Sportiva Palestra Itália, atual Cruzeiro Esporte Clube.

Fontes: Jornal dos Sports e O Jornal

Dois últimos jogos:

05/09/2012 – Botafogo 3 a 1 (Campeonato Brasileiro), Independência.
Gols do Botafogo: Seedorf (2) e Jádson.

01/06/2013 – Botafogo 2 a 1 (Campeonato Brasileiro), Raulino de Oliveira (Volta Redonda).
Gols do Botafogo: Lodeiro (2).

Maiores goleadas:

01/11/2007 – Botafogo 4 a 1 (Campeonato Brasileiro), Engenhão.
Gols do Botafogo: Dodô, Túlio, Joílson e Juninho.

13/09/2000 – Cruzeiro 4 a 0 (Campeonato Brasileiro – Copa João Havelange), Ipatinga.