quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1957

pesquisa de Claudio Falcão

Começo do ano: Equipe que iniciou a partida amistosa contra o poderoso esquadrão do Honved (HUN), disputada no Maracanã a 23/01/1957.

Da esquerda para a direita, em pé: Amaury, Orlando Maia,
Nílton Santos, Pampolini, Bob e Bauer; agachados: Neyvaldo,
Didi, Paulinho Valentim, Garrincha e Cañete
(imagem: A Noite)

Final do ano: Consagrada formação do Glorioso na decisão do Campeonato Carioca, realizada a 22/12/1957, no Maracanã – Botafogo 6 x 2 Fluminense F.C., gols de Paulinho Valentim (5) e Garrincha para o Alvinegro. GOLEADA DE CAMPEÃO!

Da esquerda para a direita, em pé: Adalberto, Thomé, Servílio,
Nílton Santos, Pampolini e Beto; agachados: Garrincha,
Paulinho Valentim, Didi, Édison e Quarentinha
(imagem: A Noite)

domingo, 10 de dezembro de 2017

Botafogo Campeão Metropolitano de Futebol Sub-13 – Série Ouro 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: Facebook Botafogo Oficial)

A decisão ocorreu, em duas partidas, entre o campeão da Taça Guanabara (Botafogo – ver http://datafogo.blogspot.com.br/2017/08/botafogo-campeao-da-taca-guanabara-de.html) e o campeão da Taça Rio (Fluminense).

02/12 – CEFAT – Botafogo 2 x 1 Fluminense F.C.
Gols do Botafogo: Kauê e Kayan.

10/12 – Laranjeiras – Fluminense F.C. 1 x 1 Botafogo

Técnico campeão: Vinícius Durante.

(Foto: Facebook Botafogo Oficial)

Zagueiro Zé Carlos, Várias Vezes Campeão

pesquisa de Pedro Varanda; colaboração: Claudio Falcão


O nome completo do antigo zagueiro Zé Carlos é José Carlos Gaspar Ferreira, tendo nascido no Rio de Janeiro (RJ) a 17 de agosto de 1943.

Chegou ao time principal oriundo das categorias de base do próprio Botafogo.

Estreia nos profissionais do Glorioso: 22/08/1962 – 3 x 1 Deportivo Cali-COL (Amistoso), Olímpico Nacional (Cali).
Botafogo – Manga (Ary Jório), Joel, Zé Maria (Zé Carlos), Nílton Santos (Paulistinha) e Rildo; Ayrton e Didi (Édison); Garrincha, Canavieira (Amoroso), Amarildo (Quarentinha) e Zagallo (Jairzinho). Técnico: Marinho Rodrigues. Gols: Amarildo, Quarentinha e Garrincha.

Despedida: 08/10/1970 – 0 x 3 Universitário-PER (Amistoso), Estádio Nacional (Lima).
Botafogo – Ubirajara Motta, Moreira, Moisés, Leônidas e Waltencir; Nei Conceição e Careca (Botinha); Zequinha, Roberto (Zé Carlos), Ferretti e Paulo Cézar. Técnico: Zagallo. Obs.: Waltencir e Moreira foram expulsos. Fonte: O Dia.

Jogos: 314 (trezentos e quatorze) + 6 (seis) partidas pelo Torneio Início.
Gols: 0 (zero) + 0 (zero).

Títulos (*): 14 (quatorze).
Campeonato Carioca (Estadual): 1967 / 1968.
Campeonato Brasileiro (Taça Brasil): 1968.
Taça Guanabara: 1967 / 1968.
Torneio Rio-São Paulo: 1964 / 1966.
Torneio Início: 1963 / 1967.
Torneios Internacionais: Jubileu de Ouro da Associação de Futebol – La Paz (MAR-1964), Quadrangular do Suriname (JUN-1964), Taça Círculo de Periódicos Esportivos de Caracas (JAN-1966 e JAN-1967) e Hexagonal do México (FEV-1968).

(*) – Foram considerados os campeonatos, taças e torneios em que Zé Carlos atuou.

Notas: 1) Zé Carlos também foi tricampeão carioca de juvenis (atuais juniores), pelo Botafogo, em 1961-1962-1963; 2) Ainda foi campeão pan-americano pela seleção brasileira em 1963 (IV Jogos Pan-Americanos / São Paulo – SP).

