sexta-feira, 21 de abril de 2017

Botafogo e Barcelona empataram em Guayaquil: 1 a 1

por Claudio Falcão



Ao jogar na noite desta quinta-feira em Guayaquil, Botafogo e Barcelona (EQU) ficaram no empate em 1 a 1.

Com uma boa atuação do Alvinegro, talvez a melhor dele na competição, até o momento, perdendo claras oportunidades de gol, a começar por um pênalti desperdiçado por Camilo aos dois minutos do primeiro tempo, alcançou o empate através de Sassá, também em cobrança de penalidade máxima, a poucos minutos do final do jogo.

Assim o Glorioso manteve-se na liderança do seu grupo na Copa Libertadores da América de 2017.

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 1 x 1 BARCELONA S.C. (EQU)
Data: 20/04/2017
Local: Estádio Monumental, Guayaquil (Equador)
Árbitro: Jesús Valenzuela Sáez (VEN)
Renda e Público: não divulgados
Gols: Alemán, aos 31’ (1º tempo) e Sassá (pênalti), aos 43’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Emerson Silva, Bruno Silva e João Paulo (Botafogo); Mena, Pineida e Arreaga (Barcelona)
Cartão vermelho: Mena, aos 34’ (2º tempo)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson (Fernandes), Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso (Guilherme), Bruno Silva, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). Técnico: Jair Ventura
Barcelona: Banguera, Velasco, Aimar, Mena e Pineida; Gabriel Marques, Calderón, Esterilla, Caicedo (Ayoví) e Alemán (Ariel Nahuelpán); Álvez (Arreaga). Técnico: Guillermo Almada

[Fontes: Lance! e Extra.]

domingo, 16 de abril de 2017

Títulos do Botafogo no Voleibol Adulto Feminino

pesquisa de Claudio Falcão

Atletas do primeiro título: Campeonato Carioca 1939
(imagem: Boletim do Botafogo)

Segue a relação atualizada dos títulos conquistados pelo Botafogo no voleibol adulto feminino.

COMPETIÇÕES OFICIAIS:

CAMPEONATO CARIOCA/ESTADUAL [8] – 1939-1940 (bi), 1946-1947-1948 (tri), 1950, 1964, 1995

TORNEIO DE APRESENTAÇÃO DO CAMPEONATO CARIOCA [6] – 1940, 1945, 1948-1949 (bi), 1965-1966 (bi)

TORNEIO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO [1] – 1948

COPA RIO [1] – 2015

Comemoração da conquista mais recente: Copa Rio 2015
(imagem: site oficial do Botafogo F.R.)

EXTRAS:

JOGOS ABERTOS DE CAMBUQUIRA [2] – 1948, 1961

JOGOS DA PRIMAVERA [2] – 1962, 1976

Nota: leia mais em http://datafogo.blogspot.com.br/2010/03/o-botafogo-no-voleibol-adulto-feminino.html.

[Fontes: ‘Grandes Clubes Brasileiros’ – Botafogo (1972); Revista Botafogo  Boletim Informativo do BFR e Jornal dos Sports.]

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Vitória do Botafogo sobre o Atlético Nacional pela Libertadores

por Claudio Falcão


Jogando na noite desta quinta-feira em Medellín, o Botafogo derrotou por 2 a 0 o Atlético Nacional (COL), gols de Camilo e Guilherme, pela Copa Libertadores da América, mantendo-se na liderança do grupo 1 juntamente com seu próximo adversário, o Barcelona (EQU).

Foi uma boa vitória do Alvinegro sobre o atual campeão da mais importante competição do nosso continente, ainda mais com os desfalques de dois importantes jogadores titulares, Aírton e Montillo, por contusão.

