quarta-feira, 29 de março de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1930

pesquisa de Claudio Falcão

De início, temos a equipe que derrotou por 3 a 2 o Sport C. Juiz de Fora, em partida amistosa, a 30/03/1930, marcando Carvalho Leite, Benedicto e Celso para o Botafogo: Avino, Teté (Canalli) e Orlando; Burlamaqui, Martim e Rogério; Ariza, Paulo, Benedicto, Carvalho Leite (Marcelino) e Celso.

(Imagem: A Noite)

A seguir, a representação do Alvinegro que venceu por 3 a 2 o Fluminense F.C., em General Severiano, pelo primeiro turno do campeonato carioca, a 14/09/1930, tendo marcado Paulinho, Carvalho Leite e Nilo para o Botafogo: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Paulinho (Alkindar), Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita, em pé: Octacílio, Germano, Pamplona,
Burlamaqui, Loureiro e Martim; agachados: Ariza, Benedicto,
Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso
(imagem: Correio da Manhã)

Jogando em General Severiano a 12/10/1930, o Botafogo derrotou o América F.C. por 5 a 2, gols de Paulinho (2), Martim, Celso e Ariza para as nossas cores, formando assim: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

(Imagem: revista 'Careta')

Agora temos a equipe do Glorioso que venceu a 19/10/1930, em casa, o C.R. Flamengo por 2 a 0, com dois gols de Nilo: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Alkindar, Carvalho Leite, Nilo e Celso.


Da esquerda para a direita, em pé: Pamplona, Benedicto, Germano,
Burlamaqui e Octacílio; agachados: Ariza, Alkindar, Carvalho Leite,
Nilo e Celso, faltando Martim
(imagem: revista 'Careta')

E adiante, a formação do Botafogo, campeão carioca de 1930, que empatou em 2 a 2, a 07/12/1930, com o Fluminense F.C., gols de Nilo e Celso para o Glorioso: Germano, Benedicto e Orlando; Burlamaqui, Martim e Pamplona (Canalli); Ariza (Álvaro), Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita, em pé: Burlamaqui, Orlando, Martim,
Canalli e Pamplona; agachados: Paulinho, Carvalho Leite, Nilo,
Celso e Germano, não aparecendo na foto Benedicto e Ariza
(imagem: revista 'Careta')

quarta-feira, 22 de março de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1929

pesquisa de Claudio Falcão

Em partida amistosa, disputada a 17/03/1929 no estádio do Fluminense F.C., o Botafogo enfrentou o Palestra Itália (atual S.E. Palmeiras-SP) com a seguinte equipe: Amado, Octacílio e Orlando; Rogério, Aguiar (Cícero) e Pamplona, Ariza, Benedicto, Luiz de Carvalho, Almir e Juca.

Equipe que enfrentou o Palestra Itália (o jogador assinalado é Juca)
(imagem: O Globo Sportivo) 

Em outro jogo amistoso, desta vez realizado no Parque São Jorge (São Paulo), contra o S.C. Corinthians Paulista, a 14/04/1929, o Alvinegro carioca atuou com: Pessoa, Octacílio e Rogério; Cotia, Aguiar e Pamplona; Ariza, Benedicto (Almir), Luiz de Carvalho, Nilo e Celso.

(Imagem: O Paiz)

domingo, 19 de março de 2017

Botafogo Bicampeão Brasileiro de Remo em Barcos Curtos 2016-2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Em competição realizada desde a última quinta-feira, 16 de março, com as finais na manhã deste domingo, na raia olímpica da USP (São Paulo), o Botafogo conquistou o bicampeonato brasileiro de remo em barcos curtos, totalizando 244 pontos na disputa deste ano.

Medalhas de ouro conquistadas por guarnições botafoguenses:

- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Uncas Tales Batista – 07’45”04
- Single Skiff Sub-23 Masculino – Lucas Verthein Ferreira – 07’39”14
- Single Skiff Peso Leve Masculino – Evaldo Mathias Becker Morais – 07’30”40
- Dois Sem Sênior Feminino – Nathalia Pereira Barbosa e Dayane Pacheco dos Santos – 08’14”43

Medalhas de prata:

- Single Skiff Júnior B Feminino – Thalita Rosa Soares – 04’23”44
- Single Skiff Júnior Feminino – Isabela Constanza Ibeas – 09’10”55
- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Feminino – Carla Carolina Santos Silva – 08’55”89
- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Fellipe Reyson de Souza Xavier – 07’47”02
- Single Skiff Peso Leve Masculino – Uncas Tales Batista – 07’32”31
- Dois Sem Peso Leve Masculino – Marciel Morais Souza (integrante da guarnição) – 07’10”83
- Single Skiff Sênior Masculino – Fábio José Santana Moreira – 07’42”89
- Dois Sem Sênior Masculino – Marciel Morais Souza (integrante da guarnição ) – 07’18”22

Medalhas de bronze:

- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Heitor dos Santos Araújo – 07’47”77
- Single Skiff Sub-23 Feminino – Bárbara Deuschle dos Santos – 09’12”70
- Single Skiff Sênior Masculino – Evaldo Mathias Becker Morais – 07’43”38

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da CBR.]

quarta-feira, 15 de março de 2017

Botafogo bate Estudiantes em sua Estreia na Fase de Grupos da Libertadores

por Claudio Falcão


Uma impressionante queima de fogos do lado de fora do estádio e, no seu interior, uma vibração incrível da torcida, agitando milhares de faixas com a expressão “NILTON SANTOS É FOGO!”: foi assim que a equipe do Botafogo foi recepcionada ao entrar no gramado para o jogo da noite desta terça-feira.