Obs.: Torneios conquistados pelo Botafogo em que Zé Carlos NÃO jogou: Torneio de Paris (1963), Torneio Governador Magalhães Pinto (1964), Taça Carranza de Buenos Aires (1966), Quadrangular de Teresina (1966) e Triangular de Caracas em 1970.

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1956

pesquisa de Claudio Falcão

Começamos com uma formação do Botafogo que atuou na excursão à Europa, ocorrida entre os meses de abril e junho de 1956.

Da esquerda para a direita: Garrincha, Bob, Nílton Santos,
João Carlos, Orlando Maia, Didi, Wilson Moreira,
Thomé, Amaury, Rodrigues e Pampolini
(imagem: Esporte Ilustrado)

Segue a equipe do Alvinegro que esteve em ação no Torneio Início, que teve lugar a 15/07/1956, no Maracanã.

Da esquerda para a direita, em pé: Orlando Maia, Antoninho,
Thomé, Rubens, Bob e Juvenal; agachados: Garrincha,
João Carlos, Wilson Moreira, Mário e Neyvaldo
(imagem: Esporte Ilustrado)

Adiante temos a imagem da equipe botafoguense que empatou em 0 a 0 com o C.R. Vasco da Gama, em partida realizada no Maracanã, a 29/07/1956, pelo Campeonato Carioca.

Da esquerda para a direita, em pé: Orlando Maia, Amaury,
Thomé, Nílton Santos, Bob e Bauer; agachados: Garrincha,
João Carlos, Wilson Moreira, Didi e Rodrigues
(imagem: Esporte Ilustrado)

Concluímos com a formação do Botafogo que interveio em uma partida que não conseguimos identificar.

Da esquerda para a direita, em pé: Orlando Maia, Amaury,
Thomé, Nílton Santos, Bob e Bauer; agachados: Garrincha,
Didi, Paulinho Valentim, João Carlos e Rodrigues
(imagem: Esporte Ilustrado)

domingo, 3 de dezembro de 2017

Botafogo Bicampeão Sul-Americano de Polo Aquático Adulto 2016-2017

pesquisa de Claudio Falcão


Na tarde deste domingo, jogando em Rosário (ARG), a equipe adulta masculina do Botafogo sagrou-se bicampeã sul-americana de polo aquático (2016-2017), ao derrotar a agremiação do C.A. Provincial (ARG) por 14 a 13 na partida final. A conquista ocorreu de forma invicta.

Detalhes:

Local: Parque Aquático do Club Gimnasia y Esgrima Rosario (ARG).
Período: 29/11 a 03/12/2017.

Campanha do Alvinegro carioca:

Fase de Grupos – Grupo A

29/11 – Botafogo 15 x 2 Unión Morro (CHI)

30/11 – Botafogo 15 x 5 C. Regatas Santa Fe (ARG)
Gols do Botafogo: Thomas Carroll (4), Luís Ricardo Silva (4), João Felipe Coelho (3), Matheus Crivella (1), Guilherme Almeida (1), Eduardo Bonomo (1) e Caio Lima (1).

01/12 – Botafogo 7 x 5 C.A. Provincial (ARG)
Gols do Botafogo: Henrique Moniz (3), Luís Ricardo Silva (2), Felipe Martins (1) e João Felipe Coelho (1).

Semifinal

02/12 – Botafogo 17 x 4 SUTERH (ARG)
Gols do Botafogo: Thomas Carroll (5), Henrique Moniz (3), Matheus Crivella (2), Guilherme Almeida (2), Caio Lima (2), João Felipe Coelho (2) e Felipe Martins (1).

Final

03/12 – Botafogo 14 x 13 C.A. Provincial (ARG)
Gols do Botafogo: Luís Ricardo Silva (4), Caio Lima (3), Guilherme Almeida (2), Henrique Moniz (2), Thomas Carroll (2) e João Felipe Coelho (1).
Jogaram pelo Botafogo: William Nascimento (G), Felipe Martins, Matheus Crivella, Guilherme Almeida, Henrique Moniz, Eduardo Bonomo, Thomas Carroll, Caio Lima, João Felipe Coelho e Luís Ricardo Silva.

Melhor goleiro da competição: William Nascimento (BFR).
Técnico campeão: Ângelo Coelho.


(Imagem: captura de tela)

[Fonte: http://rosarionatacion.com/site/.]