(Imagem: site oficial do C. Atlético Nacional)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 2 x 0 C. ATLÉTICO NACIONAL (COL)
Data: 13/04/2017
Local: Estádio Atanasio Girardot, Medellín (Colômbia)
Árbitro: Ulises Mereles (PAR)
Renda: não divulgada / Público: 40.638 presentes
Gols: Camilo, aos 38’ (1º tempo) e Guilherme, aos 47’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Gatito Fernández, Emerson e Sassá (Botafogo); Macnelly Torres (Atlético Nacional)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson, Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Camilo (Fernandes); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Sassá). Técnico: Jair Ventura
Atlético Nacional: Armani, Bocanegra, Nájera (Dájome), Henríquez e Díaz; Arias, Bernal (Ramírez) e Macnelly Torres; Dayro Moreno (Mosquera), Ibargüen e Ruiz. Técnico: Reinaldo Rueda

[Fontes: Lance! e Extra.]

sábado, 8 de abril de 2017

O Botafogo na Superliga B de Voleibol Masculino 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ainda não foi desta vez que o Botafogo conseguiu sua classificação para a Superliga de Voleibol Masculino. Jogando neste sábado no ginásio da Hebraica (Laranjeiras – Rio de Janeiro), o Alvinegro foi derrotado por 3 sets a 1 pelo SESC/RJ, dando adeus ao título da Superliga B de 2017.

Nova oportunidade deverá acontecer no próximo mês de setembro, quando ocorrerá a disputa da Taça Ouro, cujo campeão terá acesso à Superliga 2017/2018.

Resultados do Botafogo:

Primeira fase

07/01 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 ASPMA/Araucária/Berneck (PR) (26x24, 25x22 e 25x14)
14/01 – Ginásio da AABB (Brasília – DF) – UPIS (DF) 3 x 0 Botafogo (25x20, 32x30 e 25x16)
21/01 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 1 x 3 APAN/Barão/Blumenau (SC) (20x25, 25x15, 20x25 e 26x28)
28/01 – Dom Bosco (Campo Grande – MS) – Rádio Clube/AVP (MS) 0 x 3 Botafogo (17x25, 14x25 e 16x25)
04/02 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 2 x 3 Jaó/Universo (GO) (18x25, 25x21, 23x25, 29x27 e 9x15)
11/02 – Ginásio da Hebraica (Laranjeiras) – SESC/RJ 3 x 1 Botafogo (25x19, 22x25, 25x20 e 25x13)
04/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 Alfa/Montecristo/Teuto (GO) (25x17, 25x23 e 29x27)
11/03 – Arena Minas (Belo Horizonte – MG) – Uberlândia Gabarito 0 x 3 Botafogo (18x25, 20x25 e 17x25)

Obs.: O Botafogo classificou-se em 4º lugar nesta fase, com 13 pontos ganhos.

Quartas de final

19/03 – Ginásio da AABB (Brasília – DF) – UPIS (DF) 3 x 2 Botafogo (25x17, 25x19, 29x31, 25x27 e 15x8)
25/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 UPIS (DF) (25x22, 25x15 e 25x17)
27/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 UPIS (DF) (25x21, 25x22 e 25x15)

Semifinais

01/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 0 x 3 SESC/RJ (21x25, 22x25 e 16x25)
08/04 – Ginásio da Hebraica (Laranjeiras) – SESC/RJ 3 x 1 Botafogo (25x19, 23x25, 25x20 e 25x22)

Elenco:

1 – Maurício Inácio da Cunha Júnior (capitão)
2 – Filipe Stolberg Teixeira de Carvalho (líbero)
3 – Paulo Vítor Valente Vasquez de Oliveira
4 – Gustavo Heidrich
5 – Sílvio Sátiro dos Santos
6 – Pedro Vítor Tavares de Andrade (Pedrinho)
7 – Eduardo Genehr Luchese
8 – Alex Henrique Veras Damião
9 – Renan Fernando Martins Ribeiro
10 – Pedro Henrique Gomes da Silva (Pedrão)
11 – Felipe Gomes Terra
12 – Danilo Cruz de Carvalho (Danilão)
13 – Vítor Santos Gelli Dias
14 – Legran (“James”) Sizervincio Machado
15 – Filipi Rodrigues
16 – João Vítor Redin Bringmann
17 – Rogério Lintz Leite Medeiros Nogueira (Mineiro)
18 – Najari Fernandes Oliveira
19 – Symon Thales Silva de Lima
20 – Tiago Felipe Windmoller

Técnico: Mauro Lima.