E o resultado nos recompensou: Botafogo 2 a 1 no Estudiantes (ARG), gols de Roger (de ‘bicicleta’, ‘meia-bicicleta’ ou ‘puxada’, como queiram) e de Rodrigo Pimpão para o Alvinegro, que iniciou com muito empenho e com o pé direito sua participação na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2017.

Da esquerda para a direita, em pé: Gatito Fernández, Marcelo,
Victor Luís, Roger, Emerson Silva e Joel Carli; agachados:
Bruno Silva, Camilo, Aírton, Montillo e Rodrigo Pimpão
(foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 2 x 1 C. ESTUDIANTES DE LA PLATA (ARG)
Data: 14/03/2017
Local: Estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão)
Arbitragem: Jonathan Fuentes (URU), auxiliado por Nicolás Tarán e Richard Trinidad
Renda / Público: R$1.733.835,00 / 28.176 pagantes e 30.107 presentes
Gols: Roger, aos 33’ (1º tempo); Otero (de falta), aos 16’ e Rodrigo Pimpão, aos 33’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Marcelo e Bruno Silva (Botafogo); Schunke e Iritier (Estudiantes)
Botafogo: Gatito Fernández, Marcelo, Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Aírton, Bruno Silva, Camilo (Rodrigo Lindoso) e Montillo (Sassá); Rodrigo Pimpão e Roger (Guilherme). Técnico: Jair Ventura
Estudiantes: Andújar, Facundo Sánchez, Schunke, Desábato e Dubarbier; Ascacíbar, Damonte, Solari (Cejas) e Lucas Rodríguez (Javier Toledo); Otero e Viatri (Iritier). Técnico: Nelson Vivas

[Fontes: Lance! e Extra.]

terça-feira, 14 de março de 2017

Em Tempo de Libertadores: Botafogo x Alianza Lima (1963)

por Claudio Falcão

O ano era 1963, e pela primeira vez um clube carioca participava da Copa Libertadores da América, então em sua quarta edição: o Botafogo F.R.

E para a partida contra o Alianza Lima, a realizar-se no Maracanã a 24 de julho daquele ano, o extinto periódico ‘Luta Democrática’, do Rio de Janeiro, publicava uma curiosa charge, trabalho de Paulo Ferraz.

Vejam adiante:

(Luta Democrática, 24/07/1963)

domingo, 12 de março de 2017

Botafogo Campeão Inter-Regional de Voleibol Adulto Feminino 1995

pesquisa de Claudio Falcão

A competição contou com a participação de seis equipes: Botafogo F.R./SevenUp, Fluminense F.C., Governador I.C., Grajaú T.C./Tiba Line, Mirandela (Nilópolis) e Tijuca T.C.

O Alvinegro carioca sagrou-se campeão, tendo passado invicto pela fase de classificação.

Semifinais:

15/07 – Ginásio da Hebraica – Botafogo 3 x 0 Tijuca T.C. (15x2, 15x12 e 15x5)
16/07 – Local: ? – Botafogo 3 x 0 Tijuca T.C. (15x6, 15x12 e 15x8)
Time-base (sem Ana Richa): Juliana Lins, Cláudia Santos, Maira, Caroline Bozikis, Sabrina e Faiza (também atuaram Míriam Ronai e Roberta Jardim). Técnico: Marcelo Bencardino.

Finais:

22/07 – Ginásio do Fluminense F.C. – Fluminense F.C. 3 x 2 Botafogo (8x15, 15x17, 15x7,15x10 e 15x13)
23/07 – Ginásio do C.R. Flamengo – Botafogo 3 x 2 Fluminense F.C. (13x15, 15x6, 6x15,15x10 e 15x12)
Botafogo: Juliana Lima, Cláudia Santos, Karla, Faiza, Ana Richa e Roberta Jardim (também atuaram Márcia, Maira, Marina e Sabrina).
25/07 – Ginásio do Tijuca T.C. – Botafogo 3 x 2 Fluminense F.C. (15x8, 15x17, 16x14, 8x15 e 15x12)
Botafogo: Juliana Lima, Cláudia Santos, Karla, Ana Richa, Roberta Jardim e Marina (também atuaram Márcia, Sabrina, Maira e Joselene). Técnico: Marcelo Bencardino.