O Antigo Atacante Amoroso

pesquisa de Pedro Varanda

(Imagem: Revista do Esporte)

José Amoroso Filho, o antigo atacante Amoroso, nasceu no Rio de Janeiro (RJ) a 19 de setembro de 1937. É irmão de Rui Amoroso, também atacante, este que foi campeão carioca de juvenis pelo Glorioso em 1966.

Amoroso veio das categorias de base do próprio Botafogo, tendo sido bicampeão carioca de aspirantes pelo Clube (1958-1959) e artilheiro da equipe em ambas as competições.

Estreia nos profissionais do Botafogo – 03/02/1957 – 3 x 1 Atlético-MG (Amistoso), Independência.
Botafogo – Amaury, Beto, Bob e Nílton Santos (Orlando Maia); Pampolini e Juvenal (Ronald); Neyvaldo, Didi (Amoroso), Paulinho Valentim, Garrincha e Cañete. Técnico: Geninho. Gols: Pampolini, Didi e Paulinho Valentim.
Fontes: Boletim do BFR, Diário Carioca e Tribuna da Imprensa

Despedida do Alvinegro – 28/06/1964 – Torneio Início, Maracanã.
Botafogo 2 x 0 Canto do Rio, gols: Arlindo e Amoroso.
Botafogo 0 x 0 Bangu. Nos pênaltis: Bangu 2 a 1 (Arlindo marcou para o Botafogo).
Botafogo: Manga, Luiz Carlos Theodoro, Zé Maria, Paulistinha e Adevaldo; Ayrton e Fifi; Roberto, Arlindo, Amoroso e Bira.

Atuou em 156 jogos e marcou 65 gols pelo Botafogo. Pelo Torneio Início, entre 1958 e 1964, disputou mais jogos e marcou 4 gols.

TÍTULOS:
Quadrangular de Bogotá – 1960
Torneio Internacional da Costa Rica – 1961
Campeonato Carioca (Estadual) – 1961 e 1962
Torneio Pentagonal do México – 1962
Torneio Início – 1962
Torneio Rio-São Paulo – 1962 e 1964
Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol (La Paz) – 1964

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Botafogo Campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1964

pesquisa de Pedro Varanda

Formação da última partida - da esquerda para a direita, em pé:
Mura, Élton, Manga, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; agachados:
Garrincha, Gérson, Arlindo, Jairzinho e Roberto
(imagem: Jornal dos Sports)

Segue a campanha do Botafogo no Torneio Rio-São Paulo de 1964, competição em que o Glorioso e o Santos F.C. dividiram o título de campeão.

Adversário – Resultado – Local:
Bangu – 5 x 0 (Maracanã).
Corinthians – 3 x 1 (Maracanã).
Flamengo – 2 x 1 (Maracanã).
Fluminense – 2 x 0 (Maracanã).
Palmeiras – 4 x 3 (Pacaembu).
Portuguesa de Desportos – 2 x 0 (Maracanã).
Santos – 1 x 3 e 3 x 2 (ambos no Maracanã).
São Paulo – 2 x 0 (Pacaembu).
Vasco – 0 x 1 (Maracanã).

Total de Jogos: 10; Vitórias: 8; Derrotas: 2; Gols Pró: 24; Contra: 11.

Jogaram:
Arlindo dos Santos Cruz, 10 jogos.
Haílton Corrêa de Arruda (Manga), 10.
Jair Ventura Filho (Jairzinho), 10.
Mário Jorge Lobo Zagallo, 10.
José Carlos Gaspar Ferreira (Zé Carlos), 10.
Joel Martins da Fonseca, 9.
Gérson de Oliveira Nunes (‘Canhota de Ouro’), 9.
Oswaldo Sampaio Júnior (Paulistinha), 9.
Élton Fensterseifer, 8.
Manoel dos Santos (Garrincha), 8.
Waldir Cardoso Lebrego (Quarentinha), 7.
Rildo da Costa Menezes, 6.
Nílton dos Santos, 4.
Ayrton Povill dos Santos, 4.
Ubirajara Pereira Lima (Bira), 2.
José Amoroso Filho, 2.
Paulo Eugrécio da Silva (Fifi), 1.
Roberto Lopes de Miranda, 1.
Maurício Pereira Barros (Mura), 1.
Adevaldo Virgílio Netto, 1.
Jaílton Raimundo dos Santos, 1.
Hélio Dias de Oliveira, 1.
Total: 22 jogadores.
Técnicos: Zoulo Rabello / Adalberto Leite Martins (9 jogos) e Ephigênio de Freitas Bahiense, ‘Geninho’ (1 jogo).