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da CBV.]

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1931

pesquisa de Claudio Falcão

Iniciamos com a equipe do Botafogo que a 12/04/1931 goleou por 5 a 1, em General Severiano, o C.R. Flamengo, pelo primeiro turno do campeonato carioca, marcando Carvalho Leite (4) e Paulinho para o Alvinegro: Germano, Benedicto e Octacílio; Canalli, Martim e Pamplona; Álvaro, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

(Imagem: revista 'Careta')

A seguir temos o quadro do Glorioso que a 06/05/1931, ao aplicar em General Severiano uma goleada de 7 a 1 sobre o S.C. Corinthians Paulista, conquistou a Copa dos Campeões Rio-São Paulo, tendo os gols do Botafogo sido assinalados por Nilo (4), Carvalho Leite (2) e Paulinho: Pedrosa, Benedicto e Octacílio; Pamplona, Martim e Canalli; Ariza, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita: Celso, Octacílio, Nilo, Pamplona,
Álvaro (não jogou), Paulinho, Ariza, Benedicto, Canalli,
Martim, Carvalho Leite e Pedrosa

(Imagem: revista 'Careta')

Adiante temos a imagem da equipe do Alvinegro carioca que enfrentou a Seleção Paranaense, a 22/07/1931, também em General Severiano: Germano (Victor), Pennaforte e Rodrigues; Affonso, Ariel (Rogério) e Canalli; Álvaro, Miro, Carola, Vadinho (Almir) e Celso. Nota: os jogadores Pennaforte, Miro e Carola eram filiados ao América F.C. (RJ).

(Imagem: revista 'Careta')

E agora a formação do Botafogo que a 01/11/1931 derrotou por 1 a 0 o América F.C., no campo deste, pelo segundo turno do campeonato carioca, com um gol de Celso: Victor, Benedicto e Rodrigues; Canalli, Martim e Ariel; Ariza, Almir, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

(Imagem: revista 'Careta')

sábado, 1 de abril de 2017

Botafogo Campeão da Copa Next de Futebol Sub-17 de 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Tendo lugar nas dependências do CFZ (Recreio dos Bandeirantes – Rio de Janeiro), foi disputada a I Copa Next Sub-17, e a garotada do Botafogo nascida em 2001, ou seja, em seu primeiro ano na categoria, conquistou o título, ao derrotar na manhã deste sábado o Fluminense F.C. por 1 a 0, reabilitando-se da derrota sofrida na estreia da competição.

Resultados:

Grupo B
29/03 – Botafogo 0 x 4 Fluminense F.C. (RJ)
30/03 – Botafogo 4 x 1 Boavista S.C. (RJ)
31/03 – Botafogo 1 x 0 Cruzeiro E.C. (MG)

Semifinal
31/03 – Botafogo 2 x 2 C.R. Vasco da Gama – nos pênaltis: Botafogo 4 a 3

Final
01/04 – Botafogo 1 x 0 Fluminense F.C. (RJ)
Gol: Pedro Lucas.

Técnico campeão: Thiago Aprígio.

[Fontes: site oficial do Botafogo F.R. e https://www.facebook.com/NextAcademyBrasil/.]

quarta-feira, 29 de março de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1930

pesquisa de Claudio Falcão

De início, temos a equipe que derrotou por 3 a 2 o Sport C. Juiz de Fora, em partida amistosa, a 30/03/1930, marcando Carvalho Leite, Benedicto e Celso para o Botafogo: Avino, Teté (Canalli) e Orlando; Burlamaqui, Martim e Rogério; Ariza, Paulo, Benedicto, Carvalho Leite (Marcelino) e Celso.