[Fontes: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e revista ‘Botafogo’, nº 248/95.]

(Jornal do Brasil, 26/07/1995)

(Jornal dos Sports, 27/07/1995)

quarta-feira, 8 de março de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1928

pesquisa de Claudio Falcão

Começamos com a equipe do Botafogo que atuou no Torneio Início, realizado a 1º de abril: Baby, Rogério e Octacílio; Alberto (Cotia), Aguiar e Pamplona; Ariza, Neco, Nilo (Almir), Aché e Juca.

(Imagem: revista 'O Malho')

Temos a seguir a formação do Alvinegro, que atuou em General Severiano contra o Fluminense F.C., a 22/04/1928, pelo 1º turno do campeonato carioca: Neiva, Octacílio e Orlando; Rogério, Cotia e Pamplona; Ariza, Neco, Juca (Alkindar), Aché e Benedicto.

(Imagem: revista 'O Malho')

E agora a constituição do Glorioso que enfrentou o C.R. Flamengo, a 19/08/1928, no campo do adversário, pelo returno do campeonato carioca: Foca, Octacílio e Alemão (André); Cotia, Aguiar e Pamplona; Ariza, Nilo, Rogério, Juca e Claudionor (Benedicto).

(Imagem: revista 'O Malho')

domingo, 5 de março de 2017

Botafogo Campeão do Torneio de Voleibol Feminino dos Jogos da Primavera 1962

pesquisa de Claudio Falcão

Já tive oportunidade de afirmar em postagens aqui no DataFogo, que a principal fonte de consulta para os títulos conquistados pelo Botafogo nos chamados esportes olímpicos, até 1971, é a publicação ‘Grandes Clubes Brasileiros – Botafogo’ (1972).

No entanto, mais uma vez logramos localizar uma conquista que ali não se encontra relacionada.

Trata-se do Torneio de Voleibol Feminino dos XIV Jogos da Primavera (1962), na categoria ‘Qualquer Classe’.

Foram esses os resultados:

25/10 – Ginásio do Carioca S.C. – Botafogo 3 x 1 Minas T.C. (MG) (15x6, 12x15, 15x7 e 15x6)
Botafogo: Marilda, Cármen, Lúcia, Geórgia, Márcia, Elma e Adolira.

26/10 – Ginásio do C. Sírio e Libanês – Botafogo 3 x 1 Grêmio Náutico União (RS) (*) (15x12, 15x17, 15x6 e 15x10)
Botafogo: Cármen, Elma, Marilda, Adolira, Márcia, Geórgia, Mercês e Teresinha.
(*) – O Grêmio Náutico União derrotara o Fluminense F.C., outro participante do torneio, por 3 sets a 1, na rodada anterior.

Por esta conquista, o Botafogo fez jus à Taça Rio Light, de posse transitória.

(Jornal dos Sports, 26/10/1962)

(Jornal dos Sports, 27/10/1962)

(Jornal dos Sports, 28/10/1962)

quarta-feira, 1 de março de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1927

pesquisa de Claudio Falcão

Aqui temos a formação do Botafogo que enfrentou o C.R. Vasco da Gama, em partida amistosa, a 27/03/1927: Baby, Alemão e Octacílio; Alfredo, Almo e Rogério; Ariza, Neco, Joãozinho, Aché e Claudionor.

(Imagem: revista 'O Malho') 

A 24/04/1927, participamos do Torneio Início com a seguinte equipe: Neiva, Couto e Alemão; Jerônimo, Alfredinho e Rogério; Ariza, Neco, Nilo, Aché e Claudionor.

(Imagem: revista 'O Malho')

Agora a formação do Glorioso que aplicou a estrondosa goleada de 9 a 2 sobre o C.R. Flamengo, no campo deste, pelo 1º turno do campeonato carioca, a 29/05/1927, marcando Nilo (4), Ariza (2), Joãozinho (2) e Neco para o Botafogo: Neiva, Couto e Octacílio; Pamplona (Jerônimo), Almo e Rogério; Ariza, Neco, Nilo, Joãozinho e Claudionor.

Da esquerda para a direita, em pé: Neiva, Almo, Neco,
Ariza, Jerônimo, Nilo, Claudionor e Octacílio;
agachados: Pamplona, Couto e Rogério
(imagem: revista 'O Malho')

Assim se apresentou o Botafogo na partida contra o Fluminense F.C., realizada a 05/06/1927: Neiva, Couto e Octacílio; Pamplona, Almo e Rogério; Ariza, Neco, Nilo, Aché e Claudionor.

(Imagem: revista 'O Malho')

E no empate em 3 a 3 contra o C.R. Vasco da Gama, a 26/06/1927, gols de Aché (2) e Ariza para o Botafogo, esta foi a equipe do Glorioso: Neiva, Couto e Octacílio; Pamplona, Almo (Macarroni, depois Jerônimo) e Rogério; Ariza, Neco, Nilo, Aché e Maciel.

(Imagem: revista 'O Malho')