Artilheiros:
Jairzinho, 7 gols.
Gérson, 5.
Arlindo, 4.
Garrincha, 3.
Élton, 2.
Roberto, 2.
Quarentinha, 1.
Total: 24 gols.

BOTAFOGO 2 x 0 SÃO PAULO
Data: 22/03/1964
Local: Pacaembu, São Paulo
Renda: Cr$2.672.200,00
Público: ?
Árbitro: Wilson Lopes de Souza
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Jairzinho (2), 8’ (de ‘bicicleta’) e 20’ (ambos no 1° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Ayrton e Élton; Bira, Arlindo (Fifi), Jairzinho (Quarentinha) e Zagallo. Técnico: Adalberto Leite Martins (interino)
São Paulo: Suli, De Sordi, Bellini (Deleu), Jurandir (Riberto) e Ilso; Roberto Dias e Leal (Pagão); Faustino, Norival, Del Vecchio e Bazzaninho. Técnico: Osvaldo Brandão
Obs.: 1) Zoulo Rabello, técnico do Botafogo, estava suspenso; 2) Garrincha, Nílton Santos e Gérson desfalcaram o Glorioso; 3) Estreou Ubirajara Pereira Lima (‘Bira’).
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 2 x 0 PORTUGUESA DE DESPORTOS
Data: 29/03/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$3.804.516,00
Publico: 9.986
Árbitro: Albino Zanferrari
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Jairzinho, 37’ (1° tempo) e Quarentinha, 33’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton e Gérson; Bira, Arlindo (Quarentinha), Jairzinho (Amoroso) e Zagallo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Portuguesa de Desportos: Félix; Cacá, Ditão, Vilela e Edílson; Pampolini e Nair; Neyvaldo (Nílson), Henrique (Stefano), Dida e Ivair. Técnico: Aymoré Moreira
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 2 x 1 FLAMENGO
Data: 11/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$23.823.330,00
Público: 48.420
Árbitro: Guálter Portela Filho
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Gérson, de pênalti, 36’ (1° tempo); Garrincha, 12’ e Aírton, 44’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton e Gérson; Garrincha, Arlindo, Jairzinho e Zagallo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Flamengo: Marcial; Murilo, Luís Carlos Freitas, Joubert e Paulo Henrique; Carlinhos e Nelsinho (Nélson); Espanhol, Aírton, Paulo Alves (Foguete) e Osvaldo ‘Ponte Aérea’ (Fefeu). Técnico: Flávio Costa
Obs.: Foguete foi expulso aos 42’ da fase final, por ter desferido um pontapé sem bola em Gérson.
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 0 x 1 VASCO DA GAMA
Data: 15/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$8.606.148,00
Público: 18.774
Árbitro: Guálter Portela Filho
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gol: Célio, 32’ (1° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton (Ayrton), Gérson (Quarentinha) e Zagallo; Garrincha, Jairzinho e Arlindo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Vasco: Marcelo, Massinha, Brito, Fontana e Pereira; Mílton, Lorico e Odimar (Barbosinha); Sabará, Célio e Zezinho. Técnico: David Ferreira (‘Duque’)
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 2 x 0 FLUMINENSE
Data: 19/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$9.909.032,00
Público: 21.765
Árbitro: Aírton Vieira de Moraes
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Arlindo, 40’ (1° tempo) e Gérson, de penalidade fora da área, 26’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Jaílton; Ayrton e Gérson; Garrincha,
Jairzinho (Quarentinha), Arlindo e Zagallo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Fluminense: Márcio; Carlos Alberto Torres, Procópio, Altair e Nonô; Denílson (Oldair) e Luiz Henrique; Ubiraci, Moraes (Pipico), Joaquinzinho e Escurinho. Técnico: Elba de Pádua Lima (‘Tim’)
Fonte: O Globo 

BOTAFOGO 1 x 3 SANTOS
Data: 25/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$29.031.249,00
Público: 51.570
Árbitro: Eunápio Gouveia de Queiroz
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Coutinho, 43’ (1° tempo); Pelé, 28’, Garrincha (de penalidade fora da área), 37’ e Pepe (também de penalidade fora da área), 41’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Rildo; Ayrton e Gérson; Garrincha, Jairzinho, Arlindo (Quarentinha) e Zagallo (Amoroso). Técnico: Adalberto Martins (interino)
Santos: Gilmar; Lima, Modesto, Joel e Geraldino; Zito e Almir; Peixinho, Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Obs.: O árbitro colocou na súmula para Garrincha o tento do Glorioso Botafogo FR. Outra fonte informou ser de Jairzinho o tento do alvinegro.
Fontes: O Globo e Jornal dos Sports