(Imagem: A Noite)

A seguir, a representação do Alvinegro que venceu por 3 a 2 o Fluminense F.C., em General Severiano, pelo primeiro turno do campeonato carioca, a 14/09/1930, tendo marcado Paulinho, Carvalho Leite e Nilo para o Botafogo: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Paulinho (Alkindar), Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita, em pé: Octacílio, Germano, Pamplona,
Burlamaqui, Loureiro e Martim; agachados: Ariza, Benedicto,
Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso
(imagem: Correio da Manhã)

Jogando em General Severiano a 12/10/1930, o Botafogo derrotou o América F.C. por 5 a 2, gols de Paulinho (2), Martim, Celso e Ariza para as nossas cores, formando assim: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

(Imagem: revista 'Careta')

Agora temos a equipe do Glorioso que venceu a 19/10/1930, em casa, o C.R. Flamengo por 2 a 0, com dois gols de Nilo: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Alkindar, Carvalho Leite, Nilo e Celso.


Da esquerda para a direita, em pé: Pamplona, Benedicto, Germano,
Burlamaqui e Octacílio; agachados: Ariza, Alkindar, Carvalho Leite,
Nilo e Celso, faltando Martim
(imagem: revista 'Careta')

E adiante, a formação do Botafogo, campeão carioca de 1930, que empatou em 2 a 2, a 07/12/1930, com o Fluminense F.C., gols de Nilo e Celso para o Glorioso: Germano, Benedicto e Orlando; Burlamaqui, Martim e Pamplona (Canalli); Ariza (Álvaro), Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita, em pé: Burlamaqui, Orlando, Martim,
Canalli e Pamplona; agachados: Paulinho, Carvalho Leite, Nilo,
Celso e Germano, não aparecendo na foto Benedicto e Ariza
(imagem: revista 'Careta')

quarta-feira, 22 de março de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1929

pesquisa de Claudio Falcão

Em partida amistosa, disputada a 17/03/1929 no estádio do Fluminense F.C., o Botafogo enfrentou o Palestra Itália (atual S.E. Palmeiras-SP) com a seguinte equipe: Amado, Octacílio e Orlando; Rogério, Aguiar (Cícero) e Pamplona, Ariza, Benedicto, Luiz de Carvalho, Almir e Juca.

Equipe que enfrentou o Palestra Itália (o jogador assinalado é Juca)
(imagem: O Globo Sportivo) 

Em outro jogo amistoso, desta vez realizado no Parque São Jorge (São Paulo), contra o S.C. Corinthians Paulista, a 14/04/1929, o Alvinegro carioca atuou com: Pessoa, Octacílio e Rogério; Cotia, Aguiar e Pamplona; Ariza, Benedicto (Almir), Luiz de Carvalho, Nilo e Celso.

(Imagem: O Paiz)

domingo, 19 de março de 2017

Botafogo Bicampeão Brasileiro de Remo em Barcos Curtos

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Em competição realizada desde a última quinta-feira, 16 de março, com as finais na manhã deste domingo, na raia olímpica da USP (São Paulo), o Botafogo conquistou o bicampeonato brasileiro de remo em barcos curtos, totalizando 244 pontos na disputa deste ano.

Medalhas de ouro conquistadas por guarnições botafoguenses:

- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Uncas Tales Batista – 07’45”04
- Single Skiff Sub-23 Masculino – Lucas Verthein Ferreira – 07’39”14
- Single Skiff Peso Leve Masculino – Evaldo Mathias Becker Morais – 07’30”40
- Dois Sem Sênior Feminino – Nathalia Pereira Barbosa e Dayane Pacheco dos Santos – 08’14”43

Medalhas de prata:

- Single Skiff Júnior B Feminino – Thalita Rosa Soares – 04’23”44
- Single Skiff Júnior Feminino – Isabela Constanza Ibeas – 09’10”55
- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Feminino – Carla Carolina Santos Silva – 08’55”89
- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Fellipe Reyson de Souza Xavier – 07’47”02
- Single Skiff Peso Leve Masculino – Uncas Tales Batista – 07’32”31
- Dois Sem Peso Leve Masculino – Marciel Morais Souza (integrante da guarnição) – 07’10”83
- Single Skiff Sênior Masculino – Fábio José Santana Moreira – 07’42”89
- Dois Sem Sênior Masculino – Marciel Morais Souza (integrante da guarnição ) – 07’18”22