BOTAFOGO 3 x 1 CORINTHIANS
Data: 28/04/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$351.607,00
Público: 982 pagantes (o tempo estava chuvoso)
Árbitro: Albino Zanferrari
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Arlindo, 14’ e Manoelzinho, 45’ (1° tempo); Arlindo, 30’ e Gérson, 36’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Paulistinha; Élton e Gérson; Garrincha, Jairzinho, Arlindo e Zagallo. Técnico: Adalberto Martins (interino)
Corinthians: Heitor, Ary Ercílio, Eduardo, Cláudio e Oreco; Édson, Ferreirinha e Bazzani (Lima, depois Osmar); Davi, Manoelzinho e Silva Batuta. Técnico: Paulo Amaral
Fonte: O Globo

BOTAFOGO 4 x 3 PALMEIRAS
Data: 03/05/1964
Local: Pacaembu, São Paulo
Renda: Cr$12.162.100,00
Público: ?        
Árbitro: Wilson Lopes de Souza
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Élton, 7’ e Gildo, 34’ (1° tempo); Servílio, 2’, Arlindo, 28’, Gérson, de pênalti, 34’, Servílio, 42’ e Jairzinho, 45’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Paulistinha; Élton e Gérson; Garrincha, Arlindo, Jairzinho e Zagallo (Quarentinha). Técnico: Adalberto Martins (interino)
Palmeiras: Picasso, Ferrari, Djalma Dias, Valdemar e Geraldo; Zequinha e Ademir da Guia; Julinho (Ademar), Servílio, Vavá (Tupãzinho) e Gildo. Técnico: Sylvio Pirillo
Obs.: Sensacional vitória do Glorioso Botafogo.
Fontes: Correio da Manhã, Jornal dos Sports e O Globo

BOTAFOGO 5 x 0 BANGU
Data: 09/05/1964
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$6.975.686,00
Público: 14.982
Árbitro: Guálter Portela Filho
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Gols: Gérson, 8’ (1° tempo); Jairzinho (2), 1’ e 29’ (este de cabeça), Élton, 4’ e Garrincha, 37’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Paulistinha; Élton e Gérson; Garrincha, Arlindo, Jairzinho e Zagallo (Quarentinha). Técnico: Zoulo Rabello
Bangu: Aldo, Fidélis, Mário Tito, Hélcio e Nílton Santos; Ocimar e Roberto Pinto (Romeu); Paulo Borges, Bianchini, Cabralzinho e Parada (Vermelho). Técnico: Denoni Pereira Alves
Obs.: O árbitro colocou na súmula o quarto gol do Glorioso Botafogo F.R. para Jairzinho. Outra fonte informou que um dos tentos de Jairzinho foi de Arlindo.
Fontes: O Globo e Última Hora

BOTAFOGO 3 x 2 SANTOS
Data: 10/01/1965
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda: Cr$26.069.400,00
Público: nota → jogo transmitido ao vivo pela TV
Árbitro: Albino Zanferrari
Competição: Torneio Rio-São Paulo (decisão)
Gols: Jairzinho, 20’, Roberto (2), 40’ e 43’ (1° tempo); Coutinho (2), 4’ e 25’ (2° tempo)
Botafogo: Manga, Mura, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton e Gérson; Garrincha (Zagallo), Jairzinho (Adevaldo), Arlindo e Roberto (Hélio Dias). Técnico: Geninho
Santos: Gilmar, Ismael, Modesto, Haroldo (Lima) e Geraldino; Zito e Mengálvio; Peixinho (Toninho Guerreiro), Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Obs.: 1) Paulistinha, Manga e Pelé foram expulsos no 2° tempo; 2) Enquanto Hélio Dias de Oliveira não entrava, Roberto foi para a meta; 3) Não houve o segundo jogo por falta de datas, ambos foram excursionar e declarados campeões; 4) Botafogo, bicampeão do Torneio Rio-São Paulo (1962-1964).
Fontes: Correio da Manhã e Jornal dos Sports