Medalhas de bronze:

- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Heitor dos Santos Araújo – 07’47”77
- Single Skiff Sub-23 Feminino – Bárbara Deuschle dos Santos – 09’12”70
- Single Skiff Sênior Masculino – Evaldo Mathias Becker Morais – 07’43”38

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da CBR.]

quarta-feira, 15 de março de 2017

Botafogo bate Estudiantes em sua Estreia na Fase de Grupos da Libertadores

por Claudio Falcão


Uma impressionante queima de fogos do lado de fora do estádio e, no seu interior, uma vibração incrível da torcida, agitando milhares de faixas com a expressão “NILTON SANTOS É FOGO!”: foi assim que a equipe do Botafogo foi recepcionada ao entrar no gramado para o jogo da noite desta terça-feira.

E o resultado nos recompensou: Botafogo 2 a 1 no Estudiantes (ARG), gols de Roger (de ‘bicicleta’, ‘meia-bicicleta’ ou ‘puxada’, como queiram) e de Rodrigo Pimpão para o Alvinegro, que iniciou com muito empenho e com o pé direito sua participação na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2017.

Da esquerda para a direita, em pé: Gatito Fernández, Marcelo,
Victor Luís, Roger, Emerson Silva e Joel Carli; agachados:
Bruno Silva, Camilo, Aírton, Montillo e Rodrigo Pimpão
(foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 2 x 1 C. ESTUDIANTES DE LA PLATA (ARG)
Data: 14/03/2017
Local: Estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão)
Arbitragem: Jonathan Fuentes (URU), auxiliado por Nicolás Tarán e Richard Trinidad
Renda / Público: R$1.733.835,00 / 28.176 pagantes e 30.107 presentes
Gols: Roger, aos 33’ (1º tempo); Otero (de falta), aos 16’ e Rodrigo Pimpão, aos 33’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Marcelo e Bruno Silva (Botafogo); Schunke e Iritier (Estudiantes)
Botafogo: Gatito Fernández, Marcelo, Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Aírton, Bruno Silva, Camilo (Rodrigo Lindoso) e Montillo (Sassá); Rodrigo Pimpão e Roger (Guilherme). Técnico: Jair Ventura
Estudiantes: Andújar, Facundo Sánchez, Schunke, Desábato e Dubarbier; Ascacíbar, Damonte, Solari (Cejas) e Lucas Rodríguez (Javier Toledo); Otero e Viatri (Iritier). Técnico: Nelson Vivas

[Fontes: Lance! e Extra.]

terça-feira, 14 de março de 2017

Em Tempo de Libertadores: Botafogo x Alianza Lima (1963)

por Claudio Falcão

O ano era 1963, e pela primeira vez um clube carioca participava da Copa Libertadores da América, então em sua quarta edição: o Botafogo F.R.

E para a partida contra o Alianza Lima, a realizar-se no Maracanã a 24 de julho daquele ano, o extinto periódico ‘Luta Democrática’, do Rio de Janeiro, publicava uma curiosa charge, trabalho de Paulo Ferraz.

Vejam adiante:

(Luta Democrática, 24/07/1963)

domingo, 12 de março de 2017

Botafogo Campeão Inter-Regional de Voleibol Adulto Feminino 1995

pesquisa de Claudio Falcão

A competição contou com a participação de seis equipes: Botafogo F.R./SevenUp, Fluminense F.C., Governador I.C., Grajaú T.C./Tiba Line, Mirandela (Nilópolis) e Tijuca T.C.

O Alvinegro carioca sagrou-se campeão, tendo passado invicto pela fase de classificação.

Semifinais:

15/07 – Ginásio da Hebraica – Botafogo 3 x 0 Tijuca T.C. (15x2, 15x12 e 15x5)
16/07 – Local: ? – Botafogo 3 x 0 Tijuca T.C. (15x6, 15x12 e 15x8)
Time-base (sem Ana Richa): Juliana Lins, Cláudia Santos, Maira, Caroline Bozikis, Sabrina e Faiza (também atuaram Míriam Ronai e Roberta Jardim). Técnico: Marcelo Bencardino.

Finais:

22/07 – Ginásio do Fluminense F.C. – Fluminense F.C. 3 x 2 Botafogo (8x15, 15x17, 15x7,15x10 e 15x13)
23/07 – Ginásio do C.R. Flamengo – Botafogo 3 x 2 Fluminense F.C. (13x15, 15x6, 6x15,15x10 e 15x12)
Botafogo: Juliana Lima, Cláudia Santos, Karla, Faiza, Ana Richa e Roberta Jardim (também atuaram Márcia, Maira, Marina e Sabrina).
25/07 – Ginásio do Tijuca T.C. – Botafogo 3 x 2 Fluminense F.C. (15x8, 15x17, 16x14, 8x15 e 15x12)
Botafogo: Juliana Lima, Cláudia Santos, Karla, Ana Richa, Roberta Jardim e Marina (também atuaram Márcia, Sabrina, Maira e Joselene). Técnico: Marcelo Bencardino.

[Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e revista ‘Botafogo’, nº 248/95.]

(Jornal do Brasil, 26/07/1995)

(Jornal dos Sports, 27/07/1995)

quarta-feira, 8 de março de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1928

pesquisa de Claudio Falcão

Começamos com a equipe do Botafogo que atuou no Torneio Início, realizado a 1º de abril: Baby, Rogério e Octacílio; Alberto (Cotia), Aguiar e Pamplona; Ariza, Neco, Nilo (Almir), Aché e Juca.

(Imagem: revista 'O Malho')

Temos a seguir a formação do Alvinegro, que atuou em General Severiano contra o Fluminense F.C., a 22/04/1928, pelo 1º turno do campeonato carioca: Neiva, Octacílio e Orlando; Rogério, Cotia e Pamplona; Ariza, Neco, Juca (Alkindar), Aché e Benedicto.

(Imagem: revista 'O Malho')

E agora a constituição do Glorioso que enfrentou o C.R. Flamengo, a 19/08/1928, no campo do adversário, pelo returno do campeonato carioca: Foca, Octacílio e Alemão (André); Cotia, Aguiar e Pamplona; Ariza, Nilo, Rogério, Juca e Claudionor (Benedicto).

(Imagem: revista 'O Malho')

domingo, 5 de março de 2017

Botafogo Campeão do Torneio de Voleibol Feminino dos Jogos da Primavera 1962

pesquisa de Claudio Falcão

Já tive oportunidade de afirmar em postagens aqui no DataFogo, que a principal fonte de consulta para os títulos conquistados pelo Botafogo nos chamados esportes olímpicos, até 1971, é a publicação ‘Grandes Clubes Brasileiros – Botafogo’ (1972).

No entanto, mais uma vez logramos localizar uma conquista que ali não se encontra relacionada.

Trata-se do Torneio de Voleibol Feminino dos XIV Jogos da Primavera (1962), na categoria ‘Qualquer Classe’.

Foram esses os resultados:

25/10 – Ginásio do Carioca S.C. – Botafogo 3 x 1 Minas T.C. (MG) (15x6, 12x15, 15x7 e 15x6)
Botafogo: Marilda, Cármen, Lúcia, Geórgia, Márcia, Elma e Adolira.

26/10 – Ginásio do C. Sírio e Libanês – Botafogo 3 x 1 Grêmio Náutico União (RS) (*) (15x12, 15x17, 15x6 e 15x10)
Botafogo: Cármen, Elma, Marilda, Adolira, Márcia, Geórgia, Mercês e Teresinha.
(*) – O Grêmio Náutico União derrotara o Fluminense F.C., outro participante do torneio, por 3 sets a 1, na rodada anterior.

Por esta conquista, o Botafogo fez jus à Taça Rio Light, de posse transitória.

(Jornal dos Sports, 26/10/1962)

(Jornal dos Sports, 27/10/1962)

(Jornal dos Sports, 28/10/1